Desejo: Boas Festas...

quarta-feira, 5 de março de 2014

Da fantasia à ciência: Frozen 2014, As Aventuras de Peabody e Sherman 2015, deu para entender?

Caros amados navegantes... Primeiramente, peço desculpas, mas esta semana não escrevi resenha de livro (tipo, ontem) e nem farei uma resenha de anime. Ainda recupero-me da porcaria da semana passada (veja post abaixo).
Quem esteve comigo via Twitter e Facebook, sabe o quão contente fiquei com a vitória de Frozen com os Oscars de animação e canção original. Vi a premiação por causa da animação, mas no final... Curti muito ter visto o Oscar inteiro. Um dos melhores dos últimos tempos... Justíssimo Frozen ter ganhado. Alguns dos motivos podem ser vistos neste bom artigo em inglês...
Em relação a canção Let it Go, abaixo segue uma versão toda especial em que Idina Menzel - a diva Elsa - cantou em um programa de TV. Muito boa esta versão "alternativa" e descontraída!!! Veja abaixo.



Enfim, Frozen venceu! E, o que nos espera em 2015? Bem... Lá atrás quando Rango estreou eu tinha dito - em algum lugar, não lembro se aqui... - que a animação tinha tudo para ganhar o Oscar. E ganhou. Agora, prevejo uma das mais geniais animações, que estreou sexta-feira passada, a ser favoritíssima ao Oscar 2015: As Aventuras de Peabody e Sherman.
Sem sombra de dúvidas, um dos mais brilhantes roteiros animados nos últimos anos. Divertido, com tom politicamente correto sem ser imbecil, a história em que "todo cachorro precisa de um menino", encanta desde o primeiro minuto. Basicamente, As Aventuras de Peabody e Sherman é uma ficção científica envolta em História.
E isso é sério. Crianças podem até ver - como ocorreu em Rango - mas a história é para o público adulto, tamanha é a carga cultural que a pessoa deve ter. É compreensível para todos, mas especialmente quem conhece História. Além disso, quem conhece e/ou acredita em buracos-negros e etc vai se encantar com as aventuras do cachorro e seu filho adotivo.
Um ponto mais do que formidável. A menos que eu esteja doida, uma das cenas traz uma justa homenagem a Santos Dumont. Os americanos dizem que foram seus irmãos os primeiros a voar. Mas, em As Aventuras de Peabody e Sherman é nítido que é Dumont quem está com os protagonistas em cena bem rápida. E também temos Aquarela do Brasil. Uma animação formidável que compartilho com vocês. Quem puder, assista.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários: