Desejo: Boas Festas...

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

VIAGEM: Férias em New York, Statue Of Liberty

Caros navegantes...
Muitos de vocês já viram estes textos no meu Facebook, dias atrás. Como informei na última semana de julho, esta primeira semana de agosto será dedicada aos textos referente a minha viagem de férias para New York. Podem haver algumas mudanças no texto original e este que aqui está. Por que colocar aqui também? O motivo é simples: o Google consegue capturar melhor textos e informações que estão na base deles. O “Papo de Budega” está na base do Blogger... que é do Google... Só para constar... E é só clicar nas imagens para ampliar.
Em minhas férias em julho, tive como destino foi New York. Sempre quis conhecer uma cidade maior que São Paulo. Afinal, só existem duas: New York e Tóquio. E lá fui eu... Lugar fantástico. Quando viajei para Madri, recordo-me que quando voltei eu fiquei com a sensação: “é lindo lá, mas estou feliz por ter voltado”. Todo mundo que me conhece pessoalmente percebeu isso em mim...
Desta vez.. posso dizer que fiquei realmente com saudades. Um pedaço bem grande do meu coração ficou por lá! Muita gente, muito trânsito, muito barulho do lado de fora do quarto do hotel... Tudo muito.. muito!!! Obviamente, visitamos a Estátua da Liberdade (Statue Of Liberty). Uma obra tão grandiosa quanto o Cristo Redentor. Tirei muitas selfies... Mas esta da imagem curti para caramba. Não necessariamente pela minha expressão. Mas, o conjunto do todo. Eu, a bandeira americana e o pássaro voando. Se eu quisesse não teria tirado uma foto dele voando na minha foto...
Inclusive, um dos vários fatos curiosos: os americanos realmente AMAM sua bandeira. Praticamente todo lugar que olhávamos em NY, víamos uma bandeira azul, vermelha, branca. É das coisas que voltei com inveja deles... Um amor quase que incondicional para consigo. O locais são muito bem cuidados. Incrível. Enfim.. Este é o primeiro texto da viagem.
←  Anterior Proxima  → Inicio

1 comentários:

Hikki Shinozaki disse...

Que maravilha, Sandra!
Oque mais invejo neles é esse lance de cuidar do próprio patrimônio, aliás, não só eles, a galera do Japão também. Me pergunto quando o povo (daqui) vai abrir os olhos e perceber que cuidar das coisas que temos aqui não vai ser (só) pra agradar os olhos dos "gringos" mas para agradar aos nossos próprios. Um lugar limpo, bem cuidado e com pessoas educadas faz uma diferença enorme, e talvez seja oque fará o turista voltar.