Desejo: Boas Festas...

sábado, 1 de outubro de 2011

Licensing Brasil Meeting 2011 parte 1

Navegantes,
Nesta semana aconteceu o Licensing Brasil Meeting 2011, o maior evento de licenciamento do país. Para quem não sabe o que é licenciamento... É quando você tem um título e você próprio, ou seu agente, querem vender produtos de sua obra.
Daí, você ou seu agente licencia (cede os direitos) para quem quiser comercializar produtos com seu personagem. Claro que, conforme a negociação, uma parcela das vendas vai para você. É no licenciamento que autores e produtores ganham dinheiro. Com as vendas de produtos oficiais: camisetas, bonés, cadernos, shampoos, etc...
Assim, você que é autor entrega seu título para que um agente licenciador negocie sua obra. O Licensing Brasil Meeting 2011 reuniu os principais licenciadores e estes negociaram com as empresas. Houve vários estandes que poderão ser vistos no vídeo que o Papo de Budega colocará em breve. E houve também palestras. E foram pelas palestras que podemos perceber as tendência para 2012 e 2013. E algumas destas tendências são bem claras: esportes (especialmente carros, lutas e radicias), clássicos, ícones, meninas meigas e heróis. Além claro, os infantis.
Dividiremos esta matéria em duas. Primeiro falaremos das tendências e curiosidades. Depois, de algumas marcas propriamente ditas. Um ponto interessante possível de notar foram os ícones: imagens e/ou palavras "estilosas". Curiosamente, há uma grande aposta quanto aos ícones especialmente para o público Tween. O que raios é Tween? São os jovens que não são crianças e nem jovens. Tipo... sabe aquela fase dos 10, 11, 12 anos? Pois é, são eles! Há uma aposta nos ícones para esta faixa, que não é mais criança e nem jovem...
Outro ponto curiosíssimo é o interesse pela classe C. Ficou claro que o mercado ainda não sabe lidar direito com este público. Tanto que duas palestras foram de vital importância para os presentes: da Play e WGSN, duas empresas de pesquisas e tendências de comportamento. Muitas companhias têm seus próprios departamentos de pesquisa, como a Nickelodeon, mas outras não...
Também é fato que houve algumas ausências na parte da exposição: Disney e Mattel. Motivo? Sinceramente, acho que confiança absoluta em suas marcas próprias. A Disney com o Mickey, a Mattel com a Barbie. Além disso, no caso da Disney, a empresa faz eventos próprios ao longo do ano. Ambas empresas só participaram como palestrantes... Mas, a ausência - se é que algum dia houve participação - mais estranha foi da Sony. Não havia estande e nem houve palestra. Marcas como Animax, pelo visto, não devem significar nada para a empresa...
Outra curiosidade são as "cópias". Os palhaços Patati Patatá, da Kasmanas, ao que todos mencionaram, foram os primeiros do segmento. Daí vieram os posteriores... E, como a Disney foi a primeira a se apresentar, ela mostrou a gatinha Marie. Só que depois, outras empresas apresentaram personagens semelhantes para o mesmo público. Quem copiou a ideia de quem? Se é que alguém realmente copiou? Não sei. Mas, uma coisa é certa, o registro visual da primeira marca é a que fica...
Talvez, por isso mesmo, a Disney desejou ser a primeira a se apresentar, mas isso não perguntei para a organização. E, na próxima matéria, uma super entrevista com Marici Ferreira, diretora do Espaço Palavra, o organizador do evento. E muitas outras novidades. Aguardem a parte 2. Haverá animes? O que de mais importante e o que certamente o mercado vai abarcar!!!
←  Anterior Proxima  → Inicio

5 comentários:

Makabro disse...

Muito boa essa primeira parte, principalmente a explicação do que é licenciamente para os semi-leigos. =D

Diogo Aires (Dood) disse...

Também é fato que houve algumas ausências na parte da exposição: Disney e Mattel. Motivo? Sinceramente, acho que confiança absoluta em suas marcas próprias.

-Quanto a Mattel não esqueça de Hot Weels, Polly, Max Steel... Uma pena que ela tenha desistido dos MatchBox, mas foi devido a poucas vendas por aqui, os colecionadores de carrinhos ficaram orfãos das replicas mais sérias.

-A Hasbro chegou a falar algo?: porque ela é dentendora de muitas franquias de tabuleiro que eram represantadas pela Estrela (Monopoly, Clue etc...), GI Joe, My Little Ponei e Marvel.

sandra monte disse...

A Hasbro tem mais de 1000 títulos Dood!

Mas, entre as propriedades deles, não citaram GI Joe. Ou citarma? O_o Putz, cara... agora não lembro ao certo...

E Marvel é única e exclusivamente da Disney agora.

Diogo Aires (Dood) disse...

E Marvel é única e exclusivamente da Disney agora.

-Sim eu sei, mas a Hasbro que produz a linha de brinquedos (no caso Marvel Legends e Marvel Universe).

sandra monte disse...

Mas a Hasbro só produz.

É fabricante. Não é a proprietária da marca.

Qualquer novidade de informação fica por conta da Disney.