Desejo: Boas Festas...

sexta-feira, 23 de março de 2012

Continuaremos a sorrir?

Navegantes,
Hoje, o Brasil ficou um pouco triste... Perdemos, quem para mim foi o nosso maior humorista. Chico Anysio. Eu já havia mencionado brevemente o brilhantismo dele neste post. Anysio fez parte de minha infância na época do Chico Anysio Show! Como mencionei no post anterior... ele não era vulgar, não menosprezava as pessoas. Mesmo com alguns personagens caricatos como o Haroldo.
Eu gostava de muitos, mas, talvez o mais especial de todos era Bento Carneiro. Eu gostava do "vampiro brasileiro", que nem vampiro conseguia ser direito! Outro personagem que só me fez sentido anos depois foi o Justo Veríssimo. Alguma dúvida de quem Anysio tirava uma "onda"?
Muita gente que nos fez sorrir já partiu. Não vai demorar e o Roberto Bolaño também partirá. E aí? O "humor inteligente" conseguirá nos fazer sorri? Inteligência era fazer mais de 200 personagens, e não 200 xingamentos e desaforos... Como o Jô Soares disse no JN: o termo 'ninguém é insubstituível' não se aplica ao Chico. Adeus...

Imagem extraída do site da Folha Online

←  Anterior Proxima  → Inicio

2 comentários:

Diogo Aires (Dood) disse...

Um dos obscuros que eu curtia dele era o Tim Tones. Ele critica ferrenhamente os líderes religiosos como Edir Macedo e afins. Imagina se você criticasse isso hoje em dia...

Claus is Goethe! disse...

Mas Roberto Bolaño já morreu, alias vai fazer quase dez anos que ele morreu. Quem não morreu foi o Bolaños.
Mas em relação a Chico Anysio, uma pena que o humor foi distorcido a tal ponto em que falar que negro são macacos é humor, fara falta alguém como ele.