Desejo: Boas Festas...

terça-feira, 10 de março de 2015

ENTRE LUZES E SOMBRAS - Um primeiro olhar sobre "Jane Eyre", de Charlotte Brontë

Autobiografia fictícia da jovem Jane Eyre, Charlotte Brontë escreveu o romance em 1847, inspirada na literatura gótica e em sua própria vida. Mesmo que alguns críticos o considerem uma obra romântica, “Jane Eyre” vai na contramão desse estilo literário, ao inserir uma protagonista sem atrativos físicos – à certa altura, ela se define como “pobre, obscura, feiosa e baixinha” – em busca de independência e felicidade, na puritana Inglaterra vitoriana.
Vale lembrar, ser uma mulher independente, naquela época, era um privilégio difícil de obter, mas não impossível. Mulheres com boa escolaridade tinham oportunidades de trabalho, restrito, claro, mas mesmo assim, numa sociedade cujo papel principal era ser boa esposa e mãe, algumas conseguiam atingir uma certa autonomia de vida.
Veja resenha completa neste link.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários: