Desejo: Boas Festas...

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

ANIMA INFO 573

VIZ Media Expands NARUTO Brand in South America


VIZ Media, LLC (VIZ Media), one of the entertainment industry's most innovative and comprehensive publishing, animation and licensing companies, has announced that International Merchandising Consultants (IMC) has been named as the Merchandise Licensing Agent in Argentina, Bolivia, Paraguay and Uruguay for the smash-hit property NARUTO.
IMC has been a leading South American entertainment licensing company for a variety of cutting-edge entertainment properties for over 27 years and will have the exclusive right to negotiate product licensing deals with local partners in Argentina, Bolivia, Paraguay and Uruguay for the NARUTO brand on behalf of VIZ Media. The company represents some of the hottest brands in the industry today, including a variety from Lucasfilm, Fox and Marvel.
The agreement lends even more momentum to the growing popularity of the NARUTO franchise throughout Latin America and further widens the overall international appeal of this unique property. Targeting tweens and teens, the animated series portrays the adventures of a young boy named Naruto Uzumaki who trains to become a ninja. The series has captured legions of fans across North America, where it’s seen weekly by millions on Cartoon Network and also on YTV in Canada.
VIZ Media has also licensed broadcast rights to various broadcasters in the region, including Cartoon Network Latin America (Pan-regional), Televisa (Mexico), SBT (Brazil), Televen (Venezuela), Chilevision (Chile), City TV Bogota (Colombia), America TV (Peru) and many others. In addition to this impressive list of broadcast partners, NARUTO has a broad merchandising program in several Latin American territories. Licensed categories include apparel, back-to-school, snack food promotion, toys, sticker albums, home entertainment and others.

IMAGE © Viz Media

Interessante saber que houve mudanças de licenciador em vários países da América Latina. Seré que Naruto não atingiu os níveis de lucro desejados? Será que no Brasil a coisa vai bem? Sinceramente, acho que não. Porque deixou de ser novidade e "febrinha" entre a molecada... Enfim, a grana não é minha mesmo...

←  Anterior Proxima  → Inicio

2 comentários:

Rafael disse...

Pelo que sei no SBT Naruto está bem do ibope, não sei se agora o desenho ficou ruim de ibope mas também com esses cortes e através da internet muitos fãs viram já o desenho então creio que por isso não tenha um ibope muito bom!

DarkGuy disse...

Naruto poderia ter feito mais sucesso se tivesse ao menos chegado mais cedo no Brasil. Quando a série finalmente estreou no começo de 2007, boa parte dos pré-adolescentes e adolescentes que costumavam assistir o anime pelos fansubs simplesmente já havia perdido o interesse pela série por causa do excesso de episódios fillers.

A exibição no Cartoon e no SBT pode até ter interessado a alguns pirralhos,pré-aborrescentes e uns poucos adolescentes que nunca tinham assistido a série antes, mas o excesso de cortes (SBT),exibição em horário que costuma ser interrompido pelas emissoras locais(SBT),a constante troca de horários (CN), o fim do bloco de animes (CN)e, principalmente, a absurda demora para a exibição de novos episódios contribuíram para que anime não passasse de uma modinha passageira, ao invés da febre a la CDZ que tantos haviam previsto.

Em suma,Naruto não faz o devido sucesso que merecia porque chegou muito tarde no Brasil e foi exibido de forma porca.

Ah...Pra piorar, as licenciadoras ainda têm de aturar a pirataria, mas não vou comentar sobre isso porque a Sandra já abordou demais este assunto.