Desejo: Boas Festas...

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Um ano de Crunchyroll com One Piece, Cavaleiros do Zodíaco Omega e mais

Toda sexta-feira, o Papo de Budega faz resenhas de animes. Porém, hoje, teremos um artigo sobre o "um ano de operação" do Crunchyroll no Brasil. Ao longo dos anos, os leitores deste site sabem que sempre demos apoio aos veículos e empresas que lançam títulos oficiais. E, o Crunchyroll é um destes veículos de comunicação que tem uma atuação interessante em nosso país.
São diversos animes na grade de exibição do site, alguns muito populares, outros nem tanto e ainda, exibições simultâneas. Neste mês também foram inclusos os lançamentos de mangás. Entramos em contato com o Crunchyroll, para que este relatasse a participação de nosso país no mercado. Para a companhia,
O Brasil sempre foi um mercado importante. É preciso lembrar que serviços legais no país são escaços. Os mangás lançados pelas editoras estão ganhando cada vez mais popularidade, mas há muitos títulos que não estão disponíveis e talvez nunca estejam. O mercado de DVD parece estar morto também, a Playarte pode bem ser a única companhia ativa de momento. Temos visto um interesse cada vez maior por parte do público, mas esperamos que para o nosso próximo aniversário, tenhamos superado as expectativas iniciais que temos em mente para o Brasil.
Também perguntamos sobre a relação do site com a Toei Animation. Pois, neste um ano de Crunchyroll no Brasil, dois anúncios foram muito importantes: One Piece ワンピース e Cavaleiros do Zodíaco Omega 聖闘士星矢Ω.
Finalmente conseguimos fechar contratos com a Toei e incluir outras regiões que não só as de língua inglesa. Isto só foi possível devido ao apoio incondicional da nossa base de usuários e obviamente da demanda gigante que as duas franquias possuem nos territórios por ora adquiridos. Se será possível que a Toei Animation continue a licenciar mais títulos na América Latina, certamente dependerá dos fãs de anime e do seu apoio à indústria.
Porém, no momento, a veiculação de Cavaleiros do Zodíaco Omega não será simultânea, como ocorrem com outros animes da grade, pois
(...)uma vez que o contrato só nos permite fazer o lançamento do anime no horário atual, geralmente é muito difícil mudar depois de fechado o acordo. O mesmo não é verdade para One Piece, o qual estamos a negociar o lançamento latino-americano em simultâneo com o lançamento americano. Se teremos sucesso, só saberemos com o tempo.
Quanto aos futuros lançamentos, ainda é cedo, mas o CR tem total interesse em veicular outros animes da Toei Animation, entre eles o novo Sailor Moon.
​Depois de finalmente conseguirmos que a Toei licencie mais títulos com a Crunchyroll, achamos que será mais fácil ter em nosso acervo os animes que eles possuem, inclusive os títulos que ainda vão ter o seu lançamento (vide o novo anime de Sailor Moon, a franquia Precure, entre outros). No entanto, neste tipo de negociações não há certezas, pois muitos fatores entram na hora do licenciamento.​ (...) afirmamos que temos sim o olho em Sailor Moon.
Como não poderia deixar de ser, também perguntamos como o Crunchyroll vê a ação dos fansubbers que ainda têm disponíveis animes que o site possui no catálogo.

Nós acreditamos que os fansubbers têm boas intenções pelo menos 50% do tempo. Afinal de contas, é (ou deveria ser) um trabalho de fã para fã e sem eles não teria sido possível que outros fãs de anime conseguissem assistir a muitas das séries que agora levam no seu coração. Por que o "50% do tempo"? Porque quando os grupos começam a misturar donativos no serviço e começam a vender DVD/BDs piratas e produtos não licenciados, aí pomos em causa as intenções dos mesmos. Esperamos que muitos dos fansubs cessem as suas atividades ou pelo menos não atrapalhem uma obra já licenciada e presente legalmente. Achamos que é um insulto e uma falta de respeito para as produtoras quando um anime é licenciado no país e ainda assim há fansubs que decidem legendar a série e quebrar a estabilidade da base de usuários que de outro modo assistiria por métodos legais. É importante que os fãs apoiem o serviço para que assim os produtores, os detentores dos direitos e as distribuidoras de conteúdo recebam as receitas geradas pelos assinantes, pois disto depende outras produções e futuros licenciamentos na região.
O Papo de Budega teve a oportunidade de ver Cavaleiros do Zodíaco Omega 聖闘士星矢Ω Via Crunchyroll e podemos dizer - como os demais animes do site - que há uma ótima imagem e boas legendas. A versão dublada, contudo, é única e exclusivamente da Playarte. Ou seja, para se ver a versão dublada, é necessário PARAR os compartilhamentos do anime na net, para que o mesmo possa ter bom êxito e a Playarte continuar a ter interesse nos lançamentos de DVDs e Blu-rays.

←  Anterior Proxima  → Inicio

9 comentários:

Kyo disse...

Ainda estou esperando as legendas em PT-BR em Saint Seiya Omega, já que no momento, somente em inglês

Sandra Monte disse...

Uai... Eu vi com legenda em português... O_O

Paulo Seiya disse...

De quantos episódios/semanas será o atraso com relação ao Japão, Sandra?

Sandra Monte disse...

Nenhum... O episódio que está no ar atualmente é o 78. O "atraso" em questão são de 4 dias...

Ele estão colocando aos poucos, os episódios anteriores.

John's Chronicles disse...

Se colocarem Sailor Moon eu assino em 1 segundo....

Patrick Raymundo disse...

Kyo, algumas vezes o capítulo demora a sair com as legendas certas, mas eles consertam isso rapidinho. É questão de pouco tempo.

Sobre a quantidade de DVDs no nosso mercado, a Playarte não está sozinha. Temos a Flashstar, a Califórnia (The Wind Rises), a Diamond (DBZ), a Europa (A Magia do Tempo) e outras. O que acontece é que estas empresas adquirem se veem um mercado aquecido, ou seja, que as pessoas comprem. Se elas compram, mais distribuidoras trazem produtos.

Sobre o CR, estou gostando muito do serviço e espero que os fãs brasileiros apoiem essa ideia genial, porque é o único jeito de ter animês oficialmente no Brasil e reabrir outros mercados, que antes estavam fechados. Tudo se resume a palavra "mercado".

É importante o apoio do verdadeiro fã, porque promove essa mudança.

Kyo disse...

Ah, só o episódio mais recente está com legendas em português, todos os outros apenas em inglês.

Natália Maria disse...

Legal isso. Pena que ainda não estou em condições de assistir pelo Crunchyroll, já que me encontro no episódio 40 (ainda).

O Crunchyroll se tornou nossa única opção de assistir anime legalmente, já que a TV a muito está fora!

Obrigada por nos manter informados.

Victor Martins (desabadevaneios.blogspot) disse...

Precisamos nos alertar também com os nossos hábitos em querer tudo facilmente.Para se ter mais produto no país é preciso também que respeitemos as distribuições.Queremos dublado,queremos imagens perfeitas,mas não queremos comprar o produto licenciado,vendido legalmente.