Desejo: Boas Festas...

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

O streaming e a mudança de comportamento do otaku brasileiro...

Navegantes,
O texto abaixo, escrevi neste post do JBox News. Mas, acho importante o tema "streaming". E, sim, que defendo uma mudança de comportamento dos otakus. Pois, só assim teremos animes de forma oficial e produtos oficiais chegando aqui.

A galera que acompanha o Papo de Budega (veja em busca) e os comentários daqui, sabem que sempre defendi a exibição em streaming no Brasil. Não adianta esperar mais pela TV. Tem que ser pela net ou DVD.
Não sou eu quem diz, mas há dados estatísticos do aumento do número de usuários de banda larga. Então, isso não seria um grande problema. Até porque, como disseram, há várias versões em streaming de "net lenta" e "net rápida".
Não pensem vocês que minha net é rápida não... Minha conexão é de 500 kbps. E dá para ver. Claro, não dá para ficar com 500 janelas abertas... Mas, dá para ver se o streaming for "leve".

Não acho que as pessoas devam comprar para "ajudar".
Sei que a JBC tem boas traduções e outras tantas desastrosas.

Só que o comportamento de muitos otakus (certo, não vamos generalizar) deve mudar. Bem, do brasileiro em geral. Se a pessoa já assiste ao material na net, vai em eventos e gasta com pirataria, por que não comprar algo oficial a um preço razoável?
É isso que eu falo. Infelizmente, tem gente que faz questão absoluta de apoiar produto pirata quando há um oficial no mercado. Isso não faz sentido, dar grana para quem não gastou nada e ainda, quem sabe, tem lucro com um produto.

É a consciência do respeito primordial para com:
Os autores. Mesmo que ganhem um centavo, seu dinheiro vai para eles.
O aquisidor nacional. Nada sai de graça. E todos temos que ter lucro. Vivemos no mundo capitalista. Isso é básico.
O governo. Bem ou mal, gostando ou não, acho sim que temos que pagar impostos. Parte da grana vai sim para o governo em impostos. E em fansubs? Vai?

São pequenas coisas que demonstram civismo, convivência em uma sociedade. Querer continuar baixando, quando há um produto original sendo lançado, para mim é pilantragem.... Só mesmo em um caso extraordinário para não comprar um pacote. Tipo, a JBC escrever "nóis vai, nóis vem" na legenda...

E, eu acho que pode dar certo, pois é uma questão mercadológica recorrente no Brasil no mundo. Várias empreas estão estudando e vão, em breve, lançar seus produtos em streaming. Este é o meu lado jornalista.
E quero que dê certo, pois o êxito pode trazer DVDs. Este é meu lado fã. Ok?
E sim... Seria FODA se a JBC fizesse um acordozinho com a VIZ e lançasse InuYasha Final Act...


←  Anterior Proxima  → Inicio

15 comentários:

Patrick Raymundo disse...

Sandrinha, novamente um comentário ponderado e excelente! Por isso que sou seu amigo e fã! Concordo com seu ponto de vista. Oras, se existe um streaming tv com animês, de forma oficial, para o Brasil, e custando cerca de 6 dólares para se ter acesso a produtos de qualidade, é claro que não devemos usar fansubs. Isso é pilantragem, como você disse. Estou assistindo o crunchyroll e a qualidade é ótima e, em breve, teremos legendas em português. O autor ganha, o governo ganha, a empresa brasileira ganha e nós, como espectadores, ganhamos também, pois vai nos trazer outros produtos. Se alguém ainda defende fansubs, tendo a distribuição oficial já no país, não é nem fã, nem cliente e nem cidadão.

Felipe disse...

Acho que você disse bem que não devemos comprar para ajudar, mas que também não faz sentido preferir a pirataria cegamente.

A JBC não precisa de caridade, mas não arranca pedaço se eu souber que algum título que eles tragam na primeira leva me interesse e resolver assinar. Se eu não gostar do serviço, reclamo (e com razão, pois estou pagando, sem estar submetido aos caprichos de algum fansubber narcisista que vai me mandar àquele lugar se eu disser um pio sobre as legendas dele).

Esse negócio de querer boicotar sem nem ter experimentado é criancice. É birra de pré-escola mesmo.

Assim como é bem ridículo o cara que se sente "poderoso" poorque está burlando o sistema e assistindo de graça ou pagando muito baratinho. Ou aquele que se ilude achando que vendedor de anime pirata em DVD na Anime Friends é fã que faz um trabalho apaixonado porque ama as séries. Balela, isso talvez só exista em fansubs gratuitos na internet e olhe lá.

Assinar também é melhor do que fansub porque, por estarmos pagando, podemos exigir continuidade, sem correr o risco de ficar com a série inconcluída porque o cara que fazia as legendas anda com muitos trabalhos na escola / faculdade.

Enfim, se a tradução for boa (e eu faço votos que seja), acho que o preço pode valer pela comodidade sim.

Diogo Aires (Dood) disse...

Hoje em dia anime é nicho, não algo de explorar e de se ter grandes lucros...

John's Chronicles disse...

eu vou assinar pra fazerminha parte como colaborador do mercado...

mesmo tendo pouco tempo pra assistir. de uma forma ou de outra, acho q é uma ótima iniciativa...

e apesar do povo chiar com a JBC, eles pelo menos conhecem o produto com o qual vão trabalhar de verdade... ñ é q nem um Angelotti da vida q vende sailor moon p/ distribuidores pequenos sem falar da roubada q estava colocando o cara...

adoro sailor moon, mas a confusão pra lançar isso aqui de forma decente é complicado...

daqui a pouco sai o DVD e as informações de bastidores vão acabar saindo tb... tenho certeza q se sair algo bom (tirando dublagem BKS) foi p/ esforço dos envolvidos... e ñ do Angelotti...

John's Chronicles disse...

Felipe, eu concordo muito com os pontos q vc destacou...

apoiado!!!!

lagarto disse...

O streaming pago já é realidade inclusive no Brasil (Netmovies , Saraiva Digital e em breve Netflix) , ainda que careça de uma gama maior de títulos e disponibilidade do serviço. Acho que este setor tem tudo para se desenvolver e muito nos próximos anos tendo em vista a melhora média na internet brasileira e ,principalmente, pela universalização das plataformas móveis (tablets) e aplicativos nas novas tv's.

reginalolipop disse...

Que seja um incentivo tambem pra conteudo dublado, por mais que seja cobrado postura dos otakus "anti-consumo", ninguem deve cair no erro do animax e criar motivos pra alguem reclamar.

Quer ganhar dinheiro? Faça o produto valer. Nada de esqueminhas e nem de investir em qualidade pra crianças ingenuas, como foi feito com Naruto.

ʻʻGʼʼ disse...

Oi Sandra. Você tem alguma notícia sobre o mangá de Sailor Moon no Brasil?

tamarus disse...

eu não sei, desconfio muito disso,
mas acho que devo dar um voto de
confiança, ja que não temos tido
muitas opções utimamente.
qualquer coisa pa barrar um pouco
a pirataria eu apoio.

Rafael Kaen disse...

Eu nem vejo via streaming, eu compro DVDs e tal, mas espero qualidade também, se for um lançamento decente eu compro!

BluBlu disse...

Sandra, eu vi em uns sites aí que a JBC NÃO vai exibir animes em streaming no Brasil, segundo esses sites, como o ANMTv e outros, um dos gerentes da editora(não lembro se era gerente ou outro cargo, mas é uma posição importante)Léo Lopes, disse que essas informações não passam de boatos, mas que seria interssante para a editora num futuro próximo, o que você acha disso, hein Sandra?

sandra monte disse...

Rebato a pergunta:
Você acredita em sites que promovem CENSURA?

Se acredita e acredita no que sites assim falam, então é melhor nem visita o Papo de Budega.

É isso o que eu acho.

dragondiego7 disse...

Ola galera bodegueira!

Acredito que o Leo Lopes apoia o streaming no Brasil, vc pode conhecer mais sobre ele no podcast Radiofobia.

Sobre o post achei muito bom, mas acho que a banda brasileira ainda é muito fraco. Como a maioria deve saber o que vc paga aqui por 1Mb equvale a 1Gb no japão. Na alemanha a conexão (discada) é de 128Mb. Acredito que isso seja um grante problema até se ter uma conexão de qualidade. Para não citar a péssima cobertura do 3G.

Sou a favor dos fansubs. Com certeza temos que pagar impostos, mas os valores absurdo tem dificuldado muito a importação de produtos de qualidade. Para não falar que acho muito errado no próprio Japão algumas políticas de publicações. Isso atrapalha e muito na aquisição de mídias aqui no Brasil.

Espero que com a chegada da netflix essa semana ao Brasil o mercado se abra para esse novo formato, aumentando a concorrencia e facilitando o acesso aos animes.

Abraço

Francisco Othon Pereira de Norões disse...

Televisão Brasileira é lixo..

Anônimo disse...

Si acontecer de ter um pouco dublagem de animes que ainda vai com a primeira vez o audio PT-BR, até queria assinar esse stream.