Desejo: Boas Festas...

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Irena Sendler ...sabe quem era?


Recebi por e-mail e ela realmente existiu. Acho importante saber que houve alguém como ela. E ver que não ganhou o Nobel da Paz... Enfim, leiam, para não deixar a História morrer e se repetir...

Irena Sendler. Uma senhora de 98 anos chamada Irena faleceu há pouco tempo. Durante a 2ª Guerra Mundial, Irena conseguiu uma autorização para trabalhar no Gueto de Varsóvia, como especialista de canalizações. Mas os seus planos iam mais além... Sabia quais eram os planos dos nazistas relativamente aos judeus (sendo alemã!) .
Irena trazia crianças escondidas no fundo da sua caixa de ferramentas e levava um saco de sarapilheira na parte de trás da sua caminhoneta (para crianças de maior tamanho). Também levava na parte de trás da caminhoneta um cão a quem ensinara a ladrar aos soldados nazis quando entrava e saia do Gueto.
Claro que os soldados não queriam nada com o cão e o ladrar deste encobriria qualquer ruído que os meninos pudessem fazer. Enquanto conseguiu manter este trabalho, conseguiu retirar e salvar cerca de 2500 crianças.
Por fim os nazistas apanharam-na e partiram-lhe ambas as pernas, braços e prenderam-na brutalmente. Irena mantinha um registro com o nome de todas as crianças que conseguiu retirar do Gueto, que guardava num frasco de vidro enterrado debaixo de uma árvore no seu jardim.
Depois de terminada a guerra tentou localizar os pais que tivessem sobrevivido e reunir a família. A maioria tinha sido levada para as câmaras de gás. Para aqueles que tinham perdido os pais ajudou a encontrar casas de acolhimento ou pais adotivos.
Ela poderia ter ganho o Prêmio Nobel da Paz anos atrás... mas não foi selecionada. Quem o recebeu foi Al Gore por uns dispositivos sobre o Aquecimento Global. Não permitamos que alguma vez esta Senhora seja esquecida!!

Passaram já mais de 60 anos, desde que terminou a 2ª Guerra Mundial na Europa. Esta mensagem está a se reenviando como uma cadeia comemorativa, em memória dos 6 milhões de judeus, 20 milhões de russos, 10 milhões de cristãos e 1.900 sacerdotes católicos que foram assassinados, massacrados, violados, mortos à fome e humilhados com os povos da Alemanha e Rússia olhando para o outro lado.
Agora, mais do que nunca, com o Iraque, Irã e outros proclamando que O Holocausto é um mito, é imperativo assegurar que o Mundo nunca esqueça. A intenção desta mensagem é chegar a 40 milhões de pessoas em todo o mundo nesta cadeia comemorativa, para nunca esquecer os bons atos...
←  Anterior Proxima  → Inicio

4 comentários:

panzer disse...

Realmente uma grande pessoa.

Kursch disse...

Vou repassar para toda a minha lista de emails [/spammer]

Deviam fazer um filme disso, né?

panzer disse...

Existe um documentário com as memórias dela se não me engano.

reginalolipop disse...

E olha que agora com a morte do Bin Laden, ate o Obama ja pode justificar o seu Nobel da paz.

Existe muito mais gente anonima que contribuiu de forma melhor pra sociedade e vão continuar sendo herois esquecidos.