Desejo: Boas Festas...

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Os Judeus que Construíram o Brasil

Os judeus que construíram o Brasil – fontes inéditas para uma nova visão da história é uma daquelas obras muito necessárias para se conhecer mais a História do Brasil. Assim como negros, índios, japoneses, italianos entre outros, os judeus tiveram papel fundamental na economia, sociedade e cultura brasileira, em todas as regiões do país. Também mostra que o preconceito que muitas pessoas têm contra o povo judeu é histórica. As pessoas simplesmente "não gostam", "não conhecem" mas, por questões que elas não conhecem, achincalham. O livro é da Editora Planeta, e o resumo já elucida bem que a obra é indispensável para o estudo de nossa sociedade,
Um capítulo escondido do Brasil. Uma passagem mantida em sigilo. Um passado que envergonha a todos: a fatídica história da Inquisição portuguesa que transferiu para a colônia a perseguição aos judeus. Discriminação, racismo, mortes. Esta é a grande revelação que traz o livro "Os judeus que construíram o Brasil – fontes inéditas para uma nova visão da história". Resultado de pesquisas realizadas em todo o mundo e, em especial, no até então secreto arquivo do Santo Ofício da Inquisição, esta obra mostra como os judeus e os cristãos novos foram perseguidos nos séculos XVI, XVII e XVIII.
A Inquisição contra os judeus foi autorizada pelo Papa e começou em 1478 na Espanha e em 1536 em Portugal. Mas só no final do século XVI, em 1591, os portugueses mandaram quadros para o Brasil a fim de vigiar e perseguir os judeus. Distante da Europa, o país foi o destino de muitos convertidos, os cristãos-novos. Neste livro, as historiadoras Anita Novinsky, Daniela Levy, Eneide Ribeiro e Lina Gorenstein contam como a Inquisição prendeu mais de mil pessoas, sendo que 29 morreram, além de provocar o desaparecimento de outras mil e de arruinar com famílias em todo o país.
Este é um grande complemento de outros autores e obras que explicam nossa sociedade. Algumas atitudes atuais dos brasileiros podem ser explicadas pela vida dupla que muitas pessoas tiveram por gerações. Estas pessoas foram os cristãos-novos, os judeus convertidos a força pela Inquisição. Em casa, uma religião, fora dela, outra. É possível que sim, esta duplicidade tenha influenciado em nossas ações atuais enquanto povo. Para se ter ideia, outro ponto curioso são dos bandeirantes, muitos deles convertidos a força e que, talvez por isso, tenham tido tanta restrição contra os jesuítas. Título histórico obrigatório para compressão do povo brasileiro.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários: