Desejo: Boas Festas...

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Não tenha vergonha de aprender

Ler. Em 2015, talvez mais do que qualquer outro ano, ficamos com uma estranha sensação de que as pessoas estão estudando pouco, lendo pouco. Que suas vidas estão girando em torno de redes sociais. Que os brasileiros sempre leram pouco, isto é fato. Porém, cada vez menos faz-se leituras com o mínimo de atenção. Infelizmente, as famílias não ajudam, as escolas não ajudam. Em conceitos de algumas religiões como o budísmo, xintoísmo e judaísmo, o conhecimento é fundamental. Então, fica uma questão e reflexão para o futuro: qual foi o último livro que você leu? E qual será o próximo?
Não tenha vergonha de conhecer, não tenha vergonha de aprender. Mesmo que o ser humano perca tudo, que nos tirem tudo, uma coisa não podem nos tirar: o que aprendemos, o conhecimento. Mesmo que alguns digam que se "chega a presidência sem estudos", isso pode até acontecer. Mas, não é só para empregos que estudamos. Não é só para "chegar a algum lugar" que lemos. Lemos para aprender de diversas formar possíveis, inclusive a enxergar a vida de uma maneira mais lúdica, quando necessário. Não se pode ter vergonha de aprender.

←  Anterior Proxima  → Inicio

1 comentários:

The Fool disse...

Muita pressa, muita mesmo.
Uma ansiedade que eu diria ser algo quase patológico.
Sem tempo para ler tu não aprende, faz as coisas de qualquer jeito. Pode até funcionar, mas fica algo "oco".
É 8 ou 80 ou o cara não lê nada, ou lê demais.