Desejo: Boas Festas...

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

A culpa é da Rita: a avenida que "parou" o Brasil...

Navegantes,
Hoje acabou uma das melhores novelas já feitas pela Globo. Avenida Brasil não será esquecida tão cedo. Provavelmente será reprisado em breve no canal Viva. O motivo é simples: argumento, roteiro (apesar dos furos de realidade), direção e atuação. Uma novela que causou comoção porque trouxe um dos temas mais íntimos das pessoas: o sentimento de vingança. E a curiosidade do mistério. Que, nunca foi a morte do Max, mas os motivos que levaram a Carminha de ser como é. A morte do Max foi a parte da "brincadeira"...
Muita gente critica a novela, que é coisa de povão ignorante, alienado e "tals"... Sério mesmo que quem escreve isso, pensa isso? Novela é o principal produto cultural brasileiro, assim como o cinema está para os Estados Unidos e animes para o Japão. Esta gente vê filme, vê seriado, vê anime, mas novela é coisa inferior porque é nacional... Ou seja, é o velho espírito de vira-lata e de inferioridade...
Não se deve ignorar as novelas, porque trazem coisas muito explicitas e implícitas de nossa cultura. E das ações humanas. O estudioso José Roberto Sadek nos lembra,
As histórias eram e são criadas com base em experiências da sociedade e também com base em seus desejos, fantasias, anseios, temores, sabedorias e ignorâncias. As histórias compõem o grupo de ações destinadas a preservar e a fazer evoluir a espécie humana. Por meio delas, uma tribo ou um povo pode garantir a sobrevivência de suas crias e manter o conhecimento relativo à sua continuidade. (SADEK, 19)
Meses atrás escrevi sobre novelas que dariam bons animes. Não coloquei Avenida Brasil, pois fiquei em dúvida se a novela se tornaria ou não algo revolucionário. João Emanuel Carneiro fez algo extraordinário. Genial!!! E quem diria, mesmo com um final um tanto pieguas em alguns aspectos, Avenida Brasil entrou para a História da televisão por ter um desfecho nada convencional. Afinal, o "certo" seria terminar no perdão de Nina e Carminha, mas terminou em um campeonato de futebol!!! Ou seja, a união das duas coisas que brasileiro mais gosta: novela e futebol!
E, curiosamente, Avenida Brasil conseguiu unir as pessoas em bares e restaurantes, como se fosse final de Copa do Mundo, Super Bowl ou coisa do gênero... Dá para ignorar? Novela seria só algo ruim? É ruim se encontrar com amigos? É ruim ter um assunto? É ruim discutir? Sim, porque quem estava chegando em casa, percebeu o sentimento de final de Copa do Mundo aqui na cidade de São Paulo!!!
Como diria o presidente da Warner, é necessário haver a disseminação geral por meio de grandes veículos de comunicação. Afinal, novela é visto pela massa e depois comentado em "segmentos". Newton Cannito também já dizia isso em seu livro A Televisão na Era Digital. E ele também nos lembra o que TV (e novela) é circo. Nem tudo em nossa vida pode ser tão sério.
Então vamos parar com esta história de "novela é coisa para ignorante"... Seus jargões brevemente serão esquecidos do momento breve. Mas, vão ficar na lembrança como o "a culpa é da Rita" ou "me serve vadia"... Quem diria que uma "avenida" pararia o Brasil...



SADEK, José Roberto. Telenovela, um olhar do cinema. São Paulo: Summus Editorial, 2008.
←  Anterior Proxima  → Inicio

10 comentários:

Nekomimi disse...

Oi, Sandra.
Realmente, o que tem se falado ultimamente dessa novela, nem te digo.
Falando nisso, teve um articulista que detonou o último capítulo dessa novela. Só lendo o texto para crer:
http://br.tv.yahoo.com/noticias/-aconteceu-de-novo------regis-tadeu-comenta-%C3%BAltimo-cap%C3%ADtulo-de--avenida-brasil-.html

Confesso que não assisto novelas, não fazem o meu gênero de entretenimento, mas nem por isso saio falando mal delas ou de quem assiste.
Cada um com os seus gostos e preferências, ninguém é obrigado a assistir novela nenhuma.
Quem gosta de novelas, que faça bom proveito. Fica aqui o recado.

L.Karina disse...

Confesso que eu não gostei do final de ''Avenida Brasil''. Com certeza ela irá ganhar todos os prêmios de novela do ano,mas pra mi ''Cheias de Charme'' foi uma novela muito melhor,porque cumpriu o que prometeu e não teve grandes furadas de roteiro.
Eu gosto muito de novelas,mas gosto de seriados e filmes.Também acho ridículo como se depreciam a telenovela,como se o gênero também não fosse apenas diversão como seriados e cinema.
Na minha opinião acho que teledramaturgia brasileira também deveria diversificar, fazendo seriados e filmes para TV.

Thiago disse...

Acho que o problema não é a história ou que novela é coisa de povão. O que não me agrade em novelas é o formato das mesmas. essa coisa de diário, 6x por semana é realmente um saco.

É tempo demais pra perder pra ver uma história se desenvolvendo em meses a fio. É um tipo de produção cansativa de acompanhar.

Sem falar que isso infla o pouco espaço pra conteúdo diferenciado na TV aberta. Não sobra espaço na grade de emissoras como a Globo para produzir e exibir variedade.

É um caso de dinâmica. Uma coisa é ver um filme ou uma série semanal feitas no Brasil... outra é ter que ficar criando compromisso com a TV de estar ali, quase todo santo dia pra ver uma mesma historia por meses.

Avenida Brasil foi legal? Não sei, não vi. Mas ele precisava ser uma historia contada em forma de telenovela? Se fosse num outro formato não seria tão boa assim?

Pra mim o problema é formato. Cansei de novela, não pela produção, pela qualidade de roteiro, por ser nacional. Eu cansei do formato e de como esse programa infla a grade das emissoras.

A Globo precisa de 4 novelas (porque malhação tb é) todos os dias da semana no horário nobre? a mesma coisa ao longo dos 5 dias da semana?

Pra mim esse é o grande mal das novelas.

sandra monte disse...

Fica uma dúvida quanto ao formato:

Que diferença há em uma novela que passa todos os dias e dura 6 meses... e um Pokemon passar uma vez por semana e dura 15 anos?

Ou um CSI que também passa uma vez por semana e tem 12 anos?

A mim, novela é menos cansativa e mais rápido. Você não precisa ficar "ad eternum" acompanhando. Mas enfim, é uma questão de gosto.

Thiago disse...

saturação temporal. talvez seja essa a questão.

antes uma série como CSI ou Pokemon que duram décadas, mas ocupam um pouco tempo da gente a cada sentada no sofá.

lembrando que elas não são ininterruptas. as series pausam para que possamos respirar outras coisas. seriados americanos geralmente duram 6 meses, ou 3 meses (formato 22 ou 12 episódios), o que deixa a gente com folga pra ver outras coisas. e se outras series entram no lugar das que pausaram, em geral são bem diferentes entre si (época do midseason onde se testa muitos formatos e historias fora do padrão e do normal)


não acho ruim ter uma novela sendo exibida diariamente. mas precisa de casos como a globo de 4 novelas num mesmo dia? mais vale a pena ver de novo a tarde. mais um canal como o Viva na TV por assinatura exibindo novelas? Saturação.

Sem contar que diferente de seriados americanos, os generos dentro do formato novela são muito semelhantes, mesmo com novelas de épocas. nucleo do vilão, do mocinho e mocinha, dos engraçaralhos, nucleo infantil e por aí vai. não se consegue inventar demais. se apostar em algo diferente.

é mais fácil investir numa série maluca e diferente do que arriscar dessa forma numa novela que terá muito mais tempo de tela e patrocinio, pois se der errado, o prejuizo é muito maior.

Não que não haja novelas boas, mas é um genero tão saturado que fica dificil ficar apostando qual vai se sobrasair sobre as demais.

A TV aberta brasileira é arcaica. Não se renova há decadas. é novela a noite e programa de auditorio no domingo. é a mesma coisa que meus avós assistiam.

Não é pra menos que a TV nos ultimos anos perdeu muito público para outras midias como videogames e PC. Porque ficou chato, caiu na mesmisse. as pessoas procuram coisas diferentes, programas originais, historias novas. foi-se o tempo em que a dona de casa ficava na frente da tv vendo todas as novelas da globo a noite toda.

Wendel Leal disse...

Eu amei essa novela com toda minhas forças! Teve furos teve, mas nada que afetou a qualidade da trama, para mim essa foi a melhor novela já escrita. E a L.karina cheias de Charme teve bastante furos, só procurar!!

sandra monte disse...

Thiago... o que você chama de "saturação temporal" é, na verdade, um formato.

Ou seja, o formato deles é bom, o nosso não.

Quanto a Globo exibir 4 novelas... Então, porque uma emissora qualquer no Japão exibe tantos animes? Uma emissora qualquer nos EUA exibe tantos seriados?

Desculpe, tudo que é feito aqui com novela é feito em outros países com outros tipos de produtos. A mim, tudo o que foi dito é só uma forma de preconeito contra o nacional.

Mas, enfim...

Anônimo disse...

"Quanto a Globo exibir 4 novelas... Então, porque uma emissora qualquer no Japão exibe tantos animes? Uma emissora qualquer nos EUA exibe tantos seriados?"

Mas uma série de TV ou anime passam uma vez por semana, não TODOS OS DIAS, né!

Sua justificativa não foi bem colocada, Sandra.

Abs.

sandra monte disse...

Passa todos os dias, Anômino...

Mas, não dura dez, 15 ou 20 anos... Ou seja, a saturação de animes, seriados americanos ou até mesmo certos desenhos dos EUA se dá de outra forma.

Como eu disse, são formatos. Cada qual com aus "saturação temporal" diferenciada...

Inclusive, é pior... Porque a pessoa tem que ver anos a fio para, quem sabe, saber qual será o desfecho.

Com novela a coisa é mais rápida. A pessoa não "perde" tanto tempo na vida como quem vê anime...

Anônimo disse...

"Com novela a coisa é mais rápida. A pessoa não "perde" tanto tempo na vida como quem vê anime..."

Acho que não perde, pois filmes e animes tendem a sair em vários formatos (dvd etc - perde mais tempo tendo compromisso todo santo dia)

Enquanto novela, não há ou então perde-se a vontade, já que é muito mais por costume (valorizar - só se for épico uma novela).

É o que eu acho.

V.L