Desejo: Boas Festas...

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Uma pequena aventura em um evento de quadrinhos no sul... Multiverso Comicon

Navegantes,
Vocês devem ter percebido meu sumiço estes dias. Neste final de semana, fui ao Multiverso Comicon, evento de quadrinhos que aconteceu em Porto Alegre, RS. Primeiramente, eu gostaria de dizer que Porto Alegre é, realmente, uma cidade muito fria... Bate um vento sinceramente gelado, que dói na alma.
Sandra Monte com frio em Porto Alegre...
Agora, quanto ao evento... Esta é a primeira vez que vou a um fora do estado de São Paulo e posso dizer que fiquei deveras contente. O pessoal é bem receptivo e atencioso. O staff do evento parecia saber o que estava acontecendo, diferente de alguns que acontecem em São Paulo... Acho que o motivo é porque o Multiverso tem característica de ser menor. Porém, muito bem organizado!
Das diversas atrações que podem ser vistas no site acima, as que mais acompanhei foram a palestra sobre o retorno da produção do Zé Carioca com o Fernando Ventura e a homenagem ao Renato Canini. Vocês podem ver imagens abaixo.
Palestra sobre o Zé Carioca

Homenagem ao Renato Canini. Da esquerda para direita: Goida, Fernando Ventura, Edgar Vasques, Santiago e Fraga

O Ventura comentou sobre o retorno da produção do Zé Carioca. Por enquanto é apenas uma história por mês. Mas, vamos sonhar que em 2014 podem haver mais histórias, não é? Inclusive, é importante espalhar para mais pessoas que há novas histórias na revista, porque, por incrível que pareça, houve quem não soubesse do fato!
Como não haviam revistas para o Fernando autografar, ele fez desenhos dos personagens dos quadrinhos Disney para o público ! O meu só poderia ser o grande e genial - pero no mucho - Afonsinho!!! Ele é tão tonto que é um dos melhores personagens Disney dos quadrinhos! Deveria haver um especial só com ele, hehehehe
Também haviam muitos cosplayers. Eu não poderia deixar passar uma Lady Oscar que apareceu no meio do meu caminho! Lamentavelmente, esqueci de perguntar o nome da moça! Espero que ela consiga convencer o marido - acho que era marido ... - a fazer um André Grandier!
O meu desenho do Afonsinho...
No final das contas... eu só lamento por não ter caído a minha ficha antes... Tenho um desenho único feito pelo Canini anos atrás. Só eu tenho!!! É um Zé Carioca velhinho!!! Matem-se de inveja! Mas.. eu poderia ter levado para a exposição do Canini...
Ah sim, eu já ia esquecendo... um dos grandes momentos da homenagem ao Canini - que teve apresentação do Fernando Ventura com seu TCC e mais infos e depoimentos dos amigos - foi também uma grata homenagem a esposa do artista: a senhora Lourdes. O casal é a personificação do dito popular: "por traz de um grande homem há uma grande mulher". É a Lourdes.
Enfim... espero voltar para Porto Alegre. Quem sabe para o Multiverso Comicon do ano que vem! Até lá... só precisarei do básico! Quem sabe? Sonhos possíveis são sempre bons de serem sonhados!
Por fim, devo colocar mais imagens no meu Facebook.

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Não é por 0,20... nem por Athena...

Não é por 0,20... nem por Athena...
Mas, pelo povo do Aldebaran!!!!
Só quem viu Cavaleiros do Zodíaco vai entender!

Imagem retirada do Facebook...

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Das manifestações: a favor, pero no mucho...

Navegantes!!! Já faz algum tempo que não teço considerações realmente sérias. Mas, a ocasião pede alguns comentários. As manifestações que estão ocorrendo por todo o país. Em especial, em São Paulo. Tem-se falado muito na rede, na TV a coisa descambou só para o Datena, e por aí vai...
Sinto-me me condições para falar porque, diferente de muito "manifestante online", eu pego metrô e ônibus todos os dias. Eu sei que o preço pago pela passagem é totalmente injusto. Conforme muitos comentários que coloco no meu Facebook, sei também dos absurdos que têm ocorrido neste país: no ano passado, tivemos greve de professores federais, nos últimos meses tivemos uma série de ocorridos com índios, bolsas que mais parecem produtos para compra de votos... Uma grana absurda gasta em estádios, enquanto saúde e educação minguam...
Daí, 20 centavos parece ser um motivo. Porém, sabemos que não é o único. São justas as manifestações? São. Porém, aqui fica alguns comentários aos manifestantes que, eventualmente, lerem este post. Não esperem desculpas da polícia. Polícia é polícia e raramente se desculpa. Estes foram violentos, sem noção, cometeram excessos em diversas manifestações.
Porém, no caso de São Paulo, seria interessante alguém perguntar para os próprios policiais porque tamanha truculência. Porque deve haver algum motivo muito forte para uma ação tão desmedida, não pode ser somente obediência... Qualquer explicação justifica a violência deles? Não. Mas, ao menos, poderíamos entender... Porque todo mundo tem chutado o pau na polícia, mas parece que as pessoas esquecem que sempre há motivações pessoais. E que eu, você, a polícia ou qualquer um, com um cacetete na mão, vira macho.
Já aos manifestantes, alguns pontos importantes: não saiam com paus, nem fogos de artifício, nem qualquer outro objeto. A população, de forma geral, está apoiando vocês. Mas, no momento que muitos de vocês saem armados, o movimento perde a credibilidade. A única arma que vocês devem usar são câmeras de celulares ou outras. Gravem tudo: tanto ação violenta da polícia quanto ações de manifestantes violentos. Por quê? Para saber quem está denigrindo a imagem das manifestações...
E, muito importante: não façam manifestação dentro de ônibus, tentando convencer cobradores e população ao não pagamento da passagem. O que muitos têm que entender é que o cobrador é um peão. O motorista é um peão. Existe um troço chamado "olheiro", que é uma pessoa paga pela empresa para observar o trabalho deles. Traduzindo: um dedo-duro. Um cobrador pode perder emprego se aliviar a passagem, porque um olheiro pode ter visto e passado a informação aos chefes. Entendam de vez: cobradores são trabalhadores, com contas para pagar, com uma vida e que precisam do emprego deles. Não adianta tentar convencer os caras...
E o mesmo vale para tumultos no transporte público. Você trabalha o dia inteiro, está cansado e quer voltar para casa. Quer descansar um pouco. O transporte já é uma porcaria, se alguém "causar" dentro de um ônibus, só vai deixar a todos mais estressados e e mais cansados, e contra o movimento. Não queiram lutar contra a natureza do cansado das pessoas. Sacaram? A população tem que ficar a favor, e não contra.
Por fim: saibam pelo quê vocês estão lutando. Não entrem em algo por moda, porque é legal. Não façam como muitos jovens fizeram na época dos "cara-pintada", em que muitos estavam  lá para "curtir". Saibam porque estão nas ruas. Como eu disse, a população está apoiando, mas, tem um limite. Que é o limite dela própria, população, não se sentir acuada. Nem pela polícia e nem pelos manifestantes...

domingo, 16 de junho de 2013

ANIMA INFO 1600

Animação 'Uma História de Amor e Fúria' ganha o Annecy


O filme Uma História de Amor e Fúria foi premiado como “melhor filme de animação” na competição oficial do Festival de Annecy, na França. Esta foi a primeira vez em que um longa brasileiro foi selecionado na mostra competitiva. Conhecido como o “Festival de Cannes da animação”, Annecy é um dos mais importantes eventos do gênero no mundo e acontece desde 1960. Neste ano, mais de 2500 desenhos animados foram inscritos no evento; apenas 13 foram selecionados para a mostra paralela e nove na competitiva.
O longa-metragem animado narra o amor entre Janaína e um guerreiro indígena que, ao morrer, assume a forma de um pássaro. Durante seis séculos, a história do casal sobrevive, atravessando quatro fases da história do Brasil: a colonização, a escravidão, o regime militar e o futuro, em 2096, quando haverá uma guerra pela água. Em todos estes períodos, os dois lutam contra a opressão. Veja detalhes do título neste artigo deste site.

quinta-feira, 13 de junho de 2013

ANIMA INFO 1599

Gate 7 chega ao Brasil pela NewPOP Editora

Chega ao Brasil a mais recente obra do grupo CLAMP, Gate 7. O grupo nos transporta para um mundo novo de seres sobrenaturais, sacerdotes e criaturas místicas japonesas. Uma chance única de conhecer Quioto e toda sua história.
No Brasil a obra será produzida pela NewPOP Editora, com tradução direta do japonês, formato original e páginas offset. A empresa já havia divulgado o título tempos atrás em suas redes sociais, mas só agora informa "oficialmente" a imprensa.
No Japão a obra é serializada na Jump Square desde 2000, a revista é casa de diversos mangás de fama internacional. Atualmente possui 4 volumes, mas ainda é publicado periodicamente a cada semestre no Japão. A série ainda não tem data de término e, consequentemente, deve ter periodicidade irregular no Brasil.

terça-feira, 11 de junho de 2013

ANIMA INFO 1598

Tommy dos "Power Rangers" vem ao Brasil pela primeira vez


A terceira edição do "#4FunFest" acontece no dia 7 de setembro no Carioca Club em São Paulo e terá a presença do ator e lutador de MMA: Jason David Frank. Conhecido por ter interpretado o personagem Tommy Oliver na série Mighty Morphin Power Rangers, Jason vem para o Brasil comemorar os 20 anos da série junto dos fãs brasileiros.
Desde a sua estreia em 1993, o personagem Tommy participou de seis séries distintas e dois longa-metragens, tendo vestido uniformes de quatro cores diferentes. E esses números aumentarão em breve, tendo em vista que o ator acaba de voltar da Nova Zelândia onde gravou uma participação especial na atual temporada da série Power Rangers Super Mega Force.
Para marcar sua primeira visita ao Brasil, Jason David Frank vestirá a armadura original do Green Ranger e mostrará suas habilidades no palco. Os fãs também poderão fazer perguntas e terão a chance única de tirar uma foto com o seu ídolo. Adriel de Almeida, mestre em artes marciais e velho conhecido dos fãs de seriados japoneses, também será uma das atrações do #4FunFest.
O "Jaspion Brasileiro" contará estórias de bastidores e curiosidades do circo "Tokyo Space", que foi sucesso de público no final dos anos 80 começo dos anos 90, e ainda presenteará os fãs com um vídeo exclusivo mostrando imagens inéditas de suas apresentações como Jaspion, Changeman, Flashman, Metalder e Cybercops. Os ingressos já à venda pela TicketBrasil.

ANIMA INFO 1597

Disney lançará game baseado em animação "Fantasia"

A Disney Interactive Studios anunciou que Fantasia: Music Evolved, um jogo musical de movimento inspirado pelo clássico animado Fantasia, estará disponível em 2014 para Xbox One® e Kinect™ para Xbox 360®. Desenvolvido pela Harmonix Music Systems, neste videogame os jogadores entram nos reinos mágicos de Fantasia, escolhidos pelo lendário feiticeiro Yen Sid para treinarem seus poderes musicais e mágicos como seus novos aprendizes. Fantasia: Music Evolved leva os jogadores a uma viagem por controle de movimento, através de mundos musicais.
Usando a tecnologia de controle por movimento Kinect e a jogabilidade natural, livre de controles, os jogadores controlarão o fluxo da música de alguns dos maiores sucessos da indústria, incluindo o DJ e produtor AVICII, o líder das paradas Bruno Mars e a realeza do rock Queen. Fantasia: Music Evolved dá aos jogadores o poder da criação para mudar as mixagens das suas músicas favoritas em tempo real, escolhendo entre a gravação original e novas versões remixadas. Ou adicionar camadas de música através de manipuladores, que lhes permite mudar a música de novas maneiras. O jogo tem mais de 25 artistas, cada uma com duas remixagens exclusivas, além da gravação original.

segunda-feira, 10 de junho de 2013

ANIMA INFO 1596

Panini lança HQ de Frank Miller pós 11 de setembro

Chega às livrarias de todo o país pela PANINI Books um dos mais recentes trabalhos de Frank Miller para os quadrinhos, inédito no mercado brasileiro. Trata-se de Holy Terror - Terror Sagrado, publicação em capa dura, com 124 páginas couché. Narra a brutal e desesperada jornada de um herói forçado a acabar com um exército de fanáticos assassinos a fim de impedir um crime contra a humanidade. O livro tem formato especial horizontal (30,5 x 23 cm), e preço sugerido de R$ 52,00.
Após um período de menor produção em HQs, dedicando-se a projetos cinematográficos, o campeão de vendas Frank Miller (Sin City, 300 e Batman: O Cavaleiro das Trevas) retorna com este violento drama criado no pós 11 de setembro. Na trama, há uma ameaça mortal em algum lugar de Empire City e o “Censor” tem apenas até o amanhecer para salvar sua cidade e a civilização como é conhecida. Após um atentado terrorista, a cidade está em perigo e muita gente precisa ser eliminada.

Fonte: press release

domingo, 9 de junho de 2013

Sailor Moon, JBC e as tais massas, sei...


Navegantes,
Hoje, a JBC fez seu evento em São Paulo, com a participação do público. Todos já sabem que a editora anunciou o mangá de Sailor Moon, além de Blue Exorcist. O fato é positivo porque Sailor Moon é, possivelmente, o último "mega hit" a chegar em terras tupiniquins. Ao menos, não me recordo de outro grande título (em vendas) a ser lançado. Havia um grande interesse tanto da JBC quanto da Panini pelo título. Foram anos e anos até a vinda das marinheiras da Lua.
Vi muitos comentários via Twitter e, certamente, quem melhor fez a cobertura foi o site Gyabbo. Tiveram paciência e rede para colocar as informações. Aqui, fica um registro: parte de meus comentários seguem com base nas informações deste site. E, o fato mais importante do evento, talvez, não tenha sido o anúncio de Sailor Moon - porque um dia isso iria acontecer seja por qual editora fosse - mas pelo início do evento em si.
Finalmente, algum interesse da editora no lançamento de mangá nacional, com seu concurso de mangás. Pelo que deu a entender, farão o tal concurso e lançarão um especial. Até aí, diversas editoras já fizeram o mesmo. Mas, segundo eles, haverá o apoio do governo japonês. Isso seria positivo se, não fosse um detalhe: será um lançamento esporádico ou algo contínuo? E, que eu me lembre... o Internacional Manga Awards é um evento aberto a qualquer um. Ou seja... é bom mesmo que venham mais detalhes sobre isso, porque ficou confuso.
Na verdade, o que me espantou foram alguns comentários na mesa redonda. Alguns fatos são verídicos: como o governo - entenda governos de todas as esferas, especialmente o federal - ser o grande pagador de livros e quadrinhos. Se o governo parar de comprar, parte do mercado editorial quebra. E isso é sério, porque grande parte do mercado é formado por didáticos. Houve algum comentário acerca de quadrinhos históricos. Esta é uma grande questão que já mencionei neste post. Um dos grandes problemas no Brasil é que quadrinhista não consegue entender a si próprio, vide seu povo, sua sociedade e sua cultura. Raros são quadrinhos históricos bons, como o caso do mangá de meu estudo acadêmico: Joaseiro.
Porém, acho que há um certo preciosismo em certos comentários, quiçá tolos. Dizer que se quer ver quadrinho como um produto de massa? Isso é dar algum tipo de esperança para o jovem que está começando e não entende de nada. Quadrinho foi - muito tempo atrás - produto de massa. Hoje, até novela tem sofrido em alcançar as massas como a Globo gostaria... Fazer certos comentários, sendo alguém importante no mercado é quase leviano...
Também escutei esta semana que o evento de hoje traria algo "revolucionário". Que o objetivo seria que um dia, mangá possa alcançar as massas. De novo, espanto-me com certos comentários. Ao menos que meu "Houaiss" esteja errado, revolução é uma "mudança radical, uma transformação súbita". Alguém me explica, por favor, que transformação o mercado de quadrinhos (mangás) sofreu com os anúncios de hoje?
Também temos o conceito de massa, que surgiu lá atrás com a escola de Frankfurt. "Massa" é um termo usado para designar um grande número de pessoas em uma indústria cultural. Historicamente, quadrinhos já foram produtos de massas no Brasil. No miolo do século XX. Não estou no mercado, não trabalho em nenhuma editora e nem faço quadrinhos - como já vi gente falar no Twitter e nas entrelinhas - mas tenho fontes muito boas para fazer meus comentários...
O termo "massa", hoje, é discutível. E não sou eu quem diz isso: são estudiosos da área da comunicação e social como Zygmunt Bauman, Stuart Hall, Pierre Lévy, Chris Anderson... Certo... eles são acadêmicos... Mas, será que representantes da Warner, Exim, Viacom entre outros, que também já mencionaram mudanças de comportamento da transitoriedade das massas para os segmentos também estão errados? Será que os diversos sites de marketing e comunicação estão errados - veja este artigo - em apontar quedas nas circulações de revistas de massas? O mercado de quadrinhos conseguiria ir contra a correnteza?
Tipo... vamos deixar de preciosismo e sejamos realistas. E por favor, não queiram denigrir meus comentários só porque "aquela pessoa não está mercado, não trabalha para nenhuma editora..." Porque "estou dentro deste mercado estando fora". Como meus leitores são inteligentes, eles entenderam exatamente a lógica do que acabei de escrever!
Assim, eu fico feliz pelo lançamento de Sailor Moon porque era algo esperado. Muito esperado mesmo... Fico feliz por Combo Rangers, cujo lançamento é 90% mérito do Fábio Yabu. Contudo gente, vamos colocar os pezinhos no chão: nada muda no mercado de mangás. Se alguma coisa mudar, é pelo exemplo que o Fábio Yabu deu em acreditar no próprio taco. E que um trabalho pode ser viável com outros recursos. Certo?
Por fim... A imagem deste artigo eu peguei da net. Não sei se é oficial ou um fanart. Só sei que é muito bonita!

sexta-feira, 7 de junho de 2013

ANIMA INFO 1595

Selena Gomez volta a viver Alex em "Os Feiticeiros" no Disney Channel


No domingo, 09 de junho, às 20h, o Disney Channel exibe a estreia de Os Feiticeiros Retornam: Alex vs. Alex, um especial da famosa série Os Feiticeiros de Waverly Place, em que o público pode curtir uma nova aventura protagonizada pela família Russo. A estrela teen Selena Gomez volta a interpretar Alex, a jovem feiticeira e, dessa vez, ela também atua como produtora executiva do episódio.
Neste spin-off, a família Russo e seus amigos viajam até Toscana, na Itália, para uma reunião familiar. Mas quando Alex tenta provar que ela é mais do que uma feiticeira sem muitas preocupações, sem querer, ela lança um feitiço que cria uma Alex Boazinha e outra Malvada. A aventura começa quando a Alex Malvada se envolve nos planos de um encantador feiticeiro que deseja dominar o mundo, fazendo com que a Alex Boazinha tenha que salvar a sua família e a humanidade.

Japão: O Reino dos Personagens, JBC e mais


Navegantes,
Esta foi uma semana muito positiva quanto a eventos. Um deles foi a cabine de Odeio o Dia dos Namorados. É um filme bem divertido e leve. Olhe a resenha abaixo e veja mais detalhes. Promete ser mais um sucesso do cinema nacional. E o melhor: sem nada grotesco ou violento. Bobo talvez, grotesco não...
Também houve a abertura da exposição JAPAN: Kingdom of Characters (Japão: O Reino dos Personagens). Eu já havia feito uma nota e agora vão alguns breves comentários e fotos. É uma exposição muito bonita e bem cuidada tanto pela Fundação Japão como pelo Sesc SP. A mesma é dividida em décadas, os banheiros estão tematizados. Há miniaturas, mas também há "estátuas" em tamanho real. Muito fofo o Pikachu (pequeno).
Além disso, é interessante pegar o informativo da exposição. Inclusive para entendê-la melhor. Primeiro, JAPAN: Kingdom of Characters (Japão: O Reino dos Personagens) está aqui em Sampa, mas posteriormente desembarca em outras capitais. Veja a relação no site acima. E, depois de passar pelas cidades daqui, nem adianta choramingar, porque vai para outros países da América Latina...
Fora estes dois compromissos haveria um terceiro: a apresentação da JBC no sábado. Neste eu não irei porque vou trabalhar no final de semana. Seria meio cansativo para mim sair de lá e ir correndo ao meu trabalho... Eles ficaram de divulgar uma "bomba". E espero que realmente seja algo inovador. Certamente, quem for vai "twittar" super rapidão, mas vou saber só à noite talvez...

Para mim, o rumo do anime no Brasil é claro: Crunchyroll e Netflix. Para o mercado de mangás ainda não cheguei um consenso comigo e meus botões. Posso estar errada, espero estar errada. Mas, o rumo que parte do mercado de mangás tem tomado é muito perigoso e isso eu nunca neguei. Quem for, faça comentários no Twitter. Espero poder ver o que a editora tem a dizer no meio do meu dia...
Por fim, uma última coisinha... Dia 21 haverá uma mega coletiva que me deixou feliz e triste. Feliz por ser uma ação relativamente nova no mercado o que será a coletiva. Triste porque não poderei ir. Penso seriamente em pagar alguém para representar este site e fazer uma matéria. Algum candidato? Tem que morar na grande São Paulo, saber escrever conforme os artigos do Papo de Budega e ver "series". Alguém? E isso não é uma promessa, mas uma possibilidade...

quarta-feira, 5 de junho de 2013

ANIMA INFO 1594 - Especial

Odeio o Dia dos Namorados


Faltando uma semana para o "Dia dos Namorados", Odeio o Dia dos Namorados estreia na próxima sexta-feira em circuito nacional. Conta a história de Débora Ferrão (Heloísa Périssé), uma ambiciosa publicitária em início de carreira, que abandona o namorado, Heitor (Daniel Boaventura), para se dedicar à sua vida profissional.
Em pleno "Dia dos Namorados", Débora é pega de surpresa com o pedido de casamento de Heitor, mas, além de recusar, termina o relacionamento para trabalhar numa agência no Japão. Quinze anos depois, Débora é uma profissional bem-sucedida, responsável por uma importante conta da agência em que trabalha. O que ela não poderia imaginar é que Heitor é o diretor de marketing da empresa cuja conta a agência disputa.
Após o inesperado encontro, um acidente leva Débora a rever toda a sua existência. Com a ajuda do fantasma de seu amigo Gilberto (Marcelo Saback), ela volta ao passado, vê como é realmente o seu presente e visita seu futuro, para voltar a dar valor às coisas essenciais de sua vida.

Este longa-metragem nacional segue um pouco a linha de Se Eu Fosse Você ou, principalmente, O Homem do Futuro. É possível dar boas risadas. Não é necessário esperar nada sério, até porque este é daquele filmes que, desde o primeiro minuto, já sabemos o final. Talvez o ponto mais forte do longa-metragem sejam as referências temporais. Quem tem menos de 30 anos pode não entender a importância de "Menudos", de certas falas, como a que tem a ver com o filme Ghost - do Outro Lado da Vida.
Após uma participação insossa na novela "Avenida Brasil", Heloísa Périssé retorna às suas origens cômicas, naquilo que ela melhor sabe fazer. O filme também traz no elenco as participações de André Mattos, Danielle Winits, Fernando Caruso, Daniele Valente, Júlia Rabello e MV Bill.

ANIMA INFO 1593

Professor brasileiro na programação da Rádio Japão NHK

Muita gente não sabe que a NHK - única emissora pública do Japão - tem uma versão de notícias em português. Além do site, que pode ser acessado neste link, há uma rádio online, também acessível no mesmo site. E, nesta quinta-feira, dia 05, haverá a participação de Rodrigo Igi de Freitas. Será possível conhecer a história do primeiro professor brasileiro da escola pública da província de Aichi. Suas experiências e percepções na cultura de um país distante. Outras notícias sobre o Japão podem ser vistas no link acima.

terça-feira, 4 de junho de 2013

Kotoura-san 琴浦さん vai virar um clássico?


Navegantes,
Sigo com mais comentários sobre animes que estou vendo. Sim, são animes disponíveis no Crunchyroll. Desta vez, o título é Kotoura-san 琴浦さん (clique o link anterior). Primeiramente, gostaria de dizer que pretendo ver animes mais curtos. O motivo é simples: não me comprometo com títulos muito longos, o que leva um certo tempo...
Kotoura-san traz a história de Haruka Kotoura, uma jovem que tem poderes paranormais e consegue ler a mente das pessoas. Por causa deste poder, ela acaba ficando sozinha por muito tempo, só encontrando amigos anos depois. Um deles é o tarado Yoshihisa Manabe, que sempre tem pensamentos obscenos, além de ser meio tonto mesmo.
Com este enredo, percebe-se que a história não é nada complicada. É fácil de entender. Porém, vale frisar que o primeiro episódio choca um pouco. Mas, só o primeiro, os demais são suaves e cômicos. Também vale frisar que a presença do avô de Kotoura incomoda um pouco. Há muitos velhos como ele no mundo, que lastimavelmente, vão as vias de fato. Tirando este elemento da história, Kotoura-san 琴浦さん é uma animação divertida de ver. Ponto positivo também para a música de Yasuhiro Misawa 三澤 康広. É bem possível que eu volte a falar dele, já que o próximo anime que pretendo ver é Kokoro Connect, que ele também fez o instrumental. Ah sim... Kotoura-san 琴浦さん é baseado em um mangá de mesmo título. Maneiro? Sim, maneiro. Porém, não espere uma obra que se tornará um clássico...

domingo, 2 de junho de 2013

Aquele tal diploma de jornalista...

Navegantes,
Quem visita este blog há anos deve ter percebido algumas pequenas mudanças de ideias desta que vos escreve ao longo dos tempos. Deixei de ser um tanto quanto radical em alguns pontos. Talvez isso seja a idade... Ou algum tipo de "evolução"... Ou, talvez porque meus interesses mudaram mesmo.
Desde 2009, eu tinha colocado uma imagem em defesa do diploma de jornalista nas barras laterais. Tire-a. Durante algum tempo, meditei em tirá-la ou não. Fiz agora depois de ler este grande texto do professor Eugênio Bucci. Não concordo com parte do escrito dele, que dá a entender que os jornalistas foram coniventes com a ditadura. Muita gente hoje é conivente com um outro tipo de ditadura, a ditadura das ideias... Se aquele regime totalitário voltasse, jornalistas formados e não formados seriam coniventes. Isso independe do diploma.
Hoje, em 2013, talvez o diploma não deva ser o foco do problema. Mas, sim esta educação pífia que temos desde o ensino fundamental até a universidade. E, não somente isso: o fato de muita gente - inclusive jornalista formados - serem sumariamente "comprados sabe-se lá com que verbas"... Sim, gente que defende mortalmente posições que são contra, no final das contas, o Código de Ética dos Jornalistas.
Muitas pessoas não formadas são jornalistas sim. Contudo, nem todo mundo que escreve textos diversos ou resenhas podem ser considerados jornalistas. Ser jornalista é algo que vai além do ato de ser escritor. Para mim, é alguém que deveria sentir ser (e realmente ser) útil a sociedade em algum nível, querer conscientizar. E isso é bem diferente de manipular.
Quem almeja ser jornalista, deveria pensar um pouco nestas coisas. Hoje, no final das contas, sinto-me jornalista pelo diploma, sim.. .Mas, porque acho que devo mostrar coisas positivas para a sociedade. Mesmo que para isso, eu deva apontar equívocos. Neste ponto, a internet ajudou a "libertar". E, infelizmente, jornalistas formados e pretensos jornalistas não entenderam ainda o que é este meio.
E, no final, ao longo destes anos, uma triste constatação: o ego gigantesco que eu imaginava existir só com os formados, também existe com os que "vendidos" (em todas as áreas), porque estes se sentem como os privilegiados de certas informações pura e simplesmente por serem "vendidos". Triste constatação. E, lamentavelmente, é algo que nunca mudará.
Ao menos, de minha parte, saibam: estou meio que aos trancos e barrancos, tentado fazer minha parte. Quando tenho tempo e paciência. Coisas que muitas vezes faltam... E sim, leiam o texto do link acima. Porque aos poucos, o Brasil tem sofridos sumários golpes... Que a sociedade se atente com o que realmente importa...

Atividades "animásticas" em junho...


Navegantes,
Chegamos praticamente na metade do ano!. Para mim, o mês de junho será de muitas atividades. Espero que a coisa se mantenha assim, com ações positivas. Esta semana, por exemplo, tenho uma cabine e um coquetel, ambos bem interessantes e que pretendo ir. Também, pretendo dar início a um projeto, desejem-me sorte!
Na segunda semana de junho, farei a defesa do meu artigo acadêmico, do mangá Joaseiro. Estou um tanto ansiosa, mas espero que dê tudo certinho... Outras coisas a fazer? Sim, pretendo, finalmente, comprar o box da série clássica de Cavaleiros do Zodíaco. Posso demorar a comprar coisas do gênero, mas compro!!!
Já estou na fase de demonstração do Crunchyroll. Pretendo ver mais animes do que ler mangás, ultimamente. O motivo é simples: não tenho lá muito tempo de ler, e quando tenho, prefiro ler livros. Mangás, como eu disse, devo completar Ranma 1/2 e começar Bleach em breve, quando sobrar uma grana... Enfim... Aos leitores interessados em minha atividades "animásticas" atuais, é isso! Depois retorno com notas e uma resenha sobre Kotoura-san.
Abraços em todos!
←  Anterior Proxima  → Inicio