Desejo: Boas Festas...

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Meia-entrada: Acesso e Economia da Cultura

Durante entrevista à imprensa na última sexta-feira, o ministro da Cultura, Juca Ferreira, e o presidente da Fundação Nacional de Artes, Sérgio Mamberti, falaram sobre a questão do benefício da meia-entrada e o problema das carteiras estudantis falsas.
Não sei se vocês sabem, mas tem muita gente querendo acabar com a meia-entrada por causa das falsificações. Tipo, os bons têm que pagar pelos maus. Não tenho direito a meia, mas certamente ficaria puta se por causa dos errados, eu tivesse um direito tirado.
Uma coisa que nunca entendi é: por que há tantos tipos de carteiras? Carteira da UMEs, da UBEs, disso e daquilo. Há um excesso de falsificação por falta de uma padronização.
Outro ponto: DUVIDO se os preços de peças e do cinema baixariam caso não houvesse mais meia-entrada. Os produtores e distribuidores iriam arrumar uma outra desculpa esfarrapada para manter os preços altos. Tipo, sabe quando o preço do petróleo cai em tudo que é lugar, mas no seu bolso, o preço da gasolina continua o mesmo?
Então, se você é estudante e tem direito a este benefício, manifeste-se, o site do Ministério da Cultura serve para isso também, não é só propaganda do governo não... O pouco de direito que se que tem, uns e outros querem tirar.
 
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários: