Desejo: Boas Festas...

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Homem de Ferro (アイアンマン), é um anime visualmente bom, mas...

O "Papo de Budega" segue com mais uma resenha de anime. Desta vez, a versão anime de Homem de Ferro (アイアンマン). O título é uma co-produção da Marvel Studios, com a animação da Madhouse Studio. A direção é de Takeshi Koike e Yuzo Sato. Ambos já foram animadores principais de diversos outros títulos. O anime foi produzido em 2010.
Na história, Tony Stark vai ao Japão com o intuito de montar uma Estação Arc como o primeiro passo da sua Iniciativa de Paz Mundial. Perante todos os cidadãos japoneses, ele anuncia seu novo modelo de Homem de Ferro, o Homem de Ferro Dio, com ele pilotando. Entretanto, durante a demonstração, Dio pifa devido a um vírus misterioso no sistema operacional.
Mais tarde no Laboratório 23, a armadura Dio toma controle de seu piloto humano e começa a atacar o local. Tony é forçado a vestir sua armadura original do Homem de Ferro e perseguir Dio. Antes que ele recupere o fôlego, o guerreiro Mech Scorpio da Zodiac aparece. Stark terá que lutar contra a organização e contra seu próprio passado.
O que se pode dizer é que plasticamente, Homem de Ferro (アイアンマン) é um bom anime, com bons desenhos de personagens, boa animação. Tem um bom roteiro. O argumento é um tanto quanto meloso para os moldes do heróis. O Tony desta animação é quase um herói japonês mesmo, o que o descaracteriza um pouco. Daí, o título pode causar um certo estranhamento, pois, parece ser diferente da obra original americana, e diferente dos filmes com o Robert Downey Jr.
Aqui, fica uma ressalva. a animação foi vista pelo site Crackle. É um site streaming - como o Netflix ou Crunchyroll - só que gratuito. A imagem é excelente. Contudo, há um problema grave neste site. Propagandas no meio da transmissão. Não há como fugir delas. Se não fosse isso, daria para dizer é que uma transmissão excelente. Há versões no original e dublada para visualização. Inclusive, No final do anime há os nomes os dubladores brasileiros. Vale lembrar que é interessante ver os títulos o quão antes no Crackle, pois o site não os deixa disponível "eternamente".
←  Anterior Proxima  → Inicio

3 comentários:

Victor Hugo Carballo disse...

Eu vi esse anime, comprei na Liberdade o DVD com a temporada inteira. Achei muito bom, fizeram um arco decente, um ótimo trabalho com as partes de armaduras e robôs, realmente, não deixa a dever em nada.

Já o longa metragem em anime, aquele que tem o Justiceiro, de tão noir chega a ser depressivo, foi difícil de assistir completo.

Victor Martins disse...

Eu ainda tenho uma certa resistência com as versões criadas de um produto pronto.Sei que no mundo do entretenimento,sempre é preciso buscar alternativas e nomes fortes para se criar algo já existente.Mas quem sabe dou uma espiada...

Rafael S disse...

comercial é inevitável mesmo hehe. afinal eles precisam tirar lucros com a exibição do anime que no minha opinião esta saindo mais lucrativa pra sony no crackle do que no finado Animax.

Gostei da resenha Sandra. verei este anime fingindo ser um Metal Hero japoneses legitimo e não o herói americano Homem de Ferro.