Desejo: Boas Festas...

segunda-feira, 5 de julho de 2010

Cavaleiros, reestreia e a internet...

Navegantes, farei um "link" com o post que os meninos do JBox News fizeram em realção à reestreia desastrosa de Cavaleiros do Zodíaco esta semana.
Sabe, eu gostaria que CDZ tivesse dado certo, ou que dê certo na Band nesta reestreia. Mas, alguns pontos devem ser levandos em conta: um deles é justamente a alta venda dos DVDs (300 mil cópias). Que tem o anime em DVD, não vai se interessar em ver na TV.
Outro ponto não tem a ver com CDZ, somente... Mas, o mercado de animes está em crise. Tanto no Japão como no mundo. Não há nada novo, e CDZ é um “revival”! E não há novos produtos para virem ao Brasil. O que tem de legal no Japão, ou é violento e não pode ser veiculado, ou não tem representante latino.
Além disso, alguns fãs que existem, muitas vezes se aproveitam mais do nome de CDZ para vender produtos piratas, como camisetas e produtos via celular, do que realmente se importar com a situação. E olha... CDZ nem foi para autoclassificação ainda. Imagine quando for…
Cogitou-se que Sailor Moon poderia retornar à TV Brasileira. Alguém acredita, realmente, que daria certo? Sendo que Sailor Moon teria que passar pela classificação indicativa, que provavelmente, colocaria o anime como impróprio para 12 anos, devido ao conteúdo ligeiramente homossexual?
Enfim, vamos ver no que vai dar esta exibição da Band...

Só para constar... na última semana, saiu uma pesquisa de que já somos 73 milhões de brasileiros com acesso à internet, seja de casa, trabalho ou via lan house. Será que já não é hora das TVs e empresas se aproveitarem mais do potencial da net? O crescimento do número de usuários da internet cresce em uma velocidade que nem mesmo o televisor vislumbrou anos atrás...
A net está aí… mas parecer que mesmo com as pesquisas mostrando que o futuro do entretenimento é a rede, ninguém olha com atenção para este meio... Claro, tirando a Globo, que já criou um núcleo para esta mídia e a Disney, que já coloca online algumas de suas séries... Quando abrirem os olhos, talvez seja tarde demais…

←  Anterior Proxima  → Inicio

2 comentários:

Felipe Nasca disse...

Parece que não tem jeito mesmo. Anime e Brasil não combinam. Só passa na TV daqui coisas americanizadas, cortadas e editadas de um jeito que dá até nojo assistir.

DVD é complicado. Parece que poucos animes vendem bem. Tokusatsu parece até caridade quando lançam.

A questão é cultural. Um puritanismo estranho que faz com que as mesmas coisas censuradas em um anime sejam liberadas em desenhos americanos. A dita dificuldade em negociar direto com o Japão que acaba nos deixando com a opção de coisa à la 4Kids ou à la Saban.

Ainda no campo cultural, a vontade de levar vantagem sempre, preferindo a pirataria e o fansub. Reclamando porque a edição nacional tem 2 micropíxels a menos que a edição de luxo vendida na Tanzânia.

E a questão cultural americana, que não sabe distribuir animes sem fazer no mínimo 100 alterações pesadas. Puritanismo, como o "nosso".

Comprei FMA original e... cadê os últimos volumes? Comprei Jaspion original animadão... aí Changeman vem com uma cagadinhas e depois Jiraiya com umas torossadas diarréicas. Temo por Flashman e Jiban.

Não dá... parece que aqui só o que merecemos são coisas sabanizadas. Tá legal, que elas continuem e que sempre exista quem engula essas coisas, porque elas devem dar dinheiro para as empresas japonesas.

Eu desisti... me bandeio para os fansubs de novo. A tradução é porca, não tem aqueeela qualidade de som e imagem, mas... se eu for esperar os "meios oficiais" trazerem animes (tokusatsu nem falo, ainda mais os novos) de um jeito decente, eu morro esperando.

Eu deixei de me sentir na obrigação de qualquer coisa como consumidor. Vou comprar e consumir aquilo que eu achar bom e pronto. Se tá ruim, arranja outro jeito de ver. As empresas que se virem para fazer direito. Se a indústria de animes acabar, a culpa será unicamente da incompetência delas. Sejam de que país for.

Patrick (Matu) disse...

Olá! Nossa, jão são mais de 300 mil DVDs vendidos? Imagina, então, somado a isso, os produtos piratas? CDZ é uma marca realmente forte.

Eu também não vejo nenhuma possibilidade de sucesso de animês na tv aberta, por causa do MPU, do horário e do tratamento destes pelas emissoras. Mas podemos nos surpreender, pois Naruto, que vai regularmente bem no SBT, bateu Ben 10 em toda a região LA no último votatoon (CN). Então, acho que ainda podemos nos surpreender com CDZ.

Para uma nova safra, no período da manhã, só consigo imaginar K-ON, mas este teria que ser legendado, então fica difícil conseguir um animê que seja ideal para o horário e que atraia público.

Realmente o mercado está em crise. As histórias repetem o mesmo enredo, mas com presonagens diferentes. E isso acho que está afastando o público. Tokyo Magnitude 8.0 parece querer trazer algo novo, assim como Spice And Wolf. Eu acho que os japas estão querendo entrar no caminho certo. Claro que tem exceção, como Queen's Blade hehehe.

Já os sites, realmente é um bola fora das emissoras. Nos EUA, o The Anime Network já usa a internet para divulgar e assistir os seus shows. Pena que por aqui o pessoal não veja a força da internet.

Ah, Sandrinha, desculpa ter escrito tanto. Tenho uma má notícia, não participarei da Bienal do Livro de São Paulo. Ficarei aqui em Brasília. Dessa vez não foi saúde, foi um conflito de agendas. XD

Beijos.