Desejo: Boas Festas...

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Sem o politicamente correto... Reinações de Narizinho - volume 1

Muitas histórias acabam por ficar no imaginário de uma dada sociedade. Algumas frases ou situações são ditas e bem da verdade, muitas vezes não sabemos de onde vêm tais termos. Depois de ler Reinações de Narizinho - volume 1, percebemos como o universo de O Sítio do Pica-Pau Amarelo faz parte de nossas vidas, falas, cultura...
O Sítio é popularmente conhecido por suas séries de televisão e algumas polêmicas relacionadas à censura. Porém, a matriz de "O Sítio" são diversos livros de Monteiro Lobato. As obras foram escritas entre os anos 20 e 40 do século passado. As histórias têm algumas particularidades.
Por conta de nosso atual momento histórico, parece-nos estranho ler "negra de estimação" em livro infantil. Porém, precisamos lembrar que Lobato viveu em um tempo em que era comum tratar os negros desta forma. Também há sequências que hoje teriam problemas com a classificação indicativa. Afinal, em um dado conto Pedrinho diz que é bom ter dinheiro para comprar uma arma.
Ou seja, um dos pontos mais importantes hoje é entender o pensamento daquela época e como podemos ler e reler tais situações nos dias atuais. E, compreender alguns chistes nada corretos e transcrevê-los adequadamente para as crianças. Para os adultos que leem "Reinações", o título vale muito a pena ver justamente por conta destes elementos politicamente incorretos.
O volume 1 traz ilustrações de Paulo Borges, cujos desenhos são baseados na animação de "O Sítio". E, falando no desenho animado... também fica quase que claro que de todas as adaptações para a televisão, a que ficou mais próxima do original - mesmo com os conceitos politicamente corretos - foi a animação, os quais trechos dos episódios podem ser vistos neste link.
Monteiro Lobato acabar por nos mostrar que infantil NÃO é sinônimo de chato ou imbecil. É possível ser inteligente, irônico e engraçado sem ser piegas e sem tratar criança com idiota. Vale recordar que "Reinações" tem o volume 2, ainda não lido por esta resenhista.
←  Anterior Proxima  → Inicio

1 comentários:

L.Karina disse...

Eu amei a adaptação do Sítio do Pica-pau Amarelo dos ano 80(na verdade do final dos anos 70) Na época eu era louca para ler os livros, mas meus pais não tinham grana pra isso.
Às vezes parece que os autores antigos sabiam que livros para crianças não têm que ser bobinhos e mal escritos,como algumas coisa que existem hoje em dia. A obra de Monteiro Lobato é bem próxima dos contos de fada não subestima a inteligencia das crianças.
Quanto a questão do politicamente correto,o exagero dele, tem se tornado a coisa mais perigosa desde o nazismo tudo ofende e tem que ser censurado e ninguém quer saber de ler o contexto histórico.