Desejo: Boas Festas...

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Quando a gente fica na vontade...

Queridos navegantes...
Diversas empresas já colocaram disponíveis seus ovos de Páscoa. Meu camarada Dood do Esconderijo do Koi fez um post sobre os ovos da Top Cacau... São vários personagens para todos os gostos. Não é possível encontrar em qualquer lugar, somente nas Lojas Americanas. No ano passado, consegui comprar de Frozen e do Pica-Pau...
Não sei se consigo este ano porque a grana está muito curta... Mas, não custa sonhar um pouco... Quando eu era criança, não gostava de "João Bobo" (ou "Teimosinho"), mas este do Olaf é tentador. Bem, vejamos se consigo fazer a bufunfa sobrar... Os ovos de Frozen, Pica-Pau e ICarly são tentadores...

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Para alegrar o dia 99

- Olha filho, uma lata com seu nome...
- Eu te odeio pai!
- Para com isso Mucilon, não fala assim...

ANIMA INFO 1673

DuckTales ganha nova animação em 2017

Uma das animações mais conhecidas da Disney ganhará uma nova adaptação: DuckTales. Assim como a primeira versão dos anos 80, esta também deve ser baseada nas obras clássicas dos quadrinhos de Carl Barks. O título será exibido no canal Disney XD em 2017. No Brasil, para quem tem lembrança afetiva forte, não poderia contar com o dublador do Tio Patinhas, pois o mesmo (Antônio Patiño) faleceu recentemente.

Fonte: Disney.com

Mudanças e melhorias no Papo de Budega

Queridos navegantes...
Como muitos de vocês já perceberam, o Papo de Budega estão retornando aos poucos. Eu meio que me dei férias em dezembro e janeiros últimos. Em fevereiro decidir organizar de verdade as coisas aqui... Quais as minhas pretensões para 2015? Bem, o ano para o site começará efetivamente em março... Por quê? Bem... porque sim. :P
Algumas seções do ano passado permanecerão, como "livros" e "animes". Mas, efetivamente, incluirei novas seções, para que o site fique atualizado todos os dias. A política de comentários continua a mesma. O que for ofensivo e desnecessário, não entra. Mas, há uma pequenina mudança que está descrita abaixo. Assim, fiquem ligados. Porque se o Eterno assim o quiser, ao longo deste ano teremos a seguinte configuração no Papo de Budega...

Domingo - Para alegrar o dia
Segunda-feira - Curiosidades budeguísticas
Terça-feira - Livros
Quarta-feira - Música
Quinta-feira - Filmes (lançamentos e outros), Televisão
Sexta-feira - Animes, Animação (até às 18h) - quinzenal
Domingo à sexta-feira (18h) - Diversos, Anima Info

Observações: para que eu eventualmente não me estresse, não lerei e nem colocarei online os comentários enviados de sexta-feira à noite até sábado. Os comentários dos meus queridos leitores não serão ignorados, mas postados entre domingo a sexta-feira, até às 18h.
Observações: A partir deste ano, talvez eu não tenha tempo o suficiente para fazer as atualizações de livros... Por isso, muitas resenhas serão da amiga Eveline Carneiro. Ela tem um site chamado Expresso com Letras. Eveline é formada em Letras pela Universidade Federal do Pará, que ama livros e filmes. Tem ótimos textos acerca e devo compartilhar com vocês. Não colocarei o texto inteiro, porque a intenção é SIM, CLIQUE PARA VER tudo no site dela, oras...

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

ANIMA INFO 1672

JBC participa de campanha de doação de sangue

Com o objetivo é incentivar leitores e profissionais da área de quadrinhos e mangás a doar sangue, a editora JBC e a Fundação Pró Sangue estão promovendo a campanha Mangá na Veia, cujo objetivo é incentivar a comunidade dos quadrinhos, especialmente o público fanático por mangás, a doar sangue e a se conscientizar do quanto um gesto simples como este pode ajudar a salvar vidas.
Aproveitando o lançamento de seu novo mangá Green Blood (literalmente Sangue Verde) como mote, a JBC criou a campanha e alguns dos seus funcionários, que se voluntariaram, compareceram para doar sangue e dar o exemplo, mostrando como é fácil e rápido. A campanha funciona da seguinte forma: vá ao hemocentro de sua preferência e faça uma doação em nome da campanha "mangá na veia".
Se quiser compartilhar sua atitude, você pode postar sua foto no facebook, twitter e instagram (entre outras redes sociais) e utilizar a hashtag "#MangaNaVeia", incentivando cada vez mais pessoas a fazerem o mesmo acompanhando essa campanha.
Apesar do release oficial da editora colocar a data final da campanha em 31 de março de 2015, as doações na Fundação Pró-Sangue não param. Ou seja, independente desta campanha, é importante frisar que os interessados por doar sangue podem fazer isso o ano inteiro. Lembramos que a doação não dói e levar poucos minutos. A maioria das pessoas pode doar, salvos algumas restrições. Veja informações adicionais de doações clicando os links deste post.

O Banquete vence o Oscar de curta de animação

O Oscar de curta-metragem de animação deste ano foi para um desenho animado da Disney. O Banquete precede Operação Big Hero. Que eu me lembre, foram poucas - ou nenhuma - vezes que a Disney levou os dois prêmios no mesmo ano, de curta e longa-metragem. No final... pareceu-me merecido. Diferente de 2014, este ano a coisa não parecia tão clara categoria animação... Parecia que qualquer uma poderia ganhar. Quem não viu, veja O Banquete quando sair o DVD de Operação Big Hero. Ótima animação.

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Para alegrar o dia 98

Retirado de Humorizando

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

E não é que Raul Seixas estava realmente certo...

Queridos navegantes...
Esta semana, eu tive realmente uma pequena prova de que somos uma "metamorfose ambulante". Quando a gente chega a uma certa idade, olha para trás e chega a conclusão que coisas que pareciam tão certas, tão sólidas... No final, não eram tão sólidas assim em nossa mente. Às vezes, deixamo-nos levar por ideias e sentimentos os quais realmente não nos pertencem.
Hoje estou em uma fase meio que "dana-se o que os outros fazem, desde que não prejudique ninguém..." No final, Raul Seixas não estava tão errado quando dizia que preferia ser uma "metamorfose ambulante do que alguém com mesma opinião formada sobre tudo". O tempo realmente é senhor da razão e por muitas vezes, do coração também...

Brazil Manga Awards X Catarse

Queridos navegantes...
Estive pensando estes dias, com o início das inscrições do Brazil Manga Awards qual a vantagem para os artistas da existência do mesmo... Sempre fui a favor de que as editoras pudessem publicar os trabalhos de autores nacionais. Mas, será mesmo que o atual modelo do BMA é realmente positivo?
Ao meu ver, não muito... Lá atrás quando escrevi Mangá nacional, síndrome do espelhinho... algumas pessoas se ofenderam e nem entenderam direito... Existem várias implicações para lançamentos nacionais.. No caso do modelo do BMA, qual o problema? É, basicamente, só o lançamento em banca. É pelo prazer de dizer: "olha, foi lançado..." E fim. Não há um trabalho continuado nem nada...
Para mim, e vejam... eu disse para mim, o BMA parece mais uma forma da editora dizer: "olha, lançados mangás nacionais sim"... Neste ponto é até positivo. Daí alguém pode dizer: "mas Sandra, meu mangá poder participar do International Manga Award..." Meu querido, você pode participar do IMA independente da JBC. É só entrar no site linkado acima e se inscrever em inglês...
No final das contas... parece-me que para os novos autores e desenhistas, o melhor caminho tem sido o Catarse, aquele site de financiamento colaborativo. O artista não depende muito da vontade de um corpo de especialistas... Depende diretamente da vontade do seu próprio público-alvo. Ou seja, não existe um "intermediário"... Se o formato do BMA ainda fosse de lançamento contínuo e pago, até valeria a pena... O que não é o caso. Mas, de graça e uma vez só?

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

A liberdade de expressão seletiva da Folha de São Paulo

Caros navegantes...
Na ocasião, teci alguns comentários acerca do incidente do Charlie Hebdo. Não aqui no meu site, mas especialmente no meu Facebook. Ok, achei que a coisa tinha esfriado no quesito "liberdade de expressão"... Que nada, quão o fato ainda parece em voga, porém, com um viés extremamente hipócrita. Basta ler este link da Folha de São Paulo. Por que hipocrisia? Porque o pessoal continua teclando nesta história de "liberdade de expressão", de um pensamento do século XIX e de algo que não foi visto em nada do link.
Quando ocorreu o incidente, houve uma baita comoção, mas muita gente da imprensa não parou para pensar seriamente na tal "liberdade de expressão". O que seria isso nos dias atuais? Até que ponto opiniões são "liberdade de expressão" ou ofensas. Até que ponto o que se faz em charge é realmente necessário. Tipo.. tem graça para quem? Tem função realmente social exatamente para quem? ´Ou é tudo simplesmente fruto do ego de quem escreve?
Estas questões ficam claramente respondidas no citado link. Se fosse realmente para recriar o "espírito do Charlie Hebdo", teriam feito uma charge semelhante a que desencadeou os ataques de janeiro. Não recriaram, não satirizaram e nem criticaram. Sabe por quê? MEDO. Não é respeito, é MEDO mesmo. Medo de sofrer atentados semelhantes. Porque se fosse respeito pelo sagrado, não teria satirizado Jesus Cristo. Pode não ser sagrado para mim, para você... Mas, é para alguém.
Mas, fazer sobre o cristianismo é válido, "beleza". Daí pergunto, qual a necessidade de fazer uma charge como a citada? Existem dois pesos e duas medidas. "Tipo, o jornal francês fazendo estas charges sobre TODAS as religiões, 'beleza'... A gente não... a gente respeita... " A "!liberdade de expressão" da Folha de São Paulo, quiçá outros jornais nacionais, é realmente seletiva. Ou faz-se sobre tudo, ou sobre nada. Decidam-se.
Que fique claro... Como muitos viram em meus posts no Facebook na época: sou contra charges de caráter "sagrado", que não são críticas e nem tendem a ser nada. Charges deste tipo costumam ser egocêntricas, não são exatamente críticas a religião, mas são críticas ao caráter sagrado que as mesmas trazem. Independente do "sagrado". A vontade é tanto para "falar mal", que simplesmente "fala-se" sem pensar, sem entender, e pior, SEM QUERER entender.
E no Brasil... como em muitos setores... Não existe esta "liberdade de expressão". Existe uma ideia da mesma. Finge-se que existe com textos introdutórios tolos como do link citado. Só mesmo os tontos para não perceber o caráter quase cretino do texto: "Espírito do Charlie Hebdo". A humanidade parou para pensar tanta coisa, está na hora para repensar esta expressão também... "liberdade de expressão" que, no final, tem-se mostrado um termo utópico.

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Para alegrar o dia 97

Às vezes, só precisamos dançar...

ANIMA INFO 1671

Tom Felton de “Harry Potter” virá ao Brasil

O evento com o ator Tom Felton foi anunciando no ano passado e agora está cada vez mais próximo. ​Com a proximidade de vir ao Brasil para participar do evento Inside The Show o ator Tom Felton, da saga Harry Potter está ansioso para este momento. O evento acontece nos dias 07 e 08 de março em São Paulo e no Rio de Janeiro, respectivamente.
O intérprete de Draco Malfoy revelou a produção do evento que não vê a hora de desembarcar no Brasil para conhecer um pouco mais dos seus fãs brasileiros, já que a última vez que esteve por aqui foi em 2011 para o lançamento do filme Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2. Os ingressos ainda estão à venda e podem ser comprados pelo site da Eventioz. Dependendo do ingresso que for adquirido, o fã poderá tirar uma foto com o ator, pegar autógrafos e participar de um Meet&Greet especial.
A realização do evento é IT Entretemimento e M2 Events And Media. Há informações de queixas na internet de outros eventos destas empresas que teriam sido cancelados. Segundo a assessoria, "o único evento realmente cancelado foi o da atriz Malese Jow da série The Vampire Diaries, ela cancelou em cima da hora a participação. O evento que teria com o ator Michael Malarkey, também de The Vampire Diaries, foi mudado e o ator Nathaniel Buzolic veio no lugar dele."
Ainda segundo a assessoria das empresas, "Fan Wekeend que receberia os atores da série Teen Wolf teve uma mudança de data devido problemas com alguns atores, mas os fãs que pediram o estorno estão sendo estornados pelas empresas." Assim, espera-se que hajam problemas com esta ação com o eterno Draco Malfoy.

domingo, 15 de fevereiro de 2015

Dez animações e animes historicamente importantes...

Queridos navegantes...
Fiz uma seleção de DEZ animações historicamente importantes... PARA MIM! Sim... Que fique clara esta listinha. Não é uma escolha por importância histórica geral, mas que me influenciaram e ainda influenciam minha vida. Quem quiser deixar comentários de suas próprias escolhas, fique à vontade. Lembro que é só clicar na imagem para ampliá-las!

D'Artagnan e os Três Mosqueteiros (ワンワン三銃士)
Posso dizer que D'Artagnan e os Três Mosqueteiros (ワンワン三銃士) é o primeiro desenho animado de minha vida. Aquele que eu via todo dia e que exerceu uma grande influência em minha vida. Acho que passei a gostar de "capa e espada" com este anime. Na época que foi exibido no Brasil - na extinta TV Manchete -, eu nem sabia disso, que era animação japonesa... Logo depois passei a curtir Star Wars, por exemplo, que era meio capa e espada... O título fez-me ler o livro anos depois. E o mais curioso: é uma das adaptações mais perfeitas da obra de Alexandre Dumas. Com certeza, sempre entra na minha lista animada... E sim... foi o primeiro "beagle" animado de minha vida...

Snoopy
Este foi o segundo "beagle" de minha vida animada. Snoopy é o tipo de desenho animado que talvez não desse certo hoje em dia... Um tanto parado, com longas falas... Tinha uma lógica que as crianças atuais talvez não tenho mais paciência. Eu tinha e amava. Foi dali que tive um verdade primeiro grande contato com a cultura americana: beisebol, dia das bruxas, dia de ação de graças... E foi dali que eu e uma geração inteira teve contato com jazz, em uma trilha sonora inesquecível. Ainda hoje, Snoopy, Charile Brown, Betty Pimentinha, Marcy e diversos outros personagens encantam.


Ducktales
Hoje em dia, talvez falte um pouco de Tio Patinhas na vida das pessoas... Ele é o rico admirável por excelência... Ok, um pouco pão-puro, mas admirável. O motivo é porque ele ralou muito para conseguir o que tem. Não há problema em ser rico quando a pessoa é por merecimento, porque trabalhou para ter o que tem... Isso não é crime. Foi isso que acabei aprendendo com Ducktales. Esta animação marcou a vida de muita gente também pela música, pela riquíssima animação e histórias de aventuras e curiosas. Também por uma Maga mais ou menos má e por uns "certos" irmãos que se tornaram figuras quase tão igualmente conhecidas como o Tio Patinhas... Igual a um furacão que traz emoção...

Os Caça-Fantasmas
Perter Venkman, Raymond Stantz, Egon Spengler e Winston Zeedmore, os quatro Caças-Fantasmas (The Real Ghostbusters) foi um desenho animado que, de início eu não queria ver nada. Tinha um certo medo: como podia uma história de fantasmas passar no domingo de manhã na Globo? Sim, quem não lembra... sabia que passavam animações no domingo na TV Globo, por volta do meio dia. Quando comecei a ver, passei a amar. Tanto que eu tinha uma lista - que lastimavelmente joguei fora - com informações valiosas sobre os episódios, roupas dos personagens e toda sorte de curiosidade que só um fã escreve. Eu também queria ser como a Janine, que era meio doida e tinha um affair com o Egon, o qual eu também amava!

Galaxy Rangers
Também conhecido o Brasil como Os Cavaleiros da Galáxia, Galaxy Rangers é, talvez, uma das histórias galácticas mais originais já produzidas. Na época tinha um traço e uma animação fantástica, com efeitos revolucionários. Mas, certamente, o que mais chamava a atenção era o roteiro e argumento totalmente diferenciados. Sempre imaginei esta história como um grande filme. Zacary, Goose, Niko e Harfford eram os quatro personagens principais que fugiam de qualquer mesmice... qualquer ideia pré-concebida. Até hoje conservo meu álbum de figurinhas... E, foi a grande influência para uma história que escrevi e que nunca publiquei. É um título que tem que estar SEMPRE em minhas listas pessoais de "animação inesquecível".

Cavaleiros do Zodíaco
Que birosca é esta? Quem eram? O que faziam? O que iria acontece e, especialmente, onde raios estava a armadura de meu signo eram perguntas eu fazia ao ver Cavaleiros do Zodíaco (Saint Seiya 聖闘士星矢 <セイントセイヤ>). O título foi o primeiro de uma geração, que mudou e trouxe novos conceitos de entretenimento ao país. Revolucionou - e não é exagero - o jeito de se pensar mercado de animação no Brasil e ajudou a surgir um novo "filão", que nem mesmo os heróis haviam conseguido até então: o mercado nerd. Não foi somente o otaku não... Foi nerd mesmo. Ainda hoje, mesmo sabendo os gigantescos furos de roteiro, ainda é divertido ver a série clássica exibida na TV Manchete.

Samurai X
Samurai X é também conhecido por estas bandas pelo seu título original, Rurouni Kenshin (るろうに剣心―明治剣客浪漫譚―). Eu já conhecia - não sei exatamente como - a história. No final, eu classifico meu gosto por ser uma "história histórica". Gosto de histórias assim, além claro, de ser um tipo de capa e espada. Os personagens são carismáticos, Kenshin e Kaoru são um casal perfeito. E, nós meros mortais costumamos não acreditar nas pessoas, mas numa história, passamos a acreditar que é possível uma mudança. Este anime foi o primeiro a ser exibido na Globo na Era Pós-CDZ. Lembro que foi muito por acaso que eu soube. Quase surtei. Produção fantástica.

InuYasha 犬夜叉
Um anime cujo herói é a mocinha... É assim que podemos descrever InuYasha 犬夜叉. Apesar do título, quem acompanhou o anime (e seu mangá) até o final, sabe que "quem salva o dia" é Kagome Higurashi. Ela talvez seja um dos melhores exemplos de como são muitas mulheres hoje. Uma garota forte, mas que mesmo assim, não sabe como agir em certas circunstâncias, especialmente quando o assunto é amor. Mas, na hora de "quebrar o pau", normalmente, todos são pelo herói, certo? Em InuYasha, todos, inclusive o personagem-título, são por Kagome. Ela e Seshoumaru são duas figuras importantes na história. Porque ele muda, não muito, e continua forte e temível desde o início.

Shirokuma Café しろくまカフェ
Conheci Shirokuma Café しろくまカフェ meio que por acaso. Eu estava procurando animes que pouco se comentava no Crunchyroll e achei interessante aquele resumo de uma cafeteria de um urso Polar... Tipo, oi? Hein? Comecei a ver. De início achei meio nonsense, mas com o passar dos episódios tomou tons de graça e drama únicos. Lembra um pouco a essência do Snoopy. Os personagens antropomórficos têm características únicas. Em verdade, não tem vilões ou coisa do gênero. O personagem que dá título a história é ao mesmo tempo, em certos momentos: protagonista e antagonista (em relação ao senhor Grizzly). O que chega a ser curiosíssimo. Shirokuma Café faz-nos ver os animais de uma forma diferente. A sentir pela sua falta, no caso, a extinção dos ursos polares. Faz-no apreciar as coisas "pequenas" da vida as quais não damos o devido valor.

Frozen
A animação Frozen: Uma Aventura Congelante também foi conhecida por mim meio que por acaso. Na verdade, eu não queria ver, pois achava uma deturpação ante a história de Hans Christian Andersen. Em verdade, a história nada tem a ver mesmo. Fui ver porque um amigo queria assistir ao curta que antecedia. E, não é que virei fã? Tipo... fã mesmo, que comprar tranqueiras e tudo mais. A história é simples, porém, é na simplicidade que se mostra coisas verdadeiras. E, como há no mundo Elsas e mais Elsas. Certamente, é ela a figura que as pessoas mais gostam, apesar da irmã Anna ser a protagonista. No fundo, Frozen chamou tanto a atenção porque já fazia muito tempo que não havia um filme realmente familiar. E é isso que esta animação é.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Para alegrar o dia 95

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Até evangélicos amaram Frozen, só os doidos veem o que não existe...

Caros navegantes...
No ano passado, eu havia escrito este texto sobre alguns absurdos ditos sobre a animação Frozen: Uma Aventura Congelante. Eram alguns pastores americanos que disseram que a animação incentivava a homossexualidade. Daí, recentemente, um post do pastor Davi Morgado retoma o assunto.
No link será possível ver o sutil comentário tolo dele. O que me deixou feliz ao ver o post.. foi notar os diversos comentários de outros evangélicos e pastores ao dizer que aquela opinião é uma tremenda bobagem. De novo: Frozen é uma animação que fala de relação familiar. De uma irmã que vai em busca da outra, que está perdida. Podeira ser, por exemplo, a busca que algumas pessoas fazem a seus entes queridos que estão perdidos pelas drogas... Por que não?
Mas, dizer que incentiva a homossexualidade? Eu sou da vertente que ser homossexual não é algo influenciável. Senão, é o mesmo que dizer que a própria heterossexualidade também é influenciável. Para mim, as pessoas simplesmente nascem e pronto. Como eu já disse lá naquele post do ano passado... Frozen é uma animação familiar, não é bandeira nada além disso. Fala somente das relações de família.
As pessoas têm que parar de ver sexo em tudo. De ver maldade em tudo. De achar que tudo tem um lado obscuro, uma mensagem subliminar. Parar de se importar demais o que os outros fazem em quatro paredes... Isso é viver em um mundo louco, em um lugar que não está na Bíblia. Por isso que falo: leia você mesmo este livro. Não deixe que os outros leiam por você. Tente interpretar corretamente. Seja Velho ou Novo Testamento. Sério.. Senão qualquer doido vai te influenciar negativamente. Beleza?

O que é ruim pode ficar pior: Diabolik Lovers ディアボリックラヴァーズ 2

Queridos e amados navegantes...
O que é ruim, pode ainda ficar pior... Diabolik Lovers ディアボリックラヴァーズ terá uma segunda temporada. Sim, lembra daquele anime demente que mencionei neste artigo? Pois é... é este. A informação é do site ANN. Quando li isso, sério... eu não acreditei. Depois me criticam quando falo que alguns otakus realmente não têm absolutamente nada na cabeça...
Por quê? Porque absolutamente TUDO é ruim demais nesta animação. Sério... É estarrecedoramente imbecil. Nada se salva: nem história, nem animação, nem desenho de personagens, nem música... NADA. E depois ainda querem animes na televisão... Só pode ser brincadeira, né?

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

ANIMA INFO 1670 - Especial

Bob Esponja: Um Herói Fora D'Água

A Paramount Animation e a Nickelodeon Movies lançam em 3D Bob Esponja: Um Herói Fora D'Água. Pela primeira vez, a criatura do mar preferida de todo mundo e cultuada por diversas gerações sai da água para tentar salvar a Fenda do Biquíni do apocalipse. Com classificação livre, o longa que mistura animação e live action estreia nos cinemas brasileiros hoje.
A vida corria tranquila para o otimista Bob Esponja e sua turma: o leal estrela-do-mar Patrick, o sarcástico Lula Molusco, a esquilo cientista Sandy e seu chefe, o crustáceo capitalista Sr. Sirigueijo. Quando a ultrassecreta receita do Hambúrguer de Siri é roubada, o caos se instaura no fundo do mar. Para salvar a pátria, Bob Esponja e o vilão Plankton precisam unir suas forças em uma viagem através do tempo e do espaço.
Basicamente, esta animação não acrescenta muito ao que já vimos na televisão. Os primeiros minutos são até chatinhos, mas o estilo nonsense que caracteriza Bob Esponja torna-se mais intenso depois de meia hora de filme. O que possivelmente ocorrerá é que este longa-metragem será ideal mais para jovens e/ou que cresceram com a série de TV. As crianças podem ser perder em algumas pequenas piadas.
A produção é boa, mas, nada extraordinário. Inclusive, mais uma vez, o 3D pouco influencia em alguma coisa. Os dubladores listados abaixo são os mesmos da televisão e isso sim é algo importante, já que um pontos mais característicos de Bob Esponja no Brasil é sua "versão brasileira". No final, uma boa animação, porém, nada que não possa ser vista em DVD.
Vozes nacionais: Barba Burguer – Armando Tiraboschi, Bob Esponja – Wendel Bezerra, Patrick - Marco Antonio Abreu, Lula Molusco - Marcelo Pissardini, Sr. Sirigueijo - Luiz Carlos de Moraes, Plankton ¬- Guilherme Lopes, Sandy - Letícia Quinto e Kyle - Victor Meyniel.
←  Anterior Proxima  → Inicio