Desejo: Boas Festas...

terça-feira, 19 de maio de 2015

COMO ÁGUA E VINHO – Sobre “Norte & Sul”, de Elizabeth Gaskell

Se há uma característica na Literatura que nunca podemos nos esquecer é o contexto histórico. (...) Gaskell (a autora) viveu em Manchester, na Inglaterra, no auge da Primeira Revolução Industrial ocorrida no século XIX; testemunhou o surgimento de uma nova relação de trabalho, cheia de atritos, entre os ricos industriais e os operários, classes que surgiram imediatamente com a necessidade de mão de obra para operar as máquinas, tecnologia avançada para a época, e que mudou para sempre a economia do mundo. Vinda da região Sul inglesa, essencialmente agrário, óbvio que o choque cultural da autora foi muito grande, e é esse o fio condutor do romance. Como o próprio título já diz, a Revolução Industrial dividiu a terra da Rainha em Norte – industrial e urbano – e Sul – rural e interiorano.
Dois pólos opostos, duas faces da mesma moeda, dia e noite, água e vinho; tudo parece fazer com que as duas regiões se colidem, tanto no aspecto físico como cultural, representados pelos protagonistas: Margaret Hale, originária de Helstone, sul da Inglaterra, ensolarada, cercada de plantações e pela sociedade ruralista do lugar; e Mr. John Thornton, de Milton, norte da Inglaterra (claramente uma referência à Manchester), fria, cinza, nublada, regrada como um relógio e preenchida pelo barulho das máquinas. Imaginamos logo que haverá um romance entre os dois, devido à fascinação que Thornton sente por Margaret desde o momento em que a vê, quando visita a família Hale pela primeira vez.
Veja resenha do livro e informações da minissérie no link: COMO ÁGUA E VINHO – Sobre “Norte & Sul”, de Elizabeth Gaskell, do site Um Expresso Com Letras.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários: