Desejo: Boas Festas...

domingo, 9 de novembro de 2008

Uma questão do jornalismo

Olá a todos.
Pois é, hoje houve uma palestra no Sindicato dos Jornalistas Profissionais de São Paulo sobre o tema Mída Livre. Um dos itens de discussão foi justamente sobre os blogs.
O que percebi, é que o jornalista - inclusive os estudantes atuais - não entendem que pode existir um blog jornalístico. E que este pode ser tão ou mais confiável do que muito site "constituido".
Infelizmente, não li a matéria na íntegra da Revista Imprensa. Mas, eu me questiono até que ponto, daqui para frente, muitos jornalistas vão continuar a ignorar a existência dos blogs e a credibilidade de muitos.
Acredito que a discussão deve ser de todos - especialmente a Fenaj e os Sindiacatos - e que todos os profissionais devem prestar mais atenção aos jornalistas blogqueiros. Porque muitas vezes, estes profissioonais estão desprotegidos contra - inclusive - seus próprios colegas. Sendo que hoje, os jornalistas blogueiros talvez sejam os mais livres no exercício da profissional, já que não têm certos vínculos que os aprisionam.
←  Anterior Proxima  → Inicio

4 comentários:

Leandro Soares Oliveira disse...

Concordo em número, gênero e grau, Sandra.
Acho "engraçado" que o blog da Luana Piovanni tem não-sei-quantas mil visitas por dia e os que falam de temas que realmente interessam a população, não atinge meados de cinquenta!
E o mais chato é que os jornalistas que não estão no meio dos blogueiros realmente nos critíca.
Não sei se posso usar o "nos" e me incluir nesse grupo, por que ainda não sou jornalista. Sou vestibulando. Mas, de qualquer maneira, sou blogueiro e sei como é.
Continue trabalhando e conscientizando - ou ao menos tentando - o pessoal. Afinal, esse é um dos seus objetivos como jornalista! ;)

Caio Reis disse...

Eh isso ai Sandra!! Tem vários blog jornalistico muito melhores que jornalzinhos de quinta por ai...

Kasuga Kiyosuke disse...

Ah, não entende o porque de não levarem um blog como fonte jornalística confiável? Vamos apontar um motivo ótimo que surgiu em seu próprio texto desta postagem:

"O que percebi, (...) Infelizmente, não li a matéria na íntegra da Revista Imprensa."

Hum. Não leu o assunto profundamente, mas deu uma passada de olhos e já foi correndo postar uma reflexão qualquer sobre algo que você não tem base para comentar. Interessante, não?

sandra monte disse...

Pra você ver, eu poderia ignorar este seu comentário.

Se fosse algum dos possíveis sites que você gota e/ou, provavelmente te ignoraria.

Também aceito críticas. :P