Desejo: Boas Festas...

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Minha mãe é uma peça

O último domingo foi marcado pelo dia das mães. Há diversos filmes que tratam da temática, mas poucos com o brilhantismo de Minha mãe é uma peça. Produção nacional de 2013, tornou a personagem "Hermínia" uma das figuras mais conhecidas do cinema nacional e da internet. Ela é interpretada por Paulo Gustavo, que deu vida a ela primeiramente no teatro. Basicamente, a história é de uma dona-de-casa, Hermínia, divorciada e que se cansa da "folga" dos filhos.
Ela fica uma temporada fora de casa. Lembra de vários fatos e a história se desenvolve assim. O que é hilário é o tom que "Gustavo" dá a ela. Praticamente na primeira cena, o "barraco" que Hermínia faz na reunião de condomínio é típico de quem mora em prédios. Fora isso, é como se estivéssemos ouvido nossa própria mãe em muitas cenas.
Todo o elenco foi bem escolhido - inclusive os filhos, atores desconhecidos do grande público - a produção e direção são boas e a história é muito bem amarrada. O humor é garantido e faz-nos realmente ter vontade de ver uma continuação, que acontecerá este ano. Vale a pena ver na TV, comprar DVD e ter em casa sempre.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários: