Desejo: Boas Festas...

quinta-feira, 23 de julho de 2009

Papo de Budega no ANIMA MUNDI


O Anima Mundi é realmente, o evento de animação mais importante do país. Há uma diversidade inacreditável de títulos de diversos lugares do globo. Há desenhos infantis, adultos, longas e curtas-metragens. Há praticamente de tudo.
Ontem, foi o primeiro dia do evento em São Paulo. Um dos pontos mais importantes do evento são os papos animados. Ontem, participamos do papo com o diretor Michel Ocelot. Ele fez obras-primas como Kiriku 1 e 2 e Azur e Asmar. Todos com técnicas fantásticas. Ocelot comentou que o primeiro Kiriku abriu as portas para ele e que ganhou muito dinheiro. Também foram exibidos alguns curtas, que nos mostraram como o diretor realmente é genial, um dos poucos em nossa época. Um dos curtas foi feito com recortes em papel, técnica que parece simples. Mas, só parece. Infelizmente, não houve muito tempo dele falar e nem nós, o público.
Entretanto, conseguimos perguntar o que ele acha da atual animação americana e japonesa. Ocelot ficou um pouco reticente em falar, mas disse que tem uma ligeira preferência pela animação japonesa. E, que a animação americana tem deixado a desejar.
Também estivemos com workshop com o estúdio Laika, produtor da animação Coraline. Mike Cachuela - artista de storyboard americano - falou dos processos da produção da animação. Bem interessante. Mostrou detalhes da confecção dos bonecos e outros itens. Ele deixou bem CLARO que para fazer o filme, a produção fez 28 Coralines. Isso porque os bonecos são danificados ao longa da produção. Acima, um making of. Cachuela falou que este making of foi feito especialmente para o Anima Mundi e não há no DVD e nem Blue Ray.
Ah sim, vale ressaltar o grande público para ambos debates. E os próximos dias não deve ser diferente. Fique ligado porque ainda falaremos bastante do Anima Mundi aqui, no Papo de Budega.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários: