Desejo: Boas Festas...

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Yo soy Betty, la Fea

Olá amigos,
Eis as duas versões de abertura de um dos maiores clássicos das telenovelas, Betty, a Feia ou no original, Yo soy Betty, la Fea. Houve diversas versões mundo afora, mas sem dúvida, o clássico colombiano é único!
Vejam as duas versões, vale a pena!!! E não entendo porque não lançam DVD do título. Há muitoooos fãs que comprariam!

Abertura brasileira


Abertura colombiana

←  Anterior Proxima  → Inicio

4 comentários:

Corto Blog Maltese disse...

O que eu mais admirava nessa novela é que os Colombianos tinham perfeitamente consciência que era tudo muito tosco, e por isso mesmo o único fio dramático da trama era a história de Betty e Armando.

O resto era uma comédia rasgada.
80% dos personagens tinham bordões. Os momentos que deviam ser mais pesados eram sempre temperados com humor negro (Frase inesquecível: "Tome uns embelezadores e faça HORROR com ela!" kkkkkkkkkk).

Aquela versão do SBT era uma droga porque os Mexicanos quiseram levar a série pra um lado mais (melo)drámatico; já o seriado americano é bom porque está explorando esse potencial de comédia episódica que o original colombiano já tinha, além de fundirem vários personagens pra facilitar.

Se bem que eu tenho medo porque dizem que na série os americanos tão a ponto de estragar tudo, já que lá eles não querem que a Betty tenha um caso com o chefe (o que por sinal é a própria base da história).

Ah, no Brasil a Rede TV! mudou a música de abertura na metade da trama. Eu lembro que na outra música uma cantora berrava:
"Mentirooosoo!!!"
hahahahahahahaha!!!!!!!!!

sandra monte disse...

Mas você saabe que não era tão tosca assim a novela. Tipo, a cenografia não era ruim e nem o figurino.

Só o texto que tinha alguns pequenos exageros, mas nada que não tenha em novelas brasileiras também.

Enfim, um clássico total e absoluto!!! ^______^x

Celbi P. disse...

Vi parte da versão colombiana e assisti "A Feia mais Bela" pelo SBT. Ambas as novelas tiveram méritos. Mas discordo que a versão mexicana seja uma droga. É uma releitura mais escrachada e realmente puxa para o melodrama.

Mas em se tratando de novela mexicana foi um tremendo avanço pois a Televisa só produz dramalhões batidos cujos últimos títulos foram fracassos de audiência no SBT. Contando talvez "Rebelde" (mas por outros motivos), "A Feia" foi uma produção revolucionária.. tanto que até saiu em DVD no México.

Corto Blog Maltese disse...

Os figurinos ainda se salvam, mas afinal, uma novela sobr eo mundo da moda não podia fazer feio.
Mas o cenário era estranho. Todo mundo dizia que a sala da Betty era um lugar horrível e era na verdade idêntica às outras.
Sem contar a tv do escritório da Marcela que passava sempre o mesmo desfile. rsrsrs

E A Feia fez sucesso em todos os países onde foi remontada, não só no México.
Já a Televisa, embora quase sempre só faça novelas trash, tem muitas obras melhores que A Feia Mais Bela.
As novelas de época dela são bem feitas à beça.