Desejo: Boas Festas...

quinta-feira, 11 de julho de 2013

O anime perdido: Saint Seiya: Lost Canvas (聖闘士星矢 THE LOST CANVAS 冥王神話)...

Navegantes, chegou a hora de eu falar de um dos animes mais interessantes da atualidade, que lastimavelmente e até agora, ficará incompleto: Saint Seiya: Lost Canvas (聖闘士星矢 THE LOST CANVAS 冥王神話), ou como também é conhecido no Brasil: Cavaleiros do Zodíaco: Lost Canvas.
Demorei anos para ver por vários motivos: falta de interesse, falta de tempo, falta de grana para comprar os DVDs originais... Porém, comprei o box da FlashStar e o que posso dizer é: muito bom o anime. Saint Seiya: Lost Canvas (聖闘士星矢 THE LOST CANVAS 冥王神話) foi muito bem trabalhado tecnicamente.
Talvez por seguir uma linha "antiga", contudo, com as novas tecnologias e afins, o anime nem parece ser feito com seus prováveis 18 quadros por segundo. Sim, normalmente animes são feitos em 18 ou 20 quadros por segundo. Para se ter ideia, todos da Disney ou Dreamworks são feitos em 24 quadros por segundo. Enfim... Talvez o que ajude e muito a termos esta impressão de "bem feito" seja a escolha da equipe de produção tão gabaritada.
A direção é Osamu NABESHIMA 鍋島 修, que chegou neste cargo, mas antes passou por diversas etapas de produção de animes consagrados. Foi "animador principal de Akira e Detective Conan, além de ter feito storyboard, animação e direção de tantos outros. Outra figura importante que tem mais a ver com a parte "humana" da obra é Kaoru WADA 和田 薫. O artista fez a música instrumental do título. O fato curioso é que muitas das melodias lembram outra animação com música de WADA: InuYasha. Lembra muito mesmo.
Como eu disse, demorei anos para ver este anime. Decidi - em meio a tantos amores e ódios - comprar o DVD nacional. Uma grata surpresa, especialmente da versão brasileira do estúdio Dubrasil. Algumas vozes ficaram especialmente boas, como do Asmita - Marco Antônio Costa -, ou do Albafica - Ricardo Schnetzer.
Ah sim, claro... Não dá para negar também que alguns pontos da história são mais bem amarrados do que na versão clássica. E, a Athena de 200 anos atrás, a Sasha, é mais pró-ativa que a Athena dos tempos atuais. Curioso isso. Enfim... gostei muito, muito mesmo. Eu até poderia ir atrás e ver em fansubbers, mas prefiro esperar e comprar a segunda temporada que sairá em breve em DVD. Até porque, como falei, a dublagem é fantástica.
Pena que mesmo com uma produção tão primoroza, a produtora TMS não teve lucro e até o momento, não fechará a obra. Ou seja, não teremos o desfecho, a terceira temporada. Infelizmente, as coisas são assim mesmo. O mundo é capitalista. Mas, que é uma pena, isso é.
←  Anterior Proxima  → Inicio

6 comentários:

L.Karina disse...

Eu ainda não vi nenhuma dessas outras animações de Cavaleiros do Zodíaco. Vou tentar ver qualquer dia.

Patrick Raymundo disse...

Lost Canvas é um trabalho que merecia ter uma conclusão. Mesmo que fosse em formato de movie, com 1H30m, já dava para realizar um bom desfecho. ainda espero para ver se a TMS não vai realizar um crowdfunding sobre isso. Little Witch Academia 2 está com um crowdfunding que já ultrapassou 300.000 dólares e deve chegar perto de 500K ou, quem sabe, 1 milhão. Se a TMS fizesse um crowdfunding, um movie seria possível.

Já a série é uma das melhores já trabalhada para a franquia. Uma pena, realmente, que não tenha final.

Mônica de Mattos disse...

Oi, Sandra! Tudo bem? Acompanho seu blog há algum tempo e decidi tecer um comentário assim que vi algo que me interessou e no qual partilho da mesma opinião que a sua.

Lembro que quando comprei o box da primeira temporada (em 2010), eu nem sabia que já estava dublado, pois fazia tempo que não lia nada a respeito de CDZ e quando comecei a assistir, eu adorei, achei fantástico. A história e os cavaleiros de ouro são maravilhosos. Não dá para escolher um favorito, pois todos são carismáticos à sua maneira.

Minha ansiedade foi tanta que comprei os volumes do mangá de uma vez só, apenas para saber o desenrolar da história. É uma pena que foi descontinuado. Só nos sobrou os Gaiden (mangá) e a segunda temporada dublada (que eu ainda não acompanhei).

Enfim, é isso. Parabéns pelo blog e espero que vc curta mais animes.

Mônica de Mattos disse...

Oi, Sandra! Tudo bem? Acompanho seu blog há algum tempo e decidi tecer um comentário assim que vi algo que me interessou e no qual partilho da mesma opinião que a sua.

Lembro que quando comprei o box da primeira temporada (em 2010), eu nem sabia que já estava dublado, pois fazia tempo que não lia nada a respeito de CDZ e quando comecei a assistir, eu adorei, achei fantástico. A história e os cavaleiros de ouro são maravilhosos. Não dá para escolher um favorito, pois todos são carismáticos à sua maneira.

Minha ansiedade foi tanta que comprei os volumes do mangá de uma vez só, apenas para saber o desenrolar da história. É uma pena que foi descontinuado. Só nos sobrou os Gaiden (mangá) e a segunda temporada dublada (que eu ainda não acompanhei).

Enfim, é isso. Parabéns pelo blog e espero que vc curta mais animes.

Natália Maria disse...

Realmente, The Lost Canvas é ótimo1!
Eu estou vendo via fansub, porque não vou aguentar esperar o DVD brasileiro sair e ficar um pouco mais barato (comprei a primeira temporada em ótimas promoções).

É uma pena que ficaremos a ver navio com essa terceira temporada. =/

Incrível, que uma amiga, que não gosta muito adorou essa animação.

E essa dublagem mostra que a dublagem brasileira é realmente boa!!

Assim que eu terminar de assistir, pretendo fazer um texto sobre...

Até mais

Anônimo disse...

Aff a 3ª temporada ainda não foi lançada graças à uma disputa judicial entre a TOEI e a TMS, e especula-se que inclusive já esteja pronta!