Desejo: Boas Festas...

terça-feira, 2 de junho de 2015

Correio Sul, de um - Antoine de Saint-Exupéry nada motivador

O livro Correio Sul foi a primeira publicação do conhecido autor Antoine de Saint-Exupéry. A fama dele dá-se pela sua obra O Pequeno Príncipe, até hoje, uma das publicações mais vendidas no mundo. O autor mostrou com o principezinho um encanto avassalador. Porém, isso não ocorreu com sua primeira obra.
Publicado em 1929, Correio Sul não empolga, mesmo. É por muitas vezes, um livro chato, sonolento, mesmo com poucas páginas e com muitas reflexões desnecessárias. O autor levou a sua obra um pouco de sua vida como aviador. Não emociona, ao menos hoje, não emociona. Um bom resumo da história esta neste link,

Jacques Bernis deve entregar o correio na América do Sul, passando por Toulouse e Dacar. Ele decola. O rádio anuncia sua partida a cada etapa seguinte. Sobrevoando a Espanha, Bernis rememora, emocionado,a infância. Faz escala em Alicante. Depois de uma pequena revisão do aparelho, Bernis parte novamente. Na tempestade, um cabo fica bloqueado. O avião inclina-se perigosamente. Um tranco com o pé desbloqueia o cabo e o avião endireita. O jovem Jacques Bernis está apaixonado por Géneviève. Ela casara-se com Herlin, que tem “a pretensão de um político”.

O que vale a pena na leitura desta obra é verificar a evolução do autor. De um melancólico Saint-Exupéry a um esperançoso Saint-Exupéry pela vida, pelas pessoas em "O Pequeno Príncipe". Fora isso, também vale pelos textos com palavras diferentes ao vocabulário atual, já que a maioria dos livros são antigos, aparentemente não há uma edição atual da obra.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários: