Desejo: Boas Festas...

quinta-feira, 30 de junho de 2011

ANIMA INFO 1434

Anime Onigamiden chega em breve ao Brasil


O dublador Robson Kumode revelou em seu Twitter que está dublando o personagem Jun do anime A Lenda do Dragão Milenar (Onigamiden 鬼神伝). O título é um longa-metragem lançado em abril no Japão. A história traz um garoto que viajou para o Japão feudal e lá, vive uma aventura entre homens e youkais.
A animação virá ao Brasil pelas mãos da Sony Home Vídeo. Mas, como não há informações de lançamento no site da empresa, é possível que o título só chegue ao mercado no final do ano. Vale lembramos que além de dublador, Robson Kumode é o diretor da série online #E_VC? e um dos donos da 8KA Produções Audiovisuais.

terça-feira, 28 de junho de 2011

ANIMA INFO 1433

Animaserra 2011 acontece em novembro

O Animaserra 2011 - VI Festival Nacional de Cinema de Animação, Quadrinhos e Games da Serra Carioca acontecerá em novembro. Devido ao grande número de visitantes de outros estados, o festival já antecipa suas atrações para que o público se programe. Em breve, no site oficial, abertura do concurso de animação e quadrinhos para mostra competitiva. Curiosamente, o evento tem atividades que inclui profissionais internacionais. Mas, mesmo assim, é gratuito. Este ano, há um enfoque para ddebates e profissionais de games. Confira alguns dos convidados abaixo e outras informações no Twitter do evento.

- Ridaut: Criador do Senninha, cineasta em animação, homenageado do festival;
- Sergio de La Cruz: Gerente Internacional da ToonBoom – Software canadense utilizados nos filmes: Os Simpsons e Princesa e o sapo (Diney Animation);
- Aquiris Game: Israel Mendes e Amilton Diesel;
- Silvio Toledo: Animador com mais de 20 anos de experiência;
- Martin Fabichak: primeiro produtor de game para PSP feito no Brasil;
- Zbrush Artist: Palestrante da empresa de software 3D Pixologic.

ANIMA INFO 1432

Samurai X vira filme live action

Muitos sites internacionais, como o Anime News Network divulgaram a informação. Samurai X ganhará uma versão cinematográfica live action. O jovem ator Takeru Satoh encarnará o herói.
Segundo o site, um dos responsáveis será o estúdio Warner. Se este não for um "devaneio coletivo", como anúncios de filmes baseados em mangás e animes que nunca saíram dos boatos, Samurai X pode ser uma grata produção a ser lançada em breve.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Contra a PL 122 - a Lei da Homofobia. Por quê?

Navegantes,
Diversas notícias, entras elas esta aqui, divulgaram o absurdo que se sucedeu ontem na Parada Gay. Sim, é isso mesmo que está na notícia, usaram imagens de santos "gostosões" para divulgar a questão da camisinha.
Sou a favor do uso dos preservativos. Mas, para quê ofender uma religião? A organização da Parada Gay diz que não era a intenção ofender. Não era? Era o que, então? Lá no site, eles falam de respeito. E eles? Que respeito é este que eles querem para si e não para os outros? Qual foi, então, a intenção ao fazer isso?
Acho que a Parada é uma manifestação justa. Todos os grupos têm direito a se manifestar. Acho injusto, por exemplo, ser a única a ter autorização a existir na Av. Paulista. Evangélicos e trabalhadores têm que ir à Praça Campos de Bagatelle. Até ai... tudo bem, dá grana, né?
Mas, é ilógico o discurso das organizações GLBT, da "moral" que a Globo tem dado na novela e em outros veículos de comunicação e os caras fazem isso. Que respeito é este que pedem e não o fazem?
Daí muita gente vai dizer: mas a Igreja deveria era cuidar dos padres pedófilos. Deve mesmo. Porque é o fim da picada haver monstro usado batina para fins nojentos. Da mesma forma como é um insulto as pessoas usarem uma "bandeira colorida" para o quê?
O que aconteceu ontem mostra, mais uma vez, porque sou terminantemente contra a PL 122 - a Lei da Homofobia. Se sem lei isso já acontece, imagine com lei... Sem uma lei alguns grupos gays se sentem no direito de ofender, imagine se esta lei for efetivamente aprovada.
Espero que os gays que entram neste site entendam a situação. Acho justo que sejam respeitados. Mas, o mínimo é que respeitem também. Espero que a Arquidiocese de São Paulo tome medidas cabíveis.


Nem toda série teen é boba...


Navegantes,
Se eu fosse bemmmm sensacionalista, eu colocaria o título: dublador do Sasuke do Naruto dirige web-série . Mas.... é viajar demais na maionese. Melhor é falar do que se trata, né?
Bem da verdade é que sim, Robson Kumode, que também é o dublador do Kon do Bleach, o Kido dos Super 11 e o Orfeu de Cavaleiros do Zodíaco mandou uma dica bem interessante e que vale a pena ser vista. O rapaz, que além de ator (dublador) também é videomaker e diretor de web-série.
Em parceria com outros profissionais, Kumode tem uma produtora chamada 8KA, e sim... acessem o site da mesma, oras! Esta produtora fez uma web-série chamada #E_VC?. O título, que pode ser acessado neste link, traz a história de Nina (Flora Paulita), uma jovem é apaixonada por fotografia e por Vinícius (André Bertolini), que só tem olhos para Débora (Agatha Paulita) e ainda não se decidiu sobre qual faculdade pretende cursar. Esta está longe de ser a única dúvida dele em um ano que redefine seu caminho e suas amizades, como a que vive com Lucas (Vitor Faria), ainda em dúvida sobre sua sexualidade.
A web-série pretende debater, ao longo dos seis episódios da primeira temporada, assuntos sem moralismos, sem censura. E uma história vai se formando, enquanto o público vai ter a oportunidade de conhecer cada um dos personagens.
Cada episódio tem por volta de 3 minutos, em formato que lembra os videoclipes e com um pop rock feito pela banda Wisache (acesse aqui) como fundo musical. As discussões sempre se iniciam com um dos personagens em seu quarto, ligando a webcam e falando diretamente com o espectador. No final, a pergunta "E VOCÊ?" é lançada, encorajando o web espectador a responder sobre o tema pelo Youtube. Lembrando que o episódio 3 vai ao ar no dia 28, ou seja, o famoso amanhã!!
Já aproveitamos e fizemos algumas perguntinhas ao Robson, cujas respostas podem ser vistas logo abaixo.


Os episódios de #E_VC? têm cerca de 3 minutos. Mesmo assim, conseguem transmitir bem as dúvidas dos adolescentes. Você acredita que isso seja possível por estas dúvidas serem, na verdade, da vida das pessoas, independente da idade?
Sim. Eu acredito que sempre passamos pelas mesmas discussões, mas sempre com uma "roupagem" nova. São dúvidas e discussões um pouco existencialistas, eu diria. Mas que no momento da adolescência ficam mais "à flor da pele", talvez porque nessa época estejamos mais intensos também. São muitas cobranças, e é o momento onde estamos nos definindo, entendendo melhor o que se passa ao nosso redor e dentro de nós mesmos. Parece que tudo o que vamos decidir vai ser pra sempre: o curso da faculdade, de quem nós gostamos, com o que vamos trabalhar, quem são nossos amigos... Muito é exigido do adolescente, e grande parte é exigência do próprio adolescente, de se entender no meio de toda essa confusão.
Não obstante, em todos os momentos de mudanças ou grandes decisões na nossa vida essas dúvidas voltam. Eu mesmo passo por essas dúvidas de tempos em tempos.
Os episódios são curtos, porquê acreditamos que o conteúdo para a internet precisa ser dinâmico e rápido, senão o espectador para de ver. A oferta de informação e concorrência de conteúdo é muito grande. A pessoa está vendo o nosso vídeo e ao mesmo tempo respondendo no Messenger, checando o Facebook, email, Orkut, e vendo ao lado do vídeo qual é o próximo que ela vai assistir. Se não formos rápidos e objetivos, a pessoa clica no vídeo seguinte e não conclui a visualização do nosso material.
Temos dois objetivos com a série: contar uma história de maneira clipada - rápida e objetiva -, e estabelecer contato com os espectadores, através dos comentários embaixo do vídeo ou até mesmo de vídeos respostas. Por isso, inclusive, que a série chama #E_VC?. Queremos saber o que o espectador pensa a respeito, queremos interagir com ele.
Essa interação é o que vai definir nossos próximos passos. Pretendemos fazer a segunda temporada um pouco mais colaborativa, dependendo da resposta nessa temporada. No dia 1º de julho (próxima sexta), faremos uma twitcam com o elenco, e iremos interagir diretamente com os espectadores, procurando por algumas respostas quanto ao formato do nosso conteúdo.

As séries jovens mais conhecidas são americanas. Vocês chegaram a assisti-las para entender o adolescente atual?
A gente assistiu e leu muita coisa. Desde produções mais atuais como Glee até mais antigas como Juventude Transviada, ou leituras como O Despertar da Primavera e o Diário de Anne Frank. Independente da época, as dúvidas do adolescente são as mesmas. A descoberta do primeiro amor, a desconfiança e o medo com o futuro... Eu acredito que as discussões do conteúdo que estamos produzindo são atemporais.

Houve alguma "cobaia jovem" para vocês fazerem os curtas? Tipo, um irmão, irmã, etc?
As maiores cobaias fomos nós mesmos. rsrsrs. Eu me sinto um eterno adolescente. Mas o projeto nasceu junto com algumas conversas que tive com a Flora Paulita (que interpreta a Nina na série) sobre o que se passa na cabeça dos adolescentes. Outra coisa que ajudou muito, foi ter acompanhado e visto muitos vlogs na internet.
Não é nosso primeiro projeto com adolescentes. Em 2008 fizemos um curta-metragem, inclusive com a participação da Flora e do Vitor Faria - que também está no elenco de #E_VC? interpretando o Lucas, amigo do protagonista.

A produtora 8KA pretende inscrever os episódios em algum festival?
Nós ainda não pensamos nisso, mas acredito que em breve possa acontecer. Entretanto, não é o primeiro e nem o principal objetivo nosso.
Nós queremos, com essas produções, investigar a produção de vídeo para a internet. Queremos entender qual o melhor formato, como atingir e promover interação com o espectador, e fazer experimentações práticas.
Paralelamente a esse projeto - de manter esse nosso canal no Youtube postando conteúdo semanal voltado para o adolescente - a 8KA gerencia e alimenta canais de youtube empresariais e tem como objetivo estreitar relacionamentos entre cliente/consumidor e empresa/marca, através do entretenimento audiovisual online, fortalecendo o storytelling da marca/empresa.

Fale um pouco do outro projeto da produtora, o Astrolokos.
O Astrolokos foi nosso primeiro projeto de webserie. Queríamos fazer algo que as pessoas possuem curiosidade a respeito. Pensei em fazer uma série sobre as características dos signos. Na época ainda não pensávamos em produzir conteúdo pra youtube tão seriamente... Foi uma ideia que foi amadurecendo aos poucos, e tomou forma depois que vencemos um concurso para a criação de uma campanha viral para a Nestlé. Tanto que demoramos por volta de um ano para produzir os 14 episódios da série, foi uma época em que estávamos nos constituindo como produtora, e produzíamos de maneira despretenciosa, por hobbie mesmo.
Mas foi um projeto que gostei muito de ter realizado. Teve uma aceitação muito legal do público, que ficava esperando pela próxima semana para ver as características do próximo signo (nós sempre ressaltávamos as características negativas, essa era a graça). Aí as pessoas passam pros parentes, pros amigos, e falam "olha só como você é!". rsrs. Faz parte dessa brincadeira!


Ou seja, os caras fazem a coisa com amor. E, como sempre falo, bem, acho que sempre falo... Quando se faz algo porque se gosta, o trabalho fica muito melhor. Vai ver é por isso que os vídeos são bem feitos. Dúvida? Então veja acima, raios!

domingo, 26 de junho de 2011

Pela liberdade de expressão...

Atualizado às 18h38: link no final do texto.
Navegantes...
O post acima refere-se a um fato bem interessante que sucedeu-se estes dias. Estive fora, acho que deu para perceber... Mas, en meu glorioso retorno, vi e autorizei diversos comentários contrários as minhas ideias. Natural? Sim. Diferente do que até mesmo alguns "Anônimos" acham, não costumo recusar comentários só porque os mesmos divergem de minhas ideias. Há sites que censuram, mas eu não costumo fazer isso.
Um deles saiu justamente do post ANMTV é a favor da censura, veja abaixo. Não caro "Anônimo", não é "vocês". O Papo de Budega é somente meu. Os meninos do JBox nada têm a ver com a palhaçada que o ANMTV fez com o Mais de Oito Mil... basta ver o post citado acima. Que por sinal, o JBox é mais antigo. Ou seja, pela ordem, quem é "concorrente de quem"? E... já que pelo visto tem um monte de leitor do sitezinho aqui...
Digam para eles que é muito feio narrar um trailer. Os navegantes são suficientemente inteligentes para clicar no trailer e assisti-lo. Ou... até o site admite que os seus leitores são imbecis e necessitam de "leitura" de trailer? E, outra coisa... alquém me lembre: desde quando exsite o termo "teaser trailer"? Que eu saiba, ou é uma coisa, ou outra... Como eles mesmos pediram, acessem aí. Só assim para vermos o quão ruim continua sendo o texto dos fofos. E o quão ilógica foi a alegação usada contra o Mais de Oito Mil, para que este tirasse conteúdo online. Afinal, eles mesmos dizem na nota que "alguém" jogou o trailer na rede. Uai, e isso não é ir contra os direitos da Disney/ Pixar? E claro, esta informação do "jogar" na rede, li agora, às 18h08 do dia 26 de junho de 2011. Nada impede que tal informação seja "alterada"...
Para pensar, otakus! Para pensar! E peçam para que alguns sitezinhos comprem, urgente, um Guia de Estilo!
Quem sabe assim algum dia não melhoram, né? E "Anônimos", pelo menos, inventem um nome fictício. Ou é tãaaaaao difícil assim? E um site legal, de otakus sensatos é o Yon-Koma! Porque mais gente pensa sensatamente... E escreve de forma coerente! E outro site é lá das bandas do Ceará: Blog sobre Cultura Japonesa no Diário do Nordeste.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Dublagem, programa da HBO2


Navegantes,
Esta dica foi do Julio Cesar Mihalski. Uma dica bem legal mesmo! É um programa - ESPECIAL DE DUBLAGEM - HBO2 - comemorativo exibido no HBO2, que exibe somente títulos dublados. O programa traz muitas curiosidades sobre dublagem e algumas "caras" que eu, particularmente, tinha curiosidade em conhecer. Como o dublador do Harry Potter... Para quem curte dublagem, vale muito a pena. E para quem ainda não viu, alguns posts abaixo, vejam o vídeo do Nelson Nachado!

ANIMA INFO 1431

Thor O Filho de Asgard disponível em DVD

Em junho, chega às lojas o DVD e em Blu Ray a animação Thor O Filho de Asgard (Thor: Tales of Asgard). Antes erguer seu poderoso martelo, Thor sai em busca da lendária espada perdida de Surtur. Faminto por aventura, Thor secretamente embarca na viagem da sua vida, acompanhado por seu fiel irmão Loki, um feiticeiro do bem com talento especial para evitar conflitos. Com eles também estão os três guerreiros lendários, que formam um grupo de viajantes poderosos. Mas o que parecia uma inofensiva caça ao tesouro torna-se rapidamente uma aventura perigosa. E agora Thor, tem de mostrar-se digno de seu destino, tendo que defender Asgard dos inimigos.

Thor O Filho de Asgard (Thor: Tales of Asgard)
DIREÇÃO: Sam Liu
PAÍS/ANO DE PRODUÇÃO: EUA/ 2011
GÊNERO: Animação
MINUTAGEM: Aproximadamente 77 minutos
LANÇAMENTO SOMENTE EM DVD PARA O VAREJO
INFORMAÇÕES SOBRE O DVD
DATA DE ENTREGA: 22/06/ 2011

segunda-feira, 20 de junho de 2011

ANIMA INFO 1430

Estudo sobre mangás no Brasil está disponível como livro

O livro Mangá Tropical- Um Estudo de Caso já está disponível e pode ser adquirido neste link. Baseado em um trabalho de conclusão de curso, a obra tenta contribuir para o entendimento de simples questões: se no Brasil se faz o genuíno mangá.
O trabalho foi um estudo de caso do almanaque Mangá Tropical, da editora Via Lettera, e se torna importante, hoje em dia, porque muitos autores afirmam ter recebido a influência da estética e narrativa dos mangás. Coube a esse trabalho determinar alguns fatores para ajudar a entender se, de fato, os autores brasileiros estão fazendo mangás no Brasil. O livro trará, como bônus, um texto do autor lançado para uma antologia, além da biografia do mesmo.
Mangá Tropical- Um Estudo de Caso foi escrito por Patrick Raymundo de Moraes, que possui livros em muitas temáticas: Teologia, Comunicação Social, Poesia e Contos. Atualmente, Patrick já publicou 4 livros solo e mais de 28 antologias e está trabalhando na reedição de outro livro. É membro da ANE (Associação Nacional de Escritores), UBE (União Brasileira de Escritores), CBL (Câmara Brasileira do Livro) e Acadêmico Correspondente da Real Academia de Letras do Brasil.

Nota Oficial: Comissão de Reformas do Estádio do Morumbi

E isso sem precisar "mendigar" para governos e nem reclamar para deputados a falta de verbas...

Nota Oficial: Comissão de Reformas do Estádio do Morumbi
Site do Tricolor Paulista

Passado um ano desde que o site da CBF postou anúncio lacônico e arbitrário da suposta exclusão do Estádio do Morumbi da Copa do Mundo de 2014, é o momento de o São Paulo Futebol Clube vir a público para agradecer e prestar contas.
Agradecer pelo maciço apoio que recebeu da opinião pública Paulista e Brasileira desde então, refletida nas inúmeras manifestações de solidariedade e indignação que cidadãos que, independentemente da paixão clubísitica que professam, entenderam no ato praticado violência injustificada não contra um Clube, mas contra a Cidade de São Paulo e, do alto de sua importância, contra o Brasil.
Para tanto, essencial reconhecer o trabalho da imprensa isenta, que fez e faz de forma brilhante o seu papel fiscalizador ao comentar os fatos daquele momento tormentoso e de todas as situações que, desde então e até hoje, revelam cenário de incerteza e indefinição.
A imprensa informa, opina, reverbera a amplifica a voz e o pensamento do cidadão em sua casa e nas ruas e nisso faz do seu ofício função nobre e essencial para a Democracia.
Ao prestar contas, o São Paulo informa que, em nenhum momento, parou de trabalhar na modernização de sua arena e assim continuará fazendo, incessantemente, observando, no que couber, os projetos formulados em vista das adaptações para a Copa de 2014 e os cronogramas então elaborados.
O Estádio do Morumbi em junho de 2011 já tem praticamente concluída a reforma do Setor Inferior, em andamento a reforma do Setor Intermediário e o Clube trabalha para viabilizar a construção da cobertura de todos os seus assentos.
A População Paulista e Brasileira pode estar segura de que o reconhecimento do São Paulo Futebol Clube ao apoio recebido em todos os momentos se dará no esforço do Clube em tornar o Estádio do Morumbi ainda mais confortável e moderno, de modo que, quando 2014 chegar, São Paulo terá o Estádio do Morumbi pronto e preparado para continuar recebendo os maiores eventos esportivos e culturais realizados na Cidade de São Paulo.

domingo, 19 de junho de 2011

Nelson brilhante como sempre? Marchas que importam...


Navegantes,
O Nelson Machado fez um novo programa, brilhante como sempre. E não é brilhante somente porque há alguns comentários meus. :P É brilhante especialmente pelos comentários após os 20 minutos. Afinal, será que realmente o brasileiro tem lutado pelo que importa? Eu e o Nelson corroboramos com a mesma ideia. Vejam o vídeo. E quem chegou aqui pelo Papo com o Machado, abaixo, alguns lugares onde encontrar o meu livro: A Presença do Animê na TV Brasileira.

Livraria Beni: Rua Maria Candida 1229 - Vila Guilherme, São Paulo SP.
HQ Mix: Praça Roosevelt nº.142, Centro – São Paulo/SP - Tel.(11) 3259-1528
Livraria Fonomag: Rua da Glória, 242 - Liberdade - 01510-000 São Paulo - SP
Fones: (11) 3104-3329 / 3399 Fax: (11) 3105-2641 e-mail: fonomag@uol.com.br

Pela internet:

Rika Store: http://www.rika.com.br/shop/catalog/product/view/id/4943/s/presenca-do-anime-na-tv-brasileira/
Editora Laços: http://www.editoralacos.com.br/presenca-do-anime-na-tv-brasileira.asp
Comix Shop: http://www.comix.com.br/product_info.php?products_id=12377
Livraria Cultura: http://www.livrariacultura.com.br/scripts/cultura/busca/busca.asp?nautor=1490337&refino=1&p=1

ANIMA INFO 1429

Mostra de animação Japonesa na Caixa Rio

A Caixa Cultural Rio de Janeiro e a 3 Moinhos Produções apresenta, de 28 de junho a 10 de julho, a mostra de cinema O Universo de Miyazaki Otomo Kon com 18 longas-metragens de animação. Esta mostra, além da cinematografia de Miyazaki, se expande para as obras de Katsuhiro Otomo e Satoshi Kon, ambos também marcados pelo refinamento nas produções e temáticas fora do convencional industrial.
Além da exibição dos filmes, a mostra promoverá também um curso sobre a obra de Miyazaki, em quatro aulas, e uma oficina de mangá com Fabio Shin, ambos com inscrições gratuitas. A oficina pretende abordar noções de desenho, espacialidade e estilo de narrativa através do desenho impresso. Os alunos produzirão os seus próprios mangás durante as aulas, ao mesmo tempo que participarão de um estudo estético de um autor de mangá.
Apesar da animação japonesa ser sempre associada ao termo anime, tal termo hoje não se refere genericamente a qualquer animação produzida no Japão, e sim a um estilo fortemente arraigado e de características marcantes, como os populares olhos grandes e a animação econômica e de movimentos expressivos.
A consolidação deste estilo veio da adaptação deste estilo de animação aos prazos curtos e pequenos orçamentos das séries televisivas nipônicas. Porém, o mesmo processo industrial que criou o estilo anime também gerou insatisfações entre os artistas e correntes contrárias a essa forma de produzir. Esses "transgressores" do sistema japonês optaram pela animação de apelo autoral em longas-metragens cinematográficos para fugirem da massacrante produção de séries televisivas.
A criação do Studio Ghibli, por Hayao Miyazaki e Isao Takahata, que tinha como proposta ser "um vento que varresse a cabeça dos artistas" mostrou que tal forma de trabalho era possível, e criou seguidores. Obras produzidas antes e depois da fundação do Studio Ghibli, como Nausicaä do Vale dos Ventos e Meu Vizinho Totoro abriram caminhos para o surgimento de Akira, o filme fenômeno de Katsuhiro Otomo, e para a breve e bela cinematografia de Satoshi Kon (falecido em 2010) e o seu mundo de sonhos em Paprika.

ANIMA INFO 1428

Oficinas de animação 2D e modelo vivo em julho em SP

O mês de julho terá muitas atividades na RR Animation Films. Criada por Rosana Urbes e Rune Bennicke, em 2004, quando os dois ainda trabalhavam nos estúdios Disney, a produtora de São Paulo reabrirá suas portas para duas oficinas: Animação 2D tradicional: o processo de produção de um longa-metragem de animação e Oficina de desenho com modelo vivo.
O objetivo das cursos é apresentar todos os detalhes da produção de um filme de animação e promover encontros para a prática de modelo vivo. As aulas serão coordenadas por Rosana Urbes, animadora que participou dos filmes “Mulan”, “Tarzan”, “A Nova Onda do Imperador” e “Lilo & Stitch”. As inscrições podem ser feitas pelo email contato@rranimationfilms.com ou pelo telefone (11)2597.7215 – falar com Filipe (após às 13h).
As atividades são pagas, mas é uma rara oportunidade de aprnder melhor a técnica de animação. Informações adicionais sobre a produtora e os palestrantes é só acessar o RR Animation Films. Confira a programação:

Oficina 1 – “O processo de produção de um longa-metragem de animação”
- Dia 05/07 (terça-feira): A história da animação: estilos, possibilidades e o 2D tradicional como base de desenvolvimento de outras técnicas – com Jonas Brandão;
_ Dia 06/07 (quarta-feira): Etapas de realização e processos de desenvolvimento de filmes de animação em grandes estúdios: ideia, roteiro, layout, storyboard, rough, clean-up e finalização – com Rosana Urbes;
_ Dia 12/07 (terça-feira): Os princípios básicos da animação: o princípio da onda, overlaping, follow thru, arcos, squash e stretch, timing, acting e as demais teorias – com Paulo Ignez;
_ Dia 13/07 (quarta-feira): Rascunhos de animação com a prática de modelo vivo: com base no trabalho desenvolvido na Disney, a aula mostrará como implementar o modelo vivo como exercício no desenvolvimento de filmes – com Rosana Urbes;
SERVIÇO:
Local: RR Animation Films – R. Aporá, 65 – Aclimação (entrada pela lateral do Parque da Aclimação)
Carga horária: 10h (4 dias, das 19h30 às 22h)
Valor total: R$ 500,00 (matrícula + 1)
Inscrições abertas: contato@rranimationfilms.com / 11-2597.7215 (após às 13h) – VAGAS LIMITADAS

Oficina 2: Desenho com modelo vivo – com Rosana Urbes
Oficina de desenho com modelo vivo propõe técnicas desenvolvidas nos estúdios Disney, durante a produção dos filmes “Mulan”, “Tarzan”, “Nova Onda do Imperador” e “Lilo & Stitch”.
SERVIÇO:
Local: RR Animation Films – R. Aporá, 65 – Aclimação (entrada pela lateral do Parque da Aclimação)
Carga horária: 8h (dias 07, 14, 21 e 28/07, das 20h às 22h)
Valor total: R$ 250,00
Inscrições abertas: contato@rranimationfilms.com / 11-2597.7215 (após às 13h) – VAGAS LIMITADAS

quarta-feira, 15 de junho de 2011

ANMTV é a favor da censura

Atualização em 18 de junho de 2011, às 12h30: Apenas um acréscimo ao título: ANMTV (Anime, Mangá e TV) é a favor da censura.

Navegantes,
Todos sabem que sou contra censura. Raramente podo comentários no blog. Só não coloco os que são ofensivos a terceiros. Quem acompanha este blog sabe que até mesmo comentários contra mim costumo postar. Já tive diversos problemas em relação aos textos que copiam de mim! E não foram poucos os problemas que tive ao longo dos anos.
Por que estou escrevendo tudo isso? Bem, hoje, após muitos anos de quebra-paus, vi um site de animes CENSURAR outro site de animes e com uma justificativa, no mínimo retardada. Sim, retardada no sentido mais pejorativo que existe. O site ANMTV (Anime, Mangá e TV) solicotou a retirada de conteúdos do site MAIS DE OITO MIL. O motivo alegado é o de que o site da Mara "violou" os "direitos autorais" do ANMTV.
Agora... que direitos? Gente, o ANMTV tem autorização para fazer aquelas imagens do topo do site? Tem autorização dos sites internacionais para traduzir, e MUITO MAL traduzido, as notícias sem citar as fontes? Tem autorização para exibir trailers? Olha só a cara-de-pau: vejam esta notícia. Neste exato momento, às 00h22 do dia 15 de junho de 2011, pergonto: por acaso colocaram de QUAL site tiraram a informação? NÃO. E isso vale para 99% das notícias do site. E só para constar, grande parte das notícias saem do site TV Latina e a notícia em questão, provavelmente deste link.
É um verdadeiro festival de "control c contrl v" traduzido de sites internacionais e até nacionais. E sabe o que é mais ridículo? A cada duas linhas, "três" têm erros grotescos de língua portuguesa. É um verdadeiro assassinato para com a norma culta. A coisa é tão ruim que não é norma culta, nem popular, nem nada. Dá até para brincar: eles têm autorização para errar tanto assim no português?
E era tudo isso que a Mara ironizava. Como a Mara mesmo disse, ela já falou com algumas pessoas da área, já zoou com vários sites de animes! E nem eu escapei... Não escapou ninguém da Mara. Mas, o ANMTV é um prato cheio para ela porque os caras escrevem tanta, mas tanta, mas tanta merda, fossa, rio Tietê, que não tem como não zoar.
O que é mais triste é ver que usaram de um método nefasto para "calar" a Mara. Isso é censura disfarçada de "direito autoral". Um direito autoral, que, como provado acima, não existe. Ou melhor, existe para eles e só para eles. Uma vergonha sem tamanho. Lastimável.
Eles deveriam ter respeitado o MEU DIREITO tempos atrás. Direito que eles falaram agora, mas se esqueceram quando pegaram sem minha autorização prévia a entrevista feita com o James Mcleod. "Ah Sandra, mas não achei não banco de dados deles", claro que não vão achar. Por quê? Porque deletaram, pois eu já havia me queixado neste post, ano passado. Deletaram parte da "prova do crime"... Os e-mails estão bonitinhos, guardadinhos...
Este é todo o respeito de "direito autoral" que estes moleques ridículos têm. Inclusive, como eles não devem saber... a questão do direito autoral está sendo amplamente discutida pelo Ministério da Cultura. É, certamente, um dos pontos mais cavernosos da questão cultural atual. Mas, não dá para esperar que meninos de fralda saibam disso... O site do MinC deve ser sofisticado demais para a cabeça deles...
Aos leitores do Papo de Budega que são CONTRA qualquer tipo de censura, escrevam em seus sites, Twitters, Facebooks, etc:

O @ANMTV é A FAVOR da censura! vejam a nota http://maisdeoitomil.wordpress.com/2011/06/14/comunicado-do-mais-de-oito-mil-a-seus-leitores/!!

Quando a gente pensa que só político censura, usa a "lei" para calar um Estado de São Paulo, outros neste país também o fazem, igualzinho a época do regime militar. E é triste ver nos comentários do post da Mara que teve gente que gostou. Realmente, esta molecada atual não sabe o que é ditadura. E quando tem algo que pareça, aplaudem. É o fim.

sábado, 11 de junho de 2011

Tron, uma odisseia ao longo dos anos...

Navegantes,
Finalmente assisti a Tron: Uma Odisseia Eletrônica. Curiso ver este filme. Lembro que nunca o vi inteiro na Sessão da Tarde. Vi só alguns trechos. E só hoje, depois de tanto tempo, sei de onde tirei a referência de um elemento de uma história minha... Ficou no meu subconsciente a arma usada no filme.
Também é compreensível o porquê do longa-metragem ter sido um fracasso na época! É ruim? Não é. É um bom filme. Mas, em 1982... termos como "usuário" e "programas" não estavam no "subcosciente" coletivo. As pessoas simplesmente não tinham ideia do que estava se falando no filme. E hoje é tudo tão claro...
Também é interessante ver o extra. Houve muita cena ali que não foi efeito de computação gráfica, mas sim, pintado na mão mesmo. Quadro a quadro. Mas, claro... Tron é um clássico especialmente por ser o primeiro filme com sequências inteiras em CG.
Comprei-o batarinho na livraria Cultura. É uma boa aquisição. Inclusive, para entender melhor Tron Legado e em breve, Tron: Uprising, animação que ira ao ar em 2012 no Disney XD. Muito bacana!

O que é fazer humor? Fazer rir?

Navegantes,
Tenho dito diversas vezes aqui o quanto estou estarrecida com uma série de coisas que têm acontecido nos últimos tempos. E já faz algum tempo que estou com vontade de falar de humor. O que é humor? O que fazer graça? Falar algo engraçado, fazer graça, seja em teatro, cinema, TV, etc é talvez mais difícil do que fazer chorar.
Nunca foi fácil fazer as pessoas rirem. Charlie Chaplin que o diga. Chaves, Os Trapalhões, Chico Anysio... Ser engraçdo é muito mais que dizer um monte de bobagens. Ofender, incitar a violência, seja contra quem for, isso não é e nunca será graça. Os palhaços, lá nos primódios da Era medieval, falavam dos absurdos da sociedade ao rei. Eram eles os verdadeiros "orientadores" dos soberanos. Estes últimos sabiam verdadeiramente dos problemas do reino pelos palhaços.
Com o passar do tempo, ser palhaço mudou um pouco. Tornou-se algo mais lúdico, infantil. Mesmo assim, no último século, tivemos muitos palhaços geniais, que não precisaram de muito para fazer rir. Como citado acima, Chaplin, Roberto Bolaño com seu Chaves, os quatro Trapalhões e sim, o inigualável Chico Anysio. Este último conseguia fazer crítica social com genialidade única.
E há outras formas geniais de piadas, como as que no espetáculo teatral A Incrível Batalha Pelo Tesouro de Laduê. É um monte de gente talentosa junta em uma apresentação inteligente, coerente, lúdica e sincera. Pode ser invanfil? Pode. É qualquer um que sabe fazer isso? Não, não é.
E há (houve) os que são somente adultos com o Ary Toledo e a Dercy Gonçalves. Muito palavrão? Muita "tiração" de sarro com os outros? Sim. Mas, nunca incentivaram nenhum tipo de violência. Não que eu me lembre...
Nenhum dos citados se diz comediante e sai incitando violência. Diferente de Rafinha Bastos, que como ele mesmo disse no seu Twitter: "Oi, meu nome é Rafinha Bastos. Eu sou comediante. Comediante faz piada. Obrigado." em 12:07 PM Jun 8th. Os citados acima não incitam violência. Já Rafinha, que se sente muito engraçdo, incita e incita violência, como podemos ver na matéria do Comunique-se.
Se ele realmente não acha ser "nada" ser estuprada, Rafinha Bastos deveria ter estrupado por um negão de 2 metros (em todos os sentidos)! Daí, veríamos se ele faria "piada" com assunto estupro. Mas, ele só disse o que disse porque deve ser filho de chocadeira, se tivesse mãe, teria falado aquilo?
Ser comediante é fazer rir. Fazer os outros rirem. Quando, de repente, as pessoas não acham graça na piada, quando a piada incita violência, é porque a pessoa é tudo na vida, menos comediante. Os outros citados acima eram e são comediantes. São, muitas vezes, os verdadeiros "palhaços" que a sociedade precisa. Porque que incita a violência, não é comediante, não é palhaço. É só um engravatado que, provavelmente, não teve mãe.
E não, não sou feminista. E não acho - que como uns e outros - que deveria haver uma lei específica para a bobagem dita... Porque já existem leis. E incitar violência contra o ser humano (no caso, mulher), já está incluso no Código Penal. Se fosse com alguns outros, já se estaria falando em "mulherfobia"...


quinta-feira, 9 de junho de 2011

ANIMA INFO 1427 - Especial

Kung Fu Panda 2


Kung Fu Panda 2 chega aos cinemas brasileiros nesta sexta-feira. A história é a continuação do título lançado em 2008 pela Dreamworks e Paramount Pictures. O panda Po está finalmente vivendo o sonho de ser o Dragão Guerreiro, protegendo o Vale da Paz ao lado dos seus amigos e mestres do kung fu, os Cinco Furiosos, e de seu mentor Mestre Shifu.
Mas, a nova vida de Po é ameaçada pela chegada de um terrível vilão, Lorde Shen, que planeja usar uma arma secreta e imbatível para conquistar a China e destruir o kung fu. Agora, Po precisa conhecer seu passado para descobrir a verdade sobre sua misteriosa origem – só assim ele poderá liberar a força que precisa para vencer.
Esta animação é melhor que a primeira, com tiradas de humor interessantes e alguns bons momentos de emoção. Um dado interessante: assim como no primeiro filme, a continuação tem sequências em estilo 2D, no passado e lembranças de Po, o que dá uma dinâmica diferente ao título.

Ainda há algumas "caras e bocas" no traço dos personagens, o que caracterizou as animações da Dreamworks por muito tempo. Entretanto, sem os exageros vistos, por exemplo, em Madagascar. A música do já consagrado Hans Zimmer (Os Simpsons - o Filme, Piratas do Caribe, o Rei Leão) e John Powell (Como Treinar o Seu Dragão, Rio) é outro ponto forte da animação.
O que desagrada um pouco em Kung Fu Panda 2 é o início da dublagem. Lúcio Mauro Filho carrega demais no sotaquês e também nas gírias "carioquês", deixando o jeito do personagem Po com um "ar falso". Fora isso, o trabalho de dublagem, especialmente de Leonardo Camilo (mestre Shifu), foi boa. Uma boa animação para assistir e se divertir. Certamente, melhor que a primeira.

terça-feira, 7 de junho de 2011

ANIMA INFO 1426

Mr. Bean animado chega em DVD

Mr. Bean – A Série Animada – Vol. 1 chega ao mercado de DVD em junho. A animação é baseada na série de TV de mesmo título, grande sucesso da TV mundial. O desenho animado mostra as aventuras do adorado e atrapalhado Mr. Bean, que vive em seu apartamento com seu amado ursinho de pelúcia Teddy, onde toma decisões idiotas, mas sempre cria soluções brilhantes. Mr. Bean também precisa levar a melhor com a diabólica proprietária do imóvel, Sra. Wicket, e o seu horroroso gato caolho Scrapper.

13 Episódios: 3 disco
Mr. Bean – A Série Animada – Vol. 1 (Mr. Bean The Animated Series Vol. 1 )
PAÍS/ANO DE PRODUÇÃO: Inglaterra/ 2002/2003
GÊNERO: Animação
MINUTAGEM: Aproximadamente 22 MINUTOS cada episódio
LANÇAMENTO SOMENTE EM DVD PARA O VAREJO

Quem participa de tudo... não participa de nada...

Navegantes,
Vendo esta notícia da Folha Online, realmente... É de chorar. Já faz muito, mas muito tempo que a juventude, inclusive a da minha época não tinha e não tem conceitos. Não tinha e não tem nada. Parece que os jovens atuais não brigam por causas. Mas, juntam-se a alguns para fugir de aulas, parecer "legal"! E são facilmente levados por ideias alheias.
A educação está tão deturpada, que aceitam tudo que é modinha. Se isso é ruim? Oh se é. Daí, lemos alguns absurdos como gente achando exagero os erros cometidos nos livros de português e matemática do MEC. Gente achando que uma opinião alheia é conservadorismo ou algo ultrapassado. Acham que ser "normal" é ser cafona, ser ridículo, ser conservador, ser preconceituoso...
Enfim, acham o que "alguns" lhes dizem ser verdade. Verdade esta que será mesmo verdadeira? Há muito tempo a juventude está assim. Não tem mais sentimento político. E vejam... político no sentido real da palavra. Político não é ser partidário. Mas, vai falar isso para esta galera de hoje... Hoje, não há lutas, mas fugas de compromissos... E atuações ridículas em manifestações. Daí, ainda perguntam porque algumas manifestações não são levadas a sério. E dá para levar a sério a atuação de muitas pessoas aí? Esta matéria da Folha ilustra o que estamos vivendo. Gente que diz participar de tudo, no final, não participa de nada... E a coisa começou uns 15 anos atrás com os "Caras Pintada"...
A Revolução dos anos 60 foi positiva em algumas coisas, sim... Mas, parece, saíram alguns conservadores para entrarem outros. Com suas ideias e seus conceitos e seus preconceitos. Porque é possível ser preconceituoso sendo "descolado". É, oh se é... O pior tipo de preconeito que existe, o camuflado... O resultado está aí... E olha, daqui para frente, só piora. Triste, né?


domingo, 5 de junho de 2011

Uma coleção invejável...

The Don Rosa House Tour, Part 1: The Studio from Jano Rohleder on Vimeo.

Navegantes,
Esta dica veio de Fernando Ventura, autor do Disney Made in Brazil. Ele ccoloca algumas curiosidades no site, inclusive algumas coleções nacionais de produtos Disney. Mas, a grande dica foi um vídeo que não está lá.
São só 20 minutos de Don Rosa e sua coleção de produtos Disney. Quem é Dom Rosa? Bem, ele é considerado um dos grandes mestres dos quadrinhos Disney da atualidade. Talvez por se aproximar do estilo Carl Barks (o criador do Tio Patinhas). Vocês verão que em cima da TV, ele tem diversos personagens. Ali, pelo menos, falta a Pata Lee, que orgulhosamente eu tenho e está junto de minhas fitas VHS.
Vídeo interessante, até mesmo para aprender como guardar e armazenar seus produtos preferidos. Um dia, terei um armário de vidro para colocar minha coleção da Rosa de Versailles. E Gyabbo, desculpa aí... Mas sua coleção parece "fichinha" comparada a do Don Rosa. Não esquenta, você chega lá! hahahahah hahahah

ANIMA INFO 1425

MTV Movie Awards 2011 no dia 12

No domingo, dia 12/06, a partir das 21h30, a MTV vai exibir sua premiação anual do cinema - o MTV Movie Awards 2011, que acontece hoje. Neste ano, a cerimônia será apresentada por Jason Sudekis, conhecido por atuações em “30 Rock”, “Passe Livre”, e nas melhores cenas de humor vistas por ai.
Os telespectadores vão acompanhar quem foram os vencedores escolhidos em diversas categorias que só poderiam existir mesmo em um evento da MTV, como, por exemplo “melhor cara assustada “melhor beijo” e “melhor briga”. O vencedor de cada categoria leva para casa a já conhecida e clássica estatueta em forma de pote de pipoca dourada.

Dia: 12/06
Exibição: domingo, às 21h30
Duração: 45 minutos
Reprise: quarta, 15/06, às 15h45 e sábado, 18/06, às 16h30

ANIMA INFO 1424

Disney estreia novos episódios de Stitch!

Em junho, o Disney Channel estreia novos episódios de Stitch!, anime baseado na versão cinematográfica de Lilo & Stitch. Quando Stitch acidentalmente aterriza em uma remota ilha paradisíaca no sul do Japão, conhece e inicia uma grande amizade com Yuna, uma garota local que apresenta a divertida ilha ao Stitch, repleta de lendas e mitos locais, além de inumeráveis aventuras. Stitch decide ficar na ilha quando conhece mais sobre a Grande Pedra Espiritual Chitama, que dizem realizar desejos. De todas as maneiras, realizar o sonho de Stitch não é tão fácil como parece.
Ele deverá fazer uma grande quantidade de coisas boas para merecer que a mística pedra o ajude, o que pode se transformar em um difícil desafio para os costumes de Stitch. Apesar dos obstáculos, sem mencionar as malvadas intervenções do vilão Dr. Hamsterviel e outras forças opositoras, com a ajuda e o apoio de Yuna e seus amigos, e com o novo invento de Jumba que contabiliza as coisas boas, Stitch parte para cumprir sua missão e obter o poder mais poderoso do universo.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Um último papo sobre o estúdio Álamo?



Navegantes,
O caro Nelson Machado (visite o blog dele) ficou umas semanas sem fazer o Papo com o Machado, mas voltou. Agora, ele fará quando chegar aos 1000 acessos. Assim, espero que ele chegue logo! No programa atual, Nelson conseguiu o que ninguém tinha conseguido ainda, falar com Alan Stoll, o dono da Álamo. Stoll fala claramente, sem rodeios e de forma bem sincera os motivos do fechamento da Álamo, que fecha mas honrará todos os seus compromissos. É uma pena. E para pensar o que está acontecendo com nossa dublagem. Veja, acho que é importante.

ANIMA INFO 1423

MTV Brasil reestreia Fudêncio

A turma do Fudêncio volta às aulas na próxima quinta. Com 13 episódios inéditos, Fudêncio, Funérea, Conrado e companhia, retornam com histórias "quentes", cada vez mais provocativas. No episódio de estreia, Fudêncio monta uma ONG para extorquir dinheiro de um rico empresário. Mas seus planos são ameaçados, quando uma jovem surfista chamada Bruna se apaixona pelo endinheirado e bem intencionado senhor.

Estreia dia: 02/06
Exibição: Quinta, ás 22h45
Reprises: Domingo, 05/06, ás 3h15 - Segunda, 06/06, ás 1h15
Classificação Indicativa: 14 anos


←  Anterior Proxima  → Inicio