Desejo: Boas Festas...

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Cavaleiros do Zodíaco - Alma de Ouro (Saint Seiya 聖闘士星矢 黄金魂)


Cavaleiros do Zodíaco sempre rende dinheiro para a Toei Animation e fortes discussões no universo da animação japonesa. Quando houve o anúncio de Cavaleiros do Zodíaco - Alma de Ouro (Saint Seiya 聖闘士星矢 黄金魂) não foi muito diferente. Por vários motivos. Um deles foi a forma de exibição, pela primeira vez simultânea pela internet em diversos países do mundo, tanto pelo Daisuki como pelo Crunchyroll.
Na história, basicamente, os cavaleiros de ouro renascem em Asgard - por uma vontade aparentemente de um ser não definido - para lutar contra uma grande força do mal. Ao mesmo tempo, pela cronologia, Seiya e os outros estão lutando nos Campos Elíseos da Saga de Hades. A premissa do argumento é interessante. Mas, em quatro episódios já foi possível detectar diversos problemas técnicos.
Os dois primeiros episódios tiveram uma boa animação, com bons desenhos de personagens. Mas, parece que houve uma queda avassaladora, que o bom trabalho foi enviado para "outra dimensão". O desenhista principal Fumitoshi Oizaki teve a ingrata missão de substituir Shingo Araki, algo nada fácil. Porém, é incompreensível uma queda tão intensa de um episódio para outro.
Além disso, a música de abertura é uma releitura muito mal feita da versão clássica original. As vozes também parecem ter sido escolhidas em sorteio. Ryouichi Tanaka, por exemplo, apesar de ser o "Máscara da Morte" desde a versão clássica, simplesmente não combina absolutamente nada com o personagem desta versão. É nítido como ele "força" a voz para ficar alguma coisa agradável, mas que no final, o resultado é desastroso.
Ainda há alguns episódios a seguirem. Porém, se tecnicamente ficou assim, daqui para frente a tendência é só piorar. Que Cavaleiros do Zodíaco - Alma de Ouro (Saint Seiya 聖闘士星矢 黄金魂) foi criado para vender bonecos, isso ficou claro desde o início até mesmo pelos fãs mais antigos. E, talvez justamente por isso a Toei Animation deveria ter tido mais cuidado com a produção. Agora, é aguardar o desfecho desta obra.
←  Anterior Proxima  → Inicio

4 comentários:

Pietro Armstrong disse...

Bem, o produtor executivo de Alma de Ouro é o mesmo de Sailor Moon Crystal... por aí já da pra saber o esquema deles, versão streaming com "falahas" que serão corrigidas na versão Blu-ray!

Unknown disse...

Sandra, eu particularmente tenho gostado bastante de "Soul of Gold". Este último episódio lançado foi um dos melhores de "Cavaleiros do Zodíaco" de todos os tempos, incluindo tudo o que já foi produzido na franquia. Muita emoção, mistério, batalhas envolvendo inteligentes estratégias de combate, diálogos e roteiro muito bem escritos. O link para quem quiser conferir o capítulo:
http://www.daisuki.net/anime/watch/SaintSeiyaSoulofGold/Chd

Digo disse...

Bom, eu ainda nao tenho uma opiniao formada quanto a trama, até porque estou gostando do que estou vendo, principalmente a redenção de Afrodite como um guerreiro e do MdM (mas também achei a voz do dublador muuuuuuuito forçada e afetada). Quanto a parte tecnica, realmente, é o mesmo que está acontecendo com Sailor Moon Crystal, que oscila entre um episodio bem desenhado e outro cheio de erros, ou até mesmo de um quadro bem desenhado e outros 10 mal feitos. Gostaria de saber o pq destas irregularidades nos traços, ja que ambos nao sao semanais, portando, podemos concluir que o tempo nao seria tao corrido assi, para justificar isso. Ou é a nova tendencia da Toei ou é relaxo mesmo. Vamos aguardar os demais capitulos, e ver quem é esse ser misterioso, e até mesmo para vermos a explicação de quando as armaduras de ouros forem enviadas aos Bronze nos Elisius. (Digo)

Sandra Monte disse...

Olha... em parte acho que relaxo...
Mas em parte oscila por causa do grande número de animadores e intercaladores. Pode pegar a equipe de produção... são tantos que não existe uma unidade... Daí sai estas merdas.

O grande problema atual não é nem a história... Mas a parte técnica mesmo, qu eé um desastre...