Desejo: Boas Festas...

quinta-feira, 7 de julho de 2011

Os Simpsons, a batalha perdida. Ou será a "guerra"?

Navegantes,
Não sei exatamente como esta informação será recebida por fãs de animes. Mas, fãs de animação em geral mais uma vez devem ficar preocupados. Segundo o Info Animation, Os Simpsons será exibido somente na madrugada de... sábado! Como eu disse, alguns fãs de animes que têm raiva pelo fato de não haver animação japonesa na emissora devido, justamente, a classificação indicativa. Estes devem estar adorando...
Mas, isso é muito ruim porque mostra que a classificação está cada vez mais pesada. E que nem mesmo a Globo está tendo força para rebatê-la. Ou seja, se até Os Simpsons saiu de um horário razoável, animes mais "fortes" como um Bleach da vida não terão, mesmo, condições de serem exibidos. Acho que não é mais uma batalha perdida, não. A "guerra" está perdida e foi sacramentada com a ausência de Os Simpsons no horário verspertino.


←  Anterior Proxima  → Inicio

15 comentários:

Lucas Navarro disse...

Horário razoável para os Simpsons é o horário em que a série passava antigamente no SBT.

Diogo Aires (Dood) disse...

Era só questão de tempo para haver essa reclassificação. É mais uma derrota pra esse sistema maluco de classificações que classifica um filme de Bang Bang na CNT como livre as 10 horas da noite.

Quer saber mais acompanhe esse tópico de uma comunidade do orkut:

http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=49612&tid=5545700354349908909&kw=classifica%C3%A7%C3%A3o+indicativa

Kauê disse...

Fato é que Simpsons não é adequado para o período matutino, e não Globo não há espaço para ele no final da tarde e toda a noite por questões mercadológicas. Sobrou pra madrugada.

Nem Simpsons nos EUA nem Bleach no Japão são exibidos de manhã (creio eu). Se o mercado deles tem abertura para isso, sorte deles. Felizmente nós temos a internet e as mídias físicas para nos amparar.

Roberta Caroline disse...

Mas eu sempre achei muito sem noção o fato dos Simpsons ser exibido no horário matutino. Aquilo não é desenho adegado para a faixa etária do publico desse horário. Achei até que demorou demais para haver uma adequação de horário ai. O problema, Sandra, nesse caso especifico, é que as emissoras deveriam ver que há desenhos que são somente para um publico mais maduro, acima dos 16 anos (ou 14). Simpsons e Bleach poderiam ser exibidos tranquilamente no horário nobre e ninguém reclamaria. Mas e ai né? As emissoras não tem essa intenção de criar um habito de um publico mais adulto também assistirem animações. E não acho Bleach "pesado", mas de fato, não é algo que deva ser destinado á um publico inferior a casa dos 12 anos, a não ser que sofra alguns cortes.

Fábio disse...

Simpsons não é desenho animado pra seu filho ver na TV Globinho. Ponto.
É humor crítico com cigarro, bebida e até preconceito. Certamente é mais leve do que Uma Família da Pesada e outros, mais ainda sim não é pra criança. Agora, se a Globo não consegue colocar na faixa nobre (ou é criança ou é madrugada), o problema é deles e o azar é nosso.

Lembra o que passava na TV antes da classificação indicativa? Deixa eu te lembrar: concurso de dança na boquinha da garrafa INFANTIL, no Domingo Legal. Que lindo, né? Menininhas ralando na boca da garrafa. Eu acho que isso é vergonhoso até pra mulher crescida fazer em público.

sandra monte disse...

Fabio,
Acho que você tocou no ponto:

Muitos problemas vistos hoje resultaram justamente das lambanças feitas por Gugu, Faustão e Cia...

Daí, desenhos animados têm sido popados. A questão: justamente ou injustamente?

Ana Carolina disse...

Deve sim haver classificação indicativa, mas eu discordo da forma atual que ela tem aqui no Brasil. O desenho dos Simpsons, por exemplo, não é tão pesado assim que uma criança com 10/12 anos não possa assistir e um horário bom para a exibição seria à tarde. O que fica pesado mesmo é que as emissores dão preferência a outros programas...

No fim, há também a internet. Qualquer um pode baixar quase qualquer programa que queira ver.

Francisco Othon Pereira de Norões disse...

por que classificação indicativa não tem telejornal ?

sandra monte disse...

Porque se houver censura em telejornal, seria crime contra imprensa.

nomes de bebes disse...

tv ultimamente ta ridicula

tamarus817 disse...

classificação uma ova!
é censura descarada mesmo
alias esse pais ta sendo
dirigido por fascistoides
desde a posse do lula
a liga da injustiça ( mp, mj)
ataca de novo.

Francisco Othon Pereira de Norões disse...

eu acredito ,TV Aberta é paga imposto...


http://www.fndc.org.br/internas.php?p=noticias&cont_key=29529

Anônimo disse...

Os simpsons na minha opinião era para ser exibido no horário noturno, pois como todo mundo sabe tem conteúdo adulto e várias cenas de sexo, mas a dona Globo não enxerga isso e insiste em colocar na tv globinho, agora a tv globinho está uma merda, porcaria não gosto de ver esse programa e ainda mais trocaram os apresentadores, que sinceramente afundaram mais o programa, é já vejo o fim da tv globinho

Anônimo disse...

no horário infantil estava terrível mas agora de madrugada está ainda ruim, pois 3 horas de madrugada é um pouco difícil de ver (ou acordar), o jeito mesmo é ver na FOX (canal pago) ou sempre apelar para a querida internet (que tem TODOS os episódios para baixar, já conferi e baixei).

Ludmila Monteiro disse...

Ah, fala sério.

Simpson não é desenho pra criança.

Nem Padrinhos Mágicos é, imagina Simpson...

A maioria das crianças nem entende a ironia, humor negro e sarcasmo presente neles. Tem muita ideologia nas falas das personagens que a criança só absorve também. Não tá num nível cultural que saiba filtrar aquilo.

Acontece que aqui todos pensam que desenho é coisa de criança e não é!

E se é prum público maduro, com certeza fica até inviável pra quem tem emprego fixo assistir desenho de manhã.

Você tá misturando coisas totalmente diferentes. Não tem nem comparação Bleach com Simpson. Não podem nem ficar na mesma frase.

Maior parte dos animes de ação devia passar entre 19h, 20h. Um horário pra jovens mais crescidinhos, igual que a Manchete fazia.