Desejo: Boas Festas...

domingo, 29 de dezembro de 2013

Feels Like Heaven... lembrando os anos 80...

Antes do ano acabar...
Uma linda música dos anos 80 para todos vocês... Já fazia algum tempo que não colocava músicas que curto. Mas, antes tarde do que nunca, não é mesmo? Da banda Fiction Factory - Feels Like Heaven. E, que eu me lembre, não fez sucesso... uma pena...

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Cavaleiros do Zodíaco perde um pouco do seu gelo... Adeus Valter Santos



Navegantes,
Não saiu na Globo, nenhum jornal divulgou... Não saiu nada já que ele não era conhecido... Mas, este Natal está um pouco "menos" gelado para os fãs de Cavaleiros do Zodíaco 聖闘士星矢 <セイントセイヤ>. Faleceu ontem o dublador Valter Santos: o eterno Camus de Aquário.
A cena que mais me tocou até hoje em todas as sagas de CDZ foi a luta do Camus e Hyoga na casa de Libra. Valter e Francisco Bretas com suas interpretações maravilhosas... O curioso... senti um carinho mais especial ainda pelo Camus, afinal... ele era dublado pelo Ursolão, da Turma do Pica-Pau...
Valter também fez algumas aparições em novelas e no Telecurso 2000... Daí... vem a questão.. Se o filme CG de Cavaleiros será das 12 casas... como será o Camus sem ele? Este é o segundo cavaleiro de ouro clássico que se despede. O primeiro foi Ézio Ramos, o primeiro Afrodite de Peixes. Simplesmente, inesquecíveis...

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

"A Presença do Animê na TV Brasileira" já está novamente disponível

Caros navegantes, a partir de hoje até o final do ano, não haverá mais resenha de livro às terças. Esta seção retorna em 2014!!! Porém, vou deixar uma dica para os leitores que ainda tentaram recentemente e não conseguiram comprar...
"A Presença do Animê na TV Brasileira" já está novamente disponível. É possível adquiri-lo no site da Editora Laços. No site da livraria Cultura ainda dá como esgotado. Mas, no site da editora já há o lote da primeira reimpressão!!!
Por isso, quem quiser comprar, fique à vontade. Quem já leu e curtiu, indique aos amigos e colegas de escola e faculdade. Creio ser uma boa fonte de estudos para quem quiser estudar sobre este universo no Brasil. Abaixo, uma breve sinopse:
'A presença do Animê na TV brasileira' é fruto de um estudo jornalístico, pesquisa e fundamentação histórica da animação japonesa no Brasil. Os primeiros títulos nos anos 60 e 70, as obras exibidas nos anos 80, a explosão dos anos 90 e a consolidação nos anos 2000. Este estudo tenta levantar pontos da História da animação japonesa no Brasil e sua presença na televisão. 'A presença do animê na TV brasileira' é uma obra que visa contribuir com a bibliografia nacional sobre a cultura pop japonesa, como também reúne dados e informações para os pesquisadores e estudiosos da televisão brasileira.

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Shirokuma Café しろくまカフェ, o anime que os moralistas deveriam ver...

Nesta última resenha do ano, falaremos de um título cujas músicas muito agradáveis - especialmente as aberturas -, história inteligente, humor refinado, desenho de personagens encantador e animação excelente. Nesta única frase é possível resumir tudo o que Shirokuma Café しろくまカフェ, ou simplesmente Café Polar, é. Esta animação é uma das mais simpáticas e brilhantes dos últimos anos.
A história traz um "café Polar", um estabelecimento alimentício cujo proprietário é um Urso Polar, que dá nome ao local. Ele é um animal antropomórfico canadense que adora contar longas histórias, em sua maioria um monte de lorotas. O local é frequentado por diversos animais, especialmente pelo senhor Pinguim e o Panda. Também há outras figuras como o senhor Lhama, o senhor Tartaruga, entre outros.
A garçonete é uma humana, a senhorita Sasako. Também há outro humano na história, o senhor Handa. Ele é o cuidador dos animais do zoológico, local de trabalho do Panda. Este vive tentando unir Sasako e Handa. Como até o momento vimos a metade da animação, não sabemos se, afinal, o casal de humanos ficará junto.
Shirokuma Café しろくまカフェ, em certo ponto, traz um pouco de crítica aos hábitos de uma sociedade moderna. A visão que temos do Panda, por exemplo, é a de muitos jovens atuais, a chamada geração canguru. Se fosse pelo Panda, ele ficaria o dia inteiro sem fazer nada, dependendo dos pais. Chega a ser incômodo a falta de noção dele, e incomoda justamente por muita gente ser igual a ele.
Este anime teria tudo para ser exibido no Brasil. Não tem violência, não tem erotismo. Tem bom humor, é visualmente bonito e com uma história simples e inteligente. É o cotidiano de pessoas e animais que vivem em seus trabalhos, seu dia a dia sem embates ou conflitos. Lembra, neste sentido, a animação clássica de Snoopy. Porém, há um se "não". A tradução ficaria sem sentido nas sequências de trocadilhos de Polar. Isso porque há palavras em japonês que são parecidas e passíveis de se fazer brincadeiras. Porém, em português, estas cenas perderiam o sentido.
Agora, certamente um dos grandes trunfos desta animação da grade do Crunchyroll é a dublagem. Takahiro Sakurai 櫻井 孝宏 é o Polar. O artista é conhecido no Brasil por sua interpretação como o Shiryu de Cavaleiros do Zodíaco - Saga de Hades. Já Hiroshi Kamiya 神谷 浩史 é o senhor Pinguim. Ele é outra voz conhecida pelo seu trabalho recente em Cavaleiros do Zodíaco em várias séries: como Shun em Omega, Albafica em Lost Canvas e Orfeu em Hades Inferno. De todos, um dos que mais chama a atenção é Yūichi Nakamura 中村 悠一, que já fora Sōshi Miketsukami de Inu X Boku SS. Chega a ser impressionante a mudança total do tom de voz do rapaz.
Como mencionamos acima, ainda não terminamos de assistir ao anime. Porém, percebe-se que em seus 33 episódios vistos até o momento, Shirokuma Café しろくまカフェ não perdeu o fôlego. Continua sempre com o mesmo ritmo e mesmo conteúdo. Foram duas aberturas com músicas muito bonitas e diversos encerramentos, alguns deles bem divertidos.
Por fim, esta animação foi baseada no mangá de mesmo título de Aloha Higa ヒガ アロハ cujo site oficial é este. É de se lamentar que é uma HQ com possibilidades remotas de vir ao país, dado o gosto do leitor brasileiro, que provavelmente ignoraria uma história com animais na capa. Na falta do mangá, que se veja o anime por todos os motivos citados acima.

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

ANIMA INFO 1629

‘Knights of Sidonia’, novo anime na base do Netflix em 2014

O site Netflix anunciou hoje que terá disponível os primeiros 12 episódios de Knights of Sidonia シドニアの騎士, anime da Polygon Pictures - de títulos como ‘Tron: Uprising’ e de vários episódios de ‘Star Wars: The Clone Wars’ - , em todos os territórios onde Netflix atua em 2014.
A popular série é baseado no mangá de Tsutomu Nihei. Knights of Sidonia, acompanha a luta dos humanos pela sobrevivência contra os ataques de criaturas alienígenas “Gauna” usando mechas chamados “Garde” (Robôs Guardiões). O foco da história é a nave Sidonia e o jovem piloto Nagate Tanikaze, que usa suas habilidades de combate para proteger o que restou da civilização humana.
‘Knights of Sidonia’ será disponibilizada na Netflix em japonês e em versões legendadas e dubladas em português.

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

A Cauda Longa é um livro, não um termo obsceno

Muitas pessoas entraram ou entrarão em férias por estes dias e terão a oportunidade de ler um dos livros mais fáceis e interessantes a comentar a segmentação do mercado: A Cauda Longa (Long Tail) de Chris Anderson. Originalmente, o título foi um artigo que acabou por virar um livro.
O autor pega alguns exemplos - especialmente da indústria fonográfica - para exemplificar a questão da "massa x segmentação" e como o mundo atual tende a ter cada vez menos "mega hits" e cada vez mais "micro títulos", dando origem ao termo "cauda longa".
Na sinopse oficial do livro, "receita total de diversos produtos de nicho, com baixo volume de vendas, é igual à receita total de poucos produtos de grande sucesso. Por isso cunhou o termo 'cauda longa' para descrever essa situação, o qual tem sido usado pela alta gerência das empresas e pelos meios de comunicação no mundo todo".
O livro coloca-nos uma questão em alguns segmentos: será que a "cauda longa" já está acontecendo em mercados como o de "quadrinhos" nacional ou algum dia virá acontecer? Ou, se realmente a lógica da "cauda" aplica-se a tudo no mercado de entretenimento. É uma importante leitura para se embasar estudos ou, inclusive, para se visualizar o mercado de uma maneira mais ampla.
←  Anterior Proxima  → Inicio