Desejo: Boas Festas...

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Vida de empreguetes, ah... você ainda não conhece?

Navegantes,
Quem diria que a Globo finalmente iria aprender a lidar com as redes sociais, internet e afins... Se você ainda não viu ou ouviu, não vai conseguir escapar por muito tempo do "Todo dia acordo cedo... Moro longe do emprego... Quando volto do serviço quero o meu sofá"...
Sim, Vida de Empreguetes é a música das três personagens de Cheias de Charme, novela que tem dado o que falar. Por quê? Curiosamente, a música é legal mesmo. Tem o toque "brega" que a história nos apresenta, com uma letra "sofisticada" para os padrões tecnobrega.
Mesmo que a pessoa não goste, é muito difícil não resistir a uma novela. Não tem jeito, faz parte de nossa cultura. Ainda mais quando uma novela é bem feita, quando é bem dirigida e há sintonia entre atores e atrizes. Não tenho tempo de assisti-la completamente, mas pelo que consigo ver, Cheias de Charme agrada.
E agrada porque esta novela, assim como Avenida Brasil, está inaugurando na Globo algo novo. A primeira por pegar o estilo musical para lá de Rebelde, mas com o jeitinho musical brasileiro, que, no final, é mais sincero e real do que os "roquetes" e "pop teen". Já a segunda cativa devido sua direção, argumento, roteiro bem trabalhos porém, o mais importante, interpretações impecáveis.
As pessoas não têm do que reclamar desta leva de novelas da Globo. Ao menos, das 19h e 21h. O Youtube tem algunas versões da música e do clipe, mas nada melhor do que assistir a Vida de Empreguetes no site oficial, com uma tremenda imagem e som impecáveis. Afinal...

"Levo vida de empreguete, eu pego às sete
Fim de semana é salto alto e ver no que vai dar
Um dia compro apartamento e viro socialite
Toda boa, vou com meu ficante viajar"

Queria ver se as Empreguetes e se a Chayene fizessem um show, se não iriam lotar um Morumbi ou até mesmo um Maracanâ... Alguém duvida? Afinal, as atrizes mostraram que também sabem cantar o estilo tecnobrega...
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários: