Desejo: Boas Festas...

terça-feira, 10 de março de 2009

ANIMA INFO 799

Harry Potter agora nas escolas paulistas

Harry Potter e Edward, os dois "astros" da literatura infanto-juvenil do mundo, são parte da maior troca de acervo literário de escolas públicas realizada pela Secretaria de Estado da Educação de São Paulo. A partir do segundo semestre deste ano as séries Harry Potter e Crepúsculo, com outros 220 títulos, estarão nas salas de leitura de 4.200 escolas de 5ª a 8ª do Ensino Fundamental e de Ensino Médio.
Ao todo a SEE comprará cerca de 2 milhões de exemplares de livros. O novo acervo está dividido em três partes: 1 - Auxílio ao Currículo Escolar, com livros para complementar o ensinado em sala de aula; 2 - Gestão e Avaliação, com clássicos indispensáveis da literatura mundial; 3 - Despertar do Interesse pela Leitura, com os maiores sucessos para adolescentes.
Além das duas famosas séries literárias, os alunos receberão livros como Capitães de Areia, O Mundo de Sofia, O Pequeno Príncipe, Crônicas de Uma Morte Anunciada; Ensaio sobre a Cegueira, Os Cem Melhores Poemas Brasileiros do Século, Melhores Crônicas de Manuel Bandeira e Nova Antologia Poética. No fim do ano passado já receberam, para levar para casa, os clássicos da literatura brasileira.
"Estamos com um trabalho (..)de incentivo à leitura dos estudantes. É fundamental que o interesse pela leitura seja despertado. O novo acervo é um material indispensável para ampliar o conhecimento dos alunos", é o que diz a secretária de Estado da Educação, Maria Helena Guimarães de Castro. "Os sucessos infanto-juvenis terão exatamente a função de 'convocar' os alunos para leitura (...)".
←  Anterior Proxima  → Inicio

2 comentários:

John's Chronicles disse...

Achei bem interessante a SEE se render aos livors "do momento". Já tava na hora de darem valor a esse tipo de de literatura. ^n gsoto de crepúsculo, mas é bom pq desperta o interesse dos alunos e desenvolve o hábito de ler

L.Karina disse...

Muito boa esse iniciativa.Na melhor do que por prazer,em vez de ser algo empurrado goela abaixo.