Desejo: Boas Festas...

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Red Luna - a biblioteca do czar, um livro para se divertir e estudar?

Navegantes,
Este ano, prometi que faria resenhas de livros para que meus leitores tenham ideia do que pode ser interessante ler. Contudo, o tempo foi passando e esqueci desta promessa. Bem, assim como fiquei de fazer - e estou fazendo - resenhas toda sexta-feira de animes, deixarei as terças para fazer as resenhas de livros. Porém, abrirei uma exceção e colocarei hoje por um grande motivo... Nove anos atrás surgia este site que se apresenta aqui. Com seus altos e baixos, o Papo de Budega está há nove anos online!!!
Para recomeçar as resenhas de livros, tecerei comentários de um título que está em minhas mãos desde o início do ano. Comecei, parei, comecei, parei novamente por diversos motivos... Até que recentemente peguei firme até terminá-lo. Trata-se de Red Luna - a biblioteca do czar. A obra é de co-autoria de Gabriel Morato e Marcos Inoue, lançamento da editora Gutenberg.
Na história, Miguel é um jovem taverneiro na pequena cidade de St. Jean de Luz, localizada no país Basco. Dotado de uma mente prodigiosa, seu lugar favorito é a biblioteca de seu tio Lasko, que contém livros e relíquias coletadas das viagens que fez pelo mundo. Linguista renomado e arqueólogo, Lasko finca raízes na cidade para criar seu sobrinho órfão, mas quando Miguel completa 16 anos, sente que deve retomar sua “grande aventura” e partir.
Sempre à espera de notícias do tio, Miguel recebe a visita de um Varni chamado Fleam, que se apresenta como um velho colega de Lasko em busca de um misterioso mapa. Alisa, uma espadachim de cabelos vermelhos, estava à espreita de Fleam e luta com ele pela posse do documento. Fracassa em impedir que ele fuja com o mapa, mas fica com sua bolsa, que contém o diário encriptado de Lasko. Apenas Miguel pode decifrar. Guiados pelas informações do diário, a dupla viaja até a Rússia, onde a “grande aventura” de Lasko revela ser a busca por uma biblioteca secreta escondida na vasta rede de túneis subterrâneos de Moscou.
Red Luna - a biblioteca do czar é um bom livro de aventura, com uma mistura de magia e um certo realismo assustador. A magia fica por conta de elementos "vampirescos" e outras criaturas. O realismo se dá em algumas cenas, especialmente as de guerra. Para quem estudou um pouco de História, fica quase nítida que certas cenas tiveram caráter real. Segundo o autor Marcos Inoue, algumas sequências trazem alguns dos elementos históricos,
Vários elementos históricos foram usados pra compor a trama, especialmente o cenário da invasão napoleônica à Russia. Particularmente nos capítulos que mostram o saque de Moscou, me baseei em depoimentos históricos de soldados. Quando Alisa se disfarça para Napoleão, oferecendo para baixar um sino de uma torre de catedral, parece que este é se não um fato histórico, pelo menos uma lenda bastante conhecida por lá.
Os dois primeiros capítulos são bem introdutórios - característica própria de obras bem descritivas como as de Júlio Verne - o que pode causar um pouco de cansaço na leitura inicial. Contudo, o livro engrena e uma jornada de herói, em que figura masculina de Miguel não chama tanto a atenção. Mas, sim a figura de Alisa. Uma jovem forte, que beira a arrogância aparente, mas que em verdade, deseja o que muita gente no mundo real tenta e não consegue.
Este é o primeiro título de uma trilogia. Os próximos livros são independentes; o segundo, cujo nome ainda pode ser alterado, mostrará deuses-vampiros hindus. O terceiro, o "Mestre Tatuador", vai mostrar um pouco das gangues urbanas asiáticas: a yakuza e as tríades chinesas.
Espera-se que a obra possa dar bons frutos, pois os autores fecharam uma parceria com uma produtora e em 2014 haverá o lançamento de cards games de Red Luna. Há também uma HQ online com aproximadamente 100 páginas. Assim, a série Red Luna promete ser muito mais que um livro, todavia, o primeiro pontapé foi dado com a "Biblioteca do Czar".
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários: