Desejo: Boas Festas...

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Snoopy e Charlie Brown - Peanuts, O Filme

Snoopy e Charlie Brown - Peanuts, O Filme é uma grata animação aguardada com muito carinho por esta resenhista que lhes escreve. Baseado nas histórias em quadrinhos de Charles M. Schulz e também na série animada dos anos 60, este título tende a ficar pouco tempo em cartaz, mesmo sendo bom. O motivo é a "concorrência" de outros filmes e animações. Além disso, percebe-se que claramente o público não é exatamente o infantil, mas sim o adulto que via à animação na televisão.
A história gira em torna de Charlie Brown e suas desventuras e os devaneios do cachorro de estimação dele, o Snoopy. Este, assim como as obras originais, mostra-se mais inteligente e sortudo que se próprio dono. Todos os principais personagens aparecem na história. Snoopy e Charlie Brown - Peanuts, O Filme, lamentavelmente, não foi indicado ao Oscar de animação. Depois de assistir, percebemos que talvez haja um motivo para isso.
Apesar da animação ser fantástica por seguir quase que fielmente o estilo do desenho animado da televisão, talvez exatamente este tenha sido o motivo para que a organização não tenha indicado. Por ser fiel demais a algo já existente. Tanto a animação quanto a trilha sonora, um jazz com muito estilo que agrada ao ouvido de todos com quem tenha o mínimo de conhecimento musical. Certamente, um dos títulos que mais vale a pena ver, mas que ficará por pouco tempo em cartaz.
←  Anterior Proxima  → Inicio

2 comentários:

Dood disse...

Estava ainda com um pouco de receio sobre a animação, mas após ler sua resenha me animou. Vou tentar assistir no cinema (pode ser que não consiga devido a minha situação financeira complicada) e posteriormente pegar o DVD original.

Snoopy pra mim tem um significado muito especial: foi um dos quadrinhos que comecei a ler com mais dedicação que até Turma da Mônica. Minha finada mãe me dava vários livrinhos da Cedibra e da Record com as tirinhas. Esse material infelizmente se degradou com o tempo, mas consegui posteriormente alguns da Conrad. Além de diversos DVD em sua maioria originais, Brinquedos e afins...

Talvez minha via complexa e filosófica tenha sido estimulada pelos personagens de Chulz que pra mim é um dos maiores mestres dos quadrinhos.

Hikki Shinozaki disse...

Que pena, realmente alguns filmes não tem chance quando batem de frente com tantos blockbusters.
Mas fora isso, pretendo ver esse filme, desde que vi o trailer fiquei com vontade.