Desejo: Boas Festas...

terça-feira, 5 de novembro de 2013

A amiga, um bando de berserks e um dragão com coração partido...

O Papo de Budega segue com as resenhas da série de livros Como treinar o seu dragão, obras de deram origem ao filme de mesmo título. Em Como partir o coração de um dragão, Soluço está bastante ocupado: tem que conseguir completar a tarefa impossível, derrotar os Berserks, salvar Perna-de-peixe de virar comida de monstro e, ainda por cima, descobrir o secretíssimo segredo do Trono Perdido.
Como se não houvesse mais nada, ainda falta um detalhe: Camicazi, a amiga ladra do garoto sumiu e tudo começa por conta deste fato inicial. Afinal, ela é a "jovem ladra pequena, que saracoteia irritando o oponente, que ninguém nunca viu ou ouvir falar". Ou seja, a vida de Soluço continua muito complicada e, mais uma vez, ele terá que mostrar porque é o maior viking de todos os tempos. O rapaz contra tudo isso e contra seu maior inimigo.
Como partir o coração de um dragão inicia a possível grande aventura de Soluço e põe em evidencia a origem do herói e do amigo dele, o Perna-de-Peixe. A obra de Cressinda Cowell continua com um texto leve, fácil de ler. Porém, tem tomado aos poucos um ar mais sério. Talvez por acompanhar a evolução etária do público original, o juvenil. É possível ler ao primeiro capítulo de Como partir o coração de um dragão acessando este link. Vale frisar que originalmente, o livro fora lançado em agosto de 2012.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários: