Desejo: Boas Festas...

terça-feira, 17 de setembro de 2013

ANIMA INFO 1618

JBC lança mangá sobre futebol

A editora JBC traz o primeiro mangá de futebol lançado no Brasil: Super Onze (Inazuma Eleven). O título vem com um número de páginas e formato semelhante aos quadrinhos da Disney e outros "gibis" no mercado. A HQ japonesa chegará em breve e será publicada com número de páginas que variam de 50 a 84 páginas, ao preço de R$ 4,90, será quinzenal neste primeiro momento e terá um total de 34 edições. O formato será o 13,5 x 20,5.
O que ainda faz o título parecer um mangá é a leitura oriental. Super Onze originalmente surgiu omo game lançado para Nintendo DS em 2008. De lá pra cá, a franquia já rendeu mais de cinco títulos para consoles portáteis e caseiros, além de adaptações para mangá e animê, este último exibido no Brasil pela Rede TV. Agora, basta saber se um mangá sobre futebol agradará em um país tão apaixonado por este esporte.
←  Anterior Proxima  → Inicio

4 comentários:

ze disse...

Achei uma iniciativa interessante da JBC. Mas como já comentei com o Cássius Medauar, é mais por tentar chamar um público novo mesmo, com um formato mais barato e voltado a uma faixa etária mais baixa que o habitual, porque em termos de futebol... A editora discorda, mas muita gente diz (e eu concordo em parte) que esse mangá é mais sobre super-poderes do que futebol. Tomara que tenham sucesso, mas eu gostaria de ver por aqui (acho que também traria público e aproveitaria o momento) o mangá de futebol (esse sim muito bem focado no esporte bretão) Giant Killing...

Renato Urameshi disse...

Gostei da ideia. Estão tentando aproximar um público maior e diversificado para as HQ's japonesas.

Nekomimi disse...

As fujoshis, fudanshis e demais interessados no mangá do Super onze já estão correndo às bancas para comprarem o seu exemplar.
Já o público infanto-juvenil (se caso esse público tiver sido informado adequadamente sobre o lançamento), vão ter de se acostumar a ver garotas mais velhas e até jovens mulheres comprando o mangá, se bem que, no caso delas, é por outros motivos que não têm nada a ver com a história ou o esporte...

ze disse...

Nekomimi:
SÉRIO? Com SUPER ONZE??? SÉRIO MESMO???
Que mercado esse das fujoshi hein? hasuashusah