Desejo: Boas Festas...

domingo, 29 de janeiro de 2012

ANIMA INFO 1502

Megasônicos, nova HQ nacional

Esta semana foi lançada uma nova história em quadrinho nacional: Megasônicos. Este primeiro volume tem seis capítulos compilados em 112 páginas em um formato digital. A história traz um grupo de amigos que faz esportes radicais e se envolvem com pequenos seres de outro planeta, tornado-se os defensores da TERRA. E, o autor Valu Vasconcelos nos informou que o segundo número já está em produção. Veja como adquirir no link acima.


ANIMA INFO 1501

Lançamento de livro no Dia do Quadrinho Nacional em Recife

Nesta próxima segunda, 30 de janeiro, o Brasil comemora o Dia do Quadrinho Nacional. A data faz alusão a publicação de As Aventuras de Nho Quim, o primeiro quadrinho no Brasil do Ítalo-brasileiro Angelo Agostini, publicado em 1869.
Às 19h do dia em questão, no auditório da Livraria Cultura (Reciefe) acontece uma palestra sobre “O que é Quadrinho Nacional?” ministrada pelo sociólogo e professor da Universidade Federal de Alagoas, Amaro Braga.
“Os quadrinhos estão diretamente relacionados à cultura de onde foram produzidos. São produtos de uma representação social. Já sabemos que representam a cultura do país, como é o caso dos Comics nos EUA e dos Mangás no Japão. Isso levanta a questão: quais as características do quadrinho brasileiro? HQs feitos por estrangeiros no Brasil, são nacionais? Brasileiros imitando os traços do mangá e do comic são nacionais? As respostas parecem simples, mais não são”, revela o professor.
Após a palestra será lançado o livro “Desvendando o Mangá Nacional” de autoria do sociólogo, fruto de uma pesquisa sobre os quadrinhos feitos no Brasil que se utilizam do desenho japonês.

Palestra e Lançamento de Livro sobre o Quadrinho Nacional
Dia: Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2012
Horário: 19h00 (palestra) 20h (lançamento do livro)
Onde: Livraria Cultura, Shopping Paço Alfândega, Recife Antigo

sábado, 28 de janeiro de 2012

Não é homofobia, senhor Laerte...

Navegantes,
Sabe, eu nem deveria mencionar este tipo de notícia aqui. Mas, achei-a tão absolutamente surreal e absurda, que não há como não falar. Em Cartunista vai à Justiça para ter direito de usar banheiro feminino, vemos que o senhor Laerte quer ter o direito a usar o banheiro feminino. Laerte tem momentos de "identidade de gênero" que se considera homem ou mulher. Como ele mesmo disse na matéria: "É uma questão de contexto, de como estou no dia. Não quero nem ter uma regra nem abrir mão do meu direito". Direito? E o direito das mulheres a sua privacidade? No Twitter e até mesmo nos comentários da matéria, muitas pessoas comentaram que deveriam haver um terceiro banheiro.
Olha a que ponto estamos chegando... Imagine a situação: você está ali no banheiro e quer puxar um papo com outra mulher sobre TPM. A outra vai responder que fica assim e assado e tals. Um bate-papo típico de mulher! Daí, vem alguém vestido de mulher com características visuais de homem a entrar na conversa. Imagina a situação constrangedora para todo mundo no local. Ou uma mulher vestida de homem, entrar em um papo de homens, que só eles têm a possibilidade de compreender...
Respeito gays, lésbicas, travestis e transexuais. Mas, sério... O que Laerte vai solicitar na Justiça é algo que é de direito das mulheres e homens. Privacidade. Se ele ganhar, sabe o que pode acontecer em médio prazo? Dar-se-á início a algum tipo de segregação nunca visto antes na História da Humanidade: mulheres e homens pedindo e tendo que escreverem em banheiros públicos o seguinte:

ESTE BANHEIRO É PARA HOMEM
Conceito de homem: criatura do "reino, filo, classe, ordem família gênero e espécie" que tenha testículos, pênis, predominância de testosterona e, se possível, que tenha em sua psique a necessidade de procriar com o "gênero" mulher.
ESTE BANHEIRO É PARA MULHER
Conceito de mulher: criatura do "reino, filo, classe, ordem família gênero e espécie" que tenha ovários, útero, possa ou não ter filhos, predominância de progesterona e estrogênio e, se possível, que tenha em sua psique a necessidade de procriar com o "gênero" homem.
ESTE BANHEIRO É PARA "OUTROS"
Conceito de outros: que não se enquadram psicologicamente nos conceitos dos banheiros aos lados.

A mim será um absurdo se o restaurante perder a ação. Porque isso implica na perda de direito de todas as mulheres para alguém que "escolhe" ser o que quer no dia. Ou seja, opta. O que é muito estranho. Afinal, um transexual pode até "optar" como alguns dizem, mas é uma opção clara, não fica "variando" de um dia a outro como se vê.
A mulher no banehiro estava no direito dela. Se ele ganha, a mim, daria margem a achar que a mulher com sua filha estavam erradas. Só que ele ainda teria um outro banehiro a ir. E elas? Pensem nisso. Isso no Laerte, para mim, tem outro nome...


A tal pesquisa sobre o perfil do consumidor de anime no Brasil da JBC...

Navegantes,
A esta altura do campeonato, todos já devem saber que a JBC está fazendo uma pesquisa sobre o perfil do consumidor de anime no Brasil. Para quem eventualmente não lembra, a o JBC Group firmou uma parceria com o site de streaming Crunchyroll, para implementar animes com legendas em língua portuguesa em, obviamente, terras tupiniquins. A pesquisa faz parte do processo de implantação do serviço e se estenderá até o dia 18 de março.
Acho que a pesquisa pode ser válida para que a empresa tenha um leve perfil de tal consumidor. Mas, Sandra... por que você disse "leve"? Porque há algumas perguntas um tanto descabidas como a décima: "Qual a sua renda familiar?". Sério, não responda sinceramente a esta pergunta. A empresa solicita alguns dados que são relativamente pessoais demais, mas esta pergunta é surreal. E, não é só a JBC quem a faz... outras empreas também a fazem.
Não é nada pessoal contra ninguém, mas nunca se sabe quem está lá do outro lado da rede... E sim, eu sou meio desconfiada... Além disso, além de perguntar detalhadamente somente sobre "mesada", deveriam ter perguntado, em verdade, se a pessoa recebe mesada, se é assalariada, se é profissional liberal, etc.
Enfim... apesar destes detalhes, é importante para o mercado de animes. Como eu já mencionei diversas vezes, o futuro da animação japonesa no Brasil não é mais a TV, mas a exibição legal de títulos pela internet via streaming.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Quando a internet é nociva, ou BBB no mundo dos mangás e animes...

Navegantes! Nos últimos dias, tive um mega surto de aborrecimento. Em grande parte, devido a uma crise de TPM. Talvez eu nem devesse falar sobre isso. Mas, só quem é mulher aqui sabe o que raios é entrar em uma crise. Parece que tudo que você sente é potencializado pelo momento, ao extremo...
Mesmo assim, não posso negar que nos últimos dias me aborreci. Fiquei alguns dias sem internet lá na praia e quando voltei, percebi que sinceramente, não fez muita falta. Daí, na semana passada a coisa potencializou. Era todo mundo falando da Luiza que estava no Canadá, de "estupro no BBB", as raivinhas no mundo dos mangás.
E em algumas horas, tudo passa. Surtei. Quis fechar este blog. Mas, a culpa não é do Papo de Budega. Na verdade, a culpa não é de ninguém. Acho que preciso lidar com o novo momento que vivemos com estas redes sociais.
Acho que preciso organizar minha vida na internet. Especialmente no Twitter e Facebook. Cheguei até a mencionar isso no Twitter dias atrás. A internet, especialmente as redes sociais, viraram alguma coisa indefinida. As pessoas fazem questão de dizer tudo o que fazem, o que estão fazendo naquele exato momento. Um mix de solidão (não tenho com quem falar, por isso, falo com meu computador) e egocentrismo (o que importa sou eu e foda-se o que os outros pensam, desde que saibam o que faço). Um verdadeiro BBB.
E, como sigo muitos sites s blogs, isso fica meio evidente para mim. Isso é ruim? Não sei. Estou afirmando que as pessoas são solitárias e egocêntricas? Não. Isso é uma percepção, só isso. E, uma percepção que se potencializou (gostei da palavra :P) com o livro Cultura da Interface de Steven Johnson.
"Não nos sentimos em casa nesse ambiente, sentimos a solidão de nos ver trancafiados em uma sala com um punhado de solitários, que lançam pelo fio aqueles apelos abruptos, sem sentido: "what are doing owner? what are you owner? where are you 541?"

Espero que não me interpretem mal., pois sei que há a possibilidade de muitas pessoas me "desseguirem"... Estou fazendo uma pós em Mídia, Informação e Cultura. Não posso largar o blog (que grosso modo seria a tal mídia), a informação (premissa de meu trabalho) e a cultura é hoje, o principal fruto de meus textos, já que cultura é tudo. Não posso largar o Papo de Budega.
Mas, não vou atualizá-lo com tanta constância. E nem vou mais escrever o que, acho, esperam de mim. Syd Field, em seu já clássico livro Manual de Roteiro (acho que foi ele), lembra-nos que não devemos fazer exatamente tudo o que pedem de nós (autor), senão a coisa degringola. E não foi só ele: Carl Barks, também...
Só que isso se confude com o momento atual da net. Você escreve o que quer, mas espera que os outros respondam, leiam, "contemplem" seja lá o que você fizer, escrever, disser... A versão BBB da rede.
Alguns passos já dei e talvez darei ainda. São algumas mudanças no Twitter. Não há necessidade de eu acompanhar flooders. O mais curioso é ver que alguns consideram-se como tais. Tudo bem, legal. Mas, acho que cansei um pouco. As pessoas não precisam disso. Meus leitores não precisam de momentos "flood". Eu não preciso acompanhar tanto "flood".
Porque isso só ocasiona entropia. Daí, em vez da pessoa se fazer entender, a pessoa ocasiona confusão de entendimento. Como eu disse, nada contra. Mas, eu ainda não aprendi a lidar com flooders. Um dia quem sabe. Deixei de visitar os sites e blogs para acompnhar o BBB que virou o Twitter. E deveria ser o contrário... Gosto verdadeiramente de muitas pessoas (saibam), mas ainda não aprendi a lidar com o jeito "internautico" delas...
Por fim, tentarei não ter surtos. Curiosamente, minha irmã me falou algo que ajudou em mnha decisão de ficar aqui... quem diria.. :P Até porque, vou organizar minha vida da internet. Afinal, a progadanda da Sundown é clara, o mundo gira em torno do Sol e não da internet. Quanto ao mundo animado dos mangás, animes e desenhos animados...
Bem, farei o que, parece-me, os sites não têm feito. Farei indicações de livros. Sim, a maioria dos sites comenta animes, mangás, comics etc. Mas, raramente vejo um colega mencionar um livro, até mesmo da área. Talvez esteja na hora de alguém fazer isso. Como perdi um pouco o rumo, e acho que jornalistas devem ser úteis, acredito que esta talvez seja uma boa maneira de ainda colaborar para com este universo. Afinal, já praticamente não leio mangás, vejo pouco animes. Meio que substitui pelos livros.
Por fim, quem estiver em meu MSN e eu não me lembrar quem seja, sinto dizer, mas vou excluir. Como eu disse, nada contra, mas tem gente que nem sei quem é e está lá. Quem tiver dúvidas sobre as mudanças no Twitter, Face, MSN... é só mandar um email para o monte_sandra @ yahoo.com.br.
Não dá para desistir do Papo de Budega... Escrever textos longos no Twiiter é surreal. Só vou mudar um pouco o foco. Retornar ao conceito original de blog, talvez... Alguma informação? Sim. Mas, do que eu achar interessante. Mesmo que não seja quase nada...

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Uma "missão" que acabou?

Navegantes!!! Vocês devem ter percebido que cada vez menos tenho escrito no blog. Há vários motivos para isso: falta de tempo, cansaço, desânimo. Cada um a seu tempo, ou até mesmo tudo junto.
A verdade é que penso seriamente em encerrar as atividades do site. Acho que não tenho mais o que colaborar ao universo animado. Vejo o empenho dos demais sites e percebo que não tenho o mesmo pique. E que minha missão, se algum dia a tive, acabou.
Não sei ainda se continuo ou não. Alguns aí, certamente, torcem que eu pare. Talvez seja só algo passageiro. Ou não. Minha colaboração ao universo da animação, animes, mangás e afins já não é importante.
Houve uma época que eu escrevia muito sobre estes temas. Achava pauta fácil. Hoje, não acho nada interessante o suficiente para ser divulgado. Parece tudo igual. Sei lá... Por hora, cansei... Só isso.

sábado, 14 de janeiro de 2012

Aquela música de Harry Potter... lembra?


Navegantes,
No primeiro momento musical do ano, eis uma música que muitos de vocês vão se lembrar: O Children de Nick Cave. Esta é a famosa música que ninguém nunca tinha ouvido (hein, O_o?) em Harry Pooter e as Relíquias da Morte - parte 1, na cena que o Harry tira a Hermione para dançar. No Vagalume tem a tradução. Acima, a música inteira com seus seis minutos. Vale a pena. Curiosamente, eu nunca fui chegada no Cave, mas esta música é bonita. Especialmente a participação das crianças.

O Children
Nick Cave & The Bad Seeds


Pass me that lovely little gun
My dear, my darting one
The cleaners are coming, one by one
You don't even want to let them start

They are knocking now upon your door
They measure the room, they know the score
They're mopping up the butcher's floor
Of your broken little hearts

O children

Forgive us now for what we've done
It started out as a bit of fun
Here, take these before we run away
The keys to the gulag

O children
Lift up your voice, lift up your voice
Children
Rejoice, rejoice

Here comes Frank and poor old Jim
They're gathering round with all my friends
We're older now, the light is dim
And you are only just beginning

O children

We have the answer to all your fears
It's short, it's simple, it's crystal clear
It's round about, it's somewhere here
Lost amongst our winnings

O children
Lift up your voice, lift up your voice
Children
Rejoice, rejoice

The cleaners have done their job on you
They're hip to it, man, they're in the groove
They've hosed you down, you're good as new
They're lining up to inspect you

O children

Poor old Jim's white as a ghost
He's found the answer that was lost
We're all weeping now, weeping because
There ain't nothing we can do to protect you

O children
Lift up your voice, lift up your voice
Children
Rejoice, rejoice

Hey! Little train, we are all jumping on
The train that goes to the Kingdom
We're happy, Ma, we're having fun
And the train ain't even left the station

Hey, little train! Wait for me!
I once was blind but now I see!
Have you left a seat for me?
Is that such a strech of imagination

Hey, little train! Wait for me
I was held but now I'm free
I'm hanging in there, don't you see
In this process of elimination

Hey! Little train, we are all jumping on
The train that goes to the Kingdom
We're happy, Ma, we're having fun
It's beyond my expectation

Hey! Little train, we are all jumping on
The train that goes to the Kingdom
We're happy, Ma, we're having fun
And the train ain't even left the station


quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Momento "provocativo" no mercado de mangás e animes no Brasil...

Navegantes,
Aí vai uma dica (provocativa) para as empresas que atuam em nosso mercado de mangás e "animes" (entre aspas porque mercado de anime não existe no Brasil). Leia todo o programa na íntegra: Imersão no modelo Disney de fazer negócio. Os caras ensinam!!!!! Vão lá, é um investimento! E isso não é só para lucrar, mas para a empresa também aprender a prestar serviço.

Desvende os segredos por trás da cultura e processos de serviço Disney. Neste programa, você examinará o modelo comprovado para a entrega de serviços de padrão internacional e descobrirá como a atenção ao detalhe cria um ambiente consistente e bem sucedido para funcionários e clientes. Você pode usar essas ideias para transformar e melhorar a prestação de qualidade de serviços da sua própria organização.
Esta imersão combina estratégias comprovadas de negócios com uma sala de aula altamente experimental. Com visitas às linhas de frente e também aos bastidores, essa experiência é uma imersão envolvente e abrangente de "Abordagem da Disney para a Qualidade do Serviço." Você vai aprender técnicas para transformar a teoria dos livros em realidade operacional e aplicar o que aprender através de um planejamento de ação no contexto do seu negócio.


segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

ANIMA INFO 1500 - Especial

Perspectivas para o mercado animado em 2012

O ano de 2012 promete muitas emoções no tocante ao mercado animado no Brasil. Aqui, entende-se "animado" por quadrinhos em geral, animação, mangás, animes e séries. Assim como neste post de 2011, teceremos algumas considerações acerca do tema.
Comecemos com o que pode ser o mais positivo em nosso mercado: os quadrinhos comics e Disney. Após um longo tempo na "obscuridade" comercial e por estar a sombra dos mangás na primeira década do século, estes dois estilos podem aparecer com certa força no mercado. No caso dos comics, isso já vem ocorrendo com o impulso do cinema. Batman tem tudo para ser o grande "astro" neste sentido, especialmente com a estreia do novo filme no segundo semestre.
Outro título que pode retornar com força é Zé Carioca. Já há alguns anos, a editora Abril tem pensado na possibilidade do retorno da produção nacional. O que já se sabia extra-oficialmente, e que praticamente foi oficializado pelo editor Paulo Mafia no programa HQ & Cia, é o retorno da produção nacional do papagaio. Caso o fato realmente ocorra, este talvez possa ser uma dos mais importantes pontos do mercado de quadrinho nacional em 2012.
E, ao que parece, estes devem ser os dois pontos positivos principais. Os demais são preocupantes. O mercado de animação, este ano, sofreu uma grande baixa já em 2011, com o anúncio do fim da TV Globinho durante a semana. Nem mesmo os hits do canal Disney alavancaram a audiência do programa. Muitos até comemoraram. Entretanto, fica uma grande ressalva para a questão: quem normalmente dita as regras de programação de todas as emissoras é a rede Globo. A reação da emissora quanto a baixa audiência infantil pode, quem sabe, ocasionar em uma efeito dominó em outros canais que esboçam uma "reação" no mundo animado. Caso claro da Bandeirantes.
Esta última, além de ter algumas animações do pacote Nickelodeon, também tem Power Rangers e Dragon Ball Z. Entretanto, fica a questão: apesar do nome de peso, será mesmo que estes títulos terão força para alavancar a audiência da Bandeirantes? Ou corre-se o risco da emissora, seguindo os passos da Globo, cancelar as exibições com baixa audiência - vide caso Cavaleiros do Zodíaco em busca neste site. O caminho no mundo animado parece ser somente a TV a cabo e o SBT.
Para o mercado de animes, pode haver uma sobrevida com o advento do Crunchyroll e editora JBC no mercado de internet. Os internautas que acompanham o Papo de Budega sabem que este site incentiva as exibições legais via "streaming". Entretanto, o posicionamento da editora JBC têm colocado em xeque se a parceria será realmente boa. O fato dá-se por graves problemas na área editorial, que podem ser lidos em posts como este do site Gyaboo, entre tantos outros do gênero.
Por fim, outro mercado que pode sofrer consequências sérias por um direcionamento - quiçá equivocado - é o de mangás. As duas principais editoras da área divulgaram para 2012 relançamentos. São títulos que venderam muito em anos anteriores e que, aposta-se que podem vender novamente com nova "cara": formato, papel, etc. Entretanto, fica outra questão: até que ponto o leitor brasieliro de mangás tem a pré-disposição em comprar algo que já possui, especialmente em um mercado cujos preços dos mangás estão bem elevados?
Assim, vemos que as perspectivas para 2012 não são muito animadoras. Aparentemente, os fãs e leitores dos quadrinhos comics e Disney podem ser os únicos realmente contentes ao final deste ano. No mercado de televisão, quem tiver TV a cabo continuará com suas animações e também seriados, estes ainda em alta.
Infelizmente, o mercado de animes continuará patinando. E o mercado de mangás, se seguir o linha de relançamento - semelhante ao que visto com os animes com Cavaleiros do Zodíaco, Dragon Ball, Sailor Moon, etc - corre o grave risco de dar as mãos para o mercado de animes no Brasil. Que, sabe-se, vai muito mal das pernas. Que 2012 não seja o início do fim para os quadrinhos japoneses no Brasil.

ANIMA INFO 1499

Último episódio de Feiticeiros esta semana no Disney Channel

Os irmãos Russo - Justin, Alex e Max - enfrentam um teste definitivo para determinar qual deles terá o direito de manter seus poderes de magos. Após 106 episódios da série de comédia vencedora do Emmy Award, a resposta será finalmente revelada em um episódio especial de uma hora de Os Feiticeiros de Waverly Place, que estreia domingo dia 15 de Janeiro, às 19h00, no Disney Channel.
No episódio de uma hora, convidados já conhecidos pelo público da série, Bridgit Mendler ("Boa Sorte, Charlie,!") e Gregg Sulkin (Disney Channel UK "As The Bell Rings", "Avalon High") reaparecem como a namorada vampira de Justin e o namorado lobisomem de Alex. O aguardado final de Os Feiticeiros de Waverly Place, com uma hora de duração, será exibido no canal no domingo 15/1 às 19h00.

sábado, 7 de janeiro de 2012

ANIMA INFO 1498

Animação nacional Peixonauta ganha os Estados Unidos

A animação Peixonauta conseguiu muitos bons números ao longo de sua história. O título é um êxito total no canal pago Discovery Kids brasileiro. Por conta disso, tornou-se um sucesso também na TV aberta pelo SBT. Agora, o simpático peixinho chega ao seu ponto mais alto. A animação nacional produzida pela TV Pinguim será exibida no Discovery Familia dos Estados Unidos a partir de 16 de janeiro. Veja informações do personagem clicando no link acima.

Fonte: TV Latina

ANIMA INFO 1497

Web-tira fala de dieta feminina


Sempre que possível, o Papo de Budega divulga trabalhos que sejam interessantes de artistas nacionais. Uma tira curiosa do artista Willier Nepper é Dora Dieta. Com um humor bem suave, as tiras trazem o "desalento" da jovem Dora em perder peso. Ela é uma gordinha que, a contra-gosto, tem que fazer uma dieta. E para isso deverá passar pelas dificuldades encontradas por todas as pessoas que resolvem mudar seus hábitos alimentares. Acesse o link acima para conhecer.

2012

Navegantes,
Sumi, mas eis-me aqui para desejar-lhes um Ó T I M O 2012. Desejo a todos muita saúde e superação em seus projetos. De minha parte, acho que desejo a continuidade dos meus com meus entes queridos... Espero que eu possa ter tempo de escrever muitos posts. E sim, eu gostaria que fosse de assuntos positivos! Um super abraço!
←  Anterior Proxima  → Inicio