Desejo: Boas Festas...

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Mudanças nas seções temáticas e aviso aos QUADRINHISTAS

Queridos navegantes... Depois de divagar um pouco e de ter sumido brevemente por causa de férias, ocupações diversas, preguiça e tudo mais... As seções retornam ao Papo de Budega em março. Sim, ocorrerão pequenas mudanças, que seguem abaixo:

Domingos - Para alegrar o dia
Quinzenalmente às segundas-feiras - curiosidades budeguísticas
Quinzenalmente às segundas-feiras - HQs online
Quinzenalmente às terças-feiras - Livros
Quinzenalmente às terças-feiras - Língua Portuguesa
Quartas-feiras - Música
Quintas-feiras - Filmes ou Televisão
Quinzenalmente às sextas-feiras - Animes ou Animação
Quinzenalmente às sextas-feiras - Notícias que passaram batidas...

Talvez o acréscimo mais significativo para alguns seja a nova seção de HQ online. Sim, este ano, caso não ocorram problemas, farei um post quinzenal de indicações de histórias em quadrinhos online. Por isso, caso alguém tenha uma indicação a fazer de HQ que curta ou que faça, favor enviar e-mail para monte_sandra @ yahoo.com.br.
Obviamente, tudo junto. Coloquem no assunto do email: indicação de HQ online. Não... não pretendo ver nada impresso neste momento. O site acabou se distanciando de um dos elementos iniciais de sua origem, mas agora pretendo retomar. Algo importante a ser dito: nem tudo que me for enviado pode ser indicado aqui. Assim como uma indicação pode demorar a ser feita, dada que a seção é quinzenal.
Outra seção que iniciará é Notícias que passaram batidas... São aquelas notícias que de alguma forma parecem interessantes, que "quase ninguém viu..." Meio isso. Ademais, espero que vocês possam indicar o Papo de Budega e sim, repassem este link para eventuais leitores que necessitem conhecer tais mudanças. Beleza? Um super abraço!

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Utilidade pública cultural - inscrições para gravação de músicas

Fábricas de Cultura

Inaugurados em fevereiro de 2015, os estúdios de gravação das Fábricas de Cultura tiveram enorme procura durante todo o ano. A partir de agora, estão abertas as inscrições para as gravações 2016, totalmente gratuitas. O agendamento será feito presencialmente na unidade escolhida. As Fábricas de Cultura são unidades do Programa da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, gerenciadas pela organização social POIESIS.
No período entre fevereiro e dezembro de 2015 foram realizadas cerca de 1200 sessões de gravação, distribuídas pelas cinco unidades das zonas Norte e Sul (Brasilândia, Capão Redondo, Jaçanã, Jardim São Luís e Vila Nova Cachoeirinha). Este número equivale aos atendimentos ao público externo (visitantes das Fábricas) e público interno (aprendizes dos cursos regulares). No total, mais de 2 mil pessoas passaram pelos estúdios nesse período, entre músicos, cantores solos, duplas, trios, bandas ou turmas de aprendizes dos cursos.
Cada sessão tem quatro horas de duração em que é possível gravar uma faixa inteira (mas também é possível gravar apenas as bases com os instrumentos, ou somente a voz). Após alguns dias da sessão, os técnicos de som entregam a faixa editada e mixada para o usuário. Veja os locais e contatos no link da Secretaria de Cultura de São Paulo.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Deadpool

Deadpool era um personagem dos quadrinhos praticamente desconhecido do grande público, que ganhou visibilidade por causa deste filme. O motivo era bem simples: um anti-herói extremamente debochado e sexual. Como Hollywood lidaria com um personagem assim? Resposta: bem.
O mercenário, Wade Wilson (Ryan Reynolds) é diagnosticado com câncer em estado terminal, porém encontra uma possibilidade de cura em uma sinistra experiência científica. Recuperado, com poderes e um incomum senso de humor, ele torna-se Deadpool e busca vingança contra o homem que destruiu sua vida.
Houve muita controvérsia em relação a classificação indicativa. Em alguns momentos, pareceu um tanto exagerado 16 anos. Em uma sociedade tão sexualizada e cheia de violência como a nossa, nada ali impressiona muito. Nada que um jovem de 14 anos já não tenha visto. Até porque, a "Violência" é muito plástica como no filme 300.
É um longa-metragem para adolescentes. Isso é fato. Chega a ser surreal ver pais levando crianças de seis, sete anos para assistir Deadpool, como presenciamos. Vimos a versão dublada. Não há que se preocupar. Não existe o "filho da mãe" costumeiro. Usa-se o termo real da tradução: com muitos palavrões e "filhos da p...".
O título é uma grata surpresa para quem não conhece absolutamente nada do personagem. Um "herói" que tem uma missão interessante de justiça própria. Vale frisar a boa participação da brasileira Morena Baccarin, cuja personagem também não é uma namoradinha convencional. Bom título, que merece realmente ser visto nos cinemas, com cenas pós-créditos.

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

ANIMA INFO 1707

Star Wars ganha coleção de minilivros

A editora Panini lança com exclusividade a coleção de minilivros Star Wars Jedi Master, que reúnem informações sobre os sete episódios da saga cinematográfica e vêm acompanhados de miniaturas Abatons. São nove minilivros de cada episódio, totalizando 63 volumes de informações sobre os filmes, os personagens e muito mais. Os Abatons são miniaturas de cerca de 3cm que reproduzem fielmente as feições de cada personagem, em 60 modelos diferentes.
Os envelopes começam a chegar às bancas a partir de 4 de fevereiro (São Paulo) por R$ 5,90 e trazem um minilivro de 16 páginas tamanho 6,3 x 8,9cm junto com um Abatons. Cada envelope com um minilivro da coleção Star Wars Jedi Master da Panini traz uma miniatura-surpresa Abatons como brinde. São 60 modelos de Abatons no total.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Os Dez Mandamentos - o Filme, faltou o básico: educação

Editado às 21h57: no trecho com cor diferente.
O universo cinematográfico brasileiro foi tomado pelas notícias acerca de Os Dez Mandamentos - o Filme, que estreou semana passada em circuito nacional. O título conseguiu feitos inacreditáveis de pré-venda o que causou amores e ódios no meio do entretenimento. Por ter sido muito badalado neste sentido, obviamente, tornaria-se alvo fácil para toda sorte de críticas.
O que acontece com o filme é digno da vitória de um campeonato qualquer, em que ninguém aceita o título de um time qualquer por "n" razões. Houve uma mega pré-venda, mas que em muitas sessões houve muitos espaços vazios nos cinemas. Houve o fato em si, a venda. Mas, o resultado final é o mencionado por diversos veículos de comunicação. Mas, qual seria o motivo para tamanho fracasso?
Eu poderia dizer que o mesmo que fez a novela ter feito tanto sucesso. E que a "Record/Universal" ignorou totalmente. O público não-fiel da igreja Universal. Um grande número de pessoas assistiu à novela e um dos motivos foi o tratamento de marketing da mesma em  sua estreia. Haviam propagandas em diversos veículos como por exemplo, na grande transferência do metrô Paulista/Consolação (o corredor entre a Linha Amarela e Verde) em São Paulo.
O que imaginamos que ocorreu é que a "Record/Universal" assumiu o marketing da produção, deixando assim, a Paris Filmes em segundo plano de atuação. O problema é que a publicidade ficou centrada praticamente única e exclusivamente dentro das igrejas e veículos de comunicação da mesma. Fora delas, não se via nada. Ou seja, a "Record/Universal" ignorou o público diverso, o público de cinema. Daí, temos outra triste constatação. Mesmo tendo recebido de "graça" o ingresso, porque os próprios fieis não foram? A questão é bem simples e não pode ser tomada de forma pejorativa: foi falta de cultura, de educação. A atuação em muitas igrejas restringe-se em apontar o "culto pelo culto". Não se incentiva que estas pessoas aprimorem seus conhecimentos.
Retirado do site Gazeta do Povo

E entende-se conhecimento como leituras de livros e revistas - para além da bíblia- peças teatrais, museus e sim, cinema. Grande parte das instituições religiosas não incentiva o conhecimento. Não é interessante a elas, ter pessoas "pensantes". Daí, quando se precisa -  acho que estas foi a primeira vez que isso ocorreu - , estas mesmas pessoas não entendem que ir ao cinema é uma ação cultural. Esta é uma lição triste vista com toda a situação que vai "para além da venda de ingressos". Grande parte das pessoas que frequentam tais instituições não têm cultura o suficiente para ir ao cinema, seja pela falta de incentivo, oi desinteresse diversos.
Daí, o papel que deveria também ser cultural de instituições religiosas em incentivar conhecimento, perde-se somente em gritarias, em incentivos a preconceitos entre outros fatores nada louváveis. Faltam às instituições ter também um papel importante de educação. Ou seja, venda por venda de ingresso pode ser "bonitinho", mas falta algo mais importante a população.
Por fim, eu ainda não viu ao filme. Não pelas críticas de jornalistas, porque sei que muitos deles não viram a novela e criticaram com o plus de raiva contra a Universal, ignorando o trabalho real feito na produção e atores. Contudo, houve quem tenha visto a novela e disse que ficou decepcionada. É um pouco com base nesta pessoa que estou divagando se vou ou não assistir ao filme.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Big Brother, aquele que manipula e não é você...

O Termo Big Brother originalmente vem do livro 1984 de George Orwell. Sua tradução é "Grande Irmão". Basicamente, é o líder do Partido, que manipula a vida das pessoas. Supostamente, as mesmas acham que têm decisões sobre suas vidas, mas na verdade, quem decide tudo é ele.
Nestes tempos atuais em que as pessoas "pensam" que decidem alguma coisa, inclusive na televisão, é fundamental a leitura deste livro para entender BIG BROTHER. Assim como no livro, elas não decidem nada e as cartas estão marcadas sem elas perceberam. E, qualquer alusão com a realidade atual é mera coincidência. Leia mais neste link.

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Divagações neste período de sumiço...

Queridos navegantes...
Quero informar-lhes que este meu sumiço nada tem a ver com as férias - que acabaram faz tempo - ou qualquer outra coisa... Na verdade, estou divagando em algumas pequenas mudanças e em escrever os textos para o site. Tenham fé que volta ao normal... E sim, vira e mexe há novidades, como os posts da semana passada. E, como bem diz o olhar do nosso amigo urso.. continuo de olho em vocês!!! Abraços.
←  Anterior Proxima  → Inicio