Desejo: Boas Festas...

quinta-feira, 12 de março de 2015

Filme: Para Sempre Alice

Para Sempre Alice

Adaptado do romance de Lisa Genova, o longa-metragem homônimo Para Sempre Alice conta a história da renomada linguista Alice Howland, bem casada e mãe de três filhos, que aos 50 anos começa a esquecer as palavras. Ela descobre sofrer de Alzheimer de Instalação Precoce. Julianne Moore (Sem Escalas), que interpreta o papel-título, recebeu o Oscar deste ano como melhor atriz por este filme.
Além dela, há outras boas interpretações como Alec Baldwin e Kristen Stewart. Esta última até causou-nos um certo espanto como a filha rebelde. Mostrou um certo talento de interpretação, depois de outros trabalhos um tanto duvidosos como a série Crepúsculo e Branca de Neve e o Caçador.
A trilha sonora de Danny Elfman é muito adequada. Sem exageros melódicos ouvidos muitas vezes em filmes dramáticos. Este longa-metragem é muito bom. Com um orçamento bem pífio, de cinco milhões de dólares, pagou-se nos Estados Unidos. Porém, poderia ter feito mais sucesso. Infelizmente, o público tem resistência à dramas.
Também faz-nos pensar em como é uma vida com a doença degenerativa Mal de Alzheimer. Perde as lembranças, locais conhecidos, pessoas e inclusive a fala. A personagem-título um comentário curioso que você pensa ser exagerado no momento da fala dela. Ao final do filme, realmente pensamos que a tal frase pode sim ser correta: "eu preferia ter tido câncer". Melhor seria não ficar doente, de fato. Para obeter mais informações acerca do Mal de Alzheimer, indicamos o site da Associação Brasileira de Alzheimer - ABRAz para obter mais informações.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários: