Desejo: Boas Festas...

quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

ANIMA INFO 405

Mundo luta contra pirataria dos animes


Há poucos dias, o governo japonês prendeu três homens por distribuir animes pela internet. Em parceria com o governo dos Estados Unidos, o Japão firmou acordos para lutar contra este tipo ilegalidade. Além do país, outras nações da região asiática entraram na luta contra a pirataria. Em Cingapura, a empresa de provedores Pacnet teve que revelar dados de pessoas que atualmente ilegalmente com animes.

Fonte: La Ventana de Saouri

No Brasil, o governo japonês deveria visitar o bairro da Liberdade e muitos eventos de animação japonesa. Aqui, o problema não é com os fansubers eletrônicos, mas sim com lojinhas que vendem descaradamente os desenhos japoneses.


Petrobrás fecha publicidade com Speed Racer

A Petrobrás - maior companhia brasileira - fechou pareceria com a Warner para publicidade da multinacional petrolífera nas cópias do longa-metragem de Speed Racer. O contrato foi fechado e será possível ver o "BR" em várias cenas do longa metragem. A informação está no jornal O Estado de São Paulo.

Fonte: Jbox News
←  Anterior Proxima  → Inicio

9 comentários:

Gaara Kazekage disse...

"No Brasil, o governo japonês deveria visitar o bairro da Liberdade e muitos eventos de animação japonesa. Aqui, o problema não é com os fansubers eletrônicos, mas sim com lojinhas que vendem descaradamente os desenhos japoneses."

Discordo totalmente com o que vc disse, não tenho dinheiro para comprar os DVDs caríssimos da Playart, além do mais tem cortes nos DVDs lançados aqui pela Playart, exemplo disso é One Piece.

Prefiro comprar original e sem cortes, além do mais barato, só pago 13 reais em cada DVD.
o Japão já ganha muito com os animes por lá, aqui no Brasil não precisa apreender nada.

sandra monte disse...

Olá,
Olha, vá a Liberdade ou em eventos de animes, que você constatará que um DVD custa mais que 13 reaais. Em alguns lugares, custa até 25 reais...
E se vc acha isso lucro, saiba que o disco custa 1,00 real.
Só que a diferença é que uma Playarte da vida paga vários encargos, as lojinhas não pagam nada.
Se os fãs dessem mais atenção ao material original, ele poderia sim ser mais barato...

Mas,por ligeiras bobagens, o fã prefere um produto que, mesmo pirata, é caro, com áudio ruim, legenda ruim, sem dublagem, com capa feia, disco feio...

Se você gosta de um autor, deve comprar o original para poder dar o devido valor a ele. No final das contas, os fãs de One Piece não gostam do título e nem dão valor ao trabalho do autor.

E isso vale para qualquer fã de FMA, CDZ, Naruto... Dizem que gostam do título, mas não dão valor a ele...

Isso é lamentável...

Sr. Anônimo (he's back!!!!) disse...

Não é bem essa a questão, Sandra... ¬¬ Um verdadeiro fã de One Piece,por exemplo, não compraria os DVDs oficiais da série porque eles não contém o "verdadeiro" One Piece. Do contrário, os DVDs contém apenas uma versão censurada e infantilizada que se distancia muito do mangá original criado por Eiichiro Oda. Fã que é fã não compra o DVD oficial (censurado) porque ele RESPEITA a obra original, e não, o contrário...¬¬

Para ter uma idéia do quanto a versão "oficial" dos DVDs é diferente da original japonesa (que pode ser encontrada nas tais lojinhas), basta só dar uma olhada neste vídeo aqui: http://www.youtube.com/watch?v=y2GXQlTZgxA&feature=PlayList&p=B4C57944B21F6125&index=4

A diferença é BRUTAL!!!!!

Não apoio a pirataria(diferentemente do que você já chegou a me acusar), mas não darei um centavo a indústrias e licensiadores que buscam distorcer e censurar obras para alimentar seus bolsos famintos por dinheiro, ignorando o fiel público que acompanhava a obra desde o tempo dos fansubs.

E, caso você ache o mercado americano de animes perfeito e bonitinho, recomendo que leia este artigo da Anime news Network: http://www.animenewsnetwork.com/editorial/2007-11-25 ;P

sandra monte disse...

Sr. Anônimo, entenda.

Se vc pegar outros textos no próprio ANN, verá que os fãs americanos COMPRAM sim DVDs que foram editados. Se não comprassem, explique-me como há tanto DVD lá nos States...

O caso espefício de One Piece pode ser que não, pq a coisa absurdamente demais.

O grande X da questão é: o cidadão paga 13, 15, 20 ou até mesmo 25 reais nas lojinhas da Liberdade por um título que EXISTE LEGALMENTE? Mesmo com todos os problemas, a empresa, no caso a Playarte PAGOU, leia, PAGOU para ter o direito de lançar o DVD de One Piece.

O que as lojinhas fazem? Enchem os blosos, enganam os trouxas como vc com um produto com qualidade duvidosa e NÃO pagam NADA de direito autoral.

Que respeito torto é esse que vc vem me falar? Por acaso o Eiichiro Oda vê a cor do dinheiro do DVD pirata? Vê nada.

Mesm oque seja um centavo de iene, o Oda COM CERTEZA VAI receber a grana pela licença do DVD da Playarte.

Então, sinto muito. Seu conceito de respeito para com o autor é torto, sem noção e sem amor para com ele.

Fã que é fã compra a obra que DÁ AO AUTOR O DEVIDO VALOR.

E o Eiichiro Oda - assim como qualquer outro autor - só sabe o que é valor quando RECEBE em dinheiro pelo seu trabalho.

O que vc disse é tudo, mesmo respeito para com ele.

Ah, e não precisa me passar "lição" do quão One Piece foi retalhado e censurado. Pq eu fui uma das primeiras pessoas a mencionar o fato quando eu estava no site Herói.

Outra coisa: "eu te conheço?" (Zorra Total).

Sr. Anônimo disse...

E, como sempre, Sandra Monte faz uma generalização apressada e estúpida, sem nem ao menos ter lido direito o meu post acima. Digo isso porque ela mais uma vez me acusa de apoiar a pirataria, e também de desrespeitar os autores japoneses.

Leia de novo o meu post acima, "Sandrinha"... Eu digo claramente que "não apóio a pirataria". Portanto, diferentemente do que você concluiu, não sou um "trouxa" que compra DVDs piratas. Nem ao menos existem essas "lojinhas de anime pirata" na minha cidade!

Mas não há nada que me obrigue a comprar um produto que considero de péssima qualidade! Se é pra apoiar o Oda, meu dever como fã é o de comprar outros produtos licensiados de One Piece que eu considere de boa qualidade, ora! É o caso do mangá de One Piece, que eu sempre compro toda vez que ele chega às bancas! Lógico que a minha missão de fã é dificultada pelo fato de não haver praticamente nenhum produto de One Piece no mercado nacional, mas... Bom, ao menos, ao comprar o mangá, já estou fazendo minha parte como fã...

E,a propósito, aproveitando que você é fanzona da Rumiko Takahashi, gostaria de lhe fazer a seguinte pergunta: por acaso você comprou os DVDs oficiais de Inuyasha (só 2 episódios por disco, censuras da Televix, sem áudio original, 40 reais o disco e etc ) só por ter "peninha" do mercado nacional de DVDs de anime? ;P

sandra monte disse...

Nossa... que bizarro...
Diga-me Sr. Anônimo, ou vc quer se passar por outra pessoa, ou vc é tonto por tomar as dores de outra pessoa. Enfim...

Sua obrigação de fã é comprar tudo que exista no seu mercado (ou seja, o brasileiro), que esteja disponível legalmente . Se por acaso não houvesse DVD original de One Piece, até daria para perdoar. Mas, mesmo assim, com ressalvas, pq dá para saber quem faz um trabalho de fã e quem é picareta. Tem muito fansuber na net que tem um trabalho sério. Mas muita gente só pensa no próprio bolso. Vc por exemplo, está pensando no seu bolso, não no título que vc se diz fã.

Vc não pensa no trabalho do Oda, vc dá dinheiro para "empresas" que nunca vão dar os créditos para o Oda. O cara fez um título, mas "fãs" como você não o respeitam. Isso é triste. Lamentável.
E vc diz como se fosse algo muito "louvável" comprar o mangá. Puxa, se até isso vc pegasse da net... Você não é fã. Você é qualquer coisa, menos fã.

Mas obrigada, pq vc mais uma vez me deu a idéia de fazer outro Lado Negro.

E respondendo sua pergunta: não, não comprei o DVD original de InuYasha com os dois eps. Mas, também NÃO comprei DVD pirata, gravados do Cartoon Network. Não comprei e nem vou comprar o "DVD original" sem cortes que as lojinhas vendem. Por quê? Porque a série de televisão de InuYasha veio legalmente para o Brasil. Mesmo com todos os problemas, mesmo incompleta, a série de televisão de InuYasha tem dono aqui.

Minha intenção é comprá-la sim, mas a versão americana, que é licenciada nos EUA. Isso um dia, pq hoje não tenho grana para isso.

E não se preocupe, gastei 130 reais com outros títulos, como CDZ Hades original, imagem impecável, som impecável, legendas, dublagem e tudo mais que tenho direito. Foi caro, mas valeu muito mais a pena que ter DVDzinho pirata de lojinha. E com isso, tenho certeza absoluta que o Masami Kurumada um dia verá a cor dessa grana, mesmo que seja um iene, apenas. :P

Sr. Anônimo disse...

Como assim eu "dou" dinheiro a "empresas" que estão "se aproveitando" do trabalho do Oda ? Eu baixo One Piece de fansubs que distribuem animes DE GRAÇA na Net! Teoricamente, são eles que saem perdendo,considerando que gastam boa parte de seu tempo só para traduzir um episódio da série a cada semana, tudo só pra agradar os fãs de uma pobre série que tem praticamente ZERO por cento de chance de ter episódios sem cortes lançados no Brasil (tanto na Tv como em DVD), e não ganham NADA com isto!

Eu nunca disse no meu post anterior que precisava apelar pra essas "lojinhas" pra poder assistir One Piece sem cortes. Nem disse que comprar animes nessas lojinhas era algo aceitável, ou eu disse isto ? De onde você tirou esta história ? Só porque deixei claro desde o meu primeiro post que eu odeio as empresas oficiais que vendem versões censuradas de animes em DVDs a preços que julgo abusivos,não quer dizer que eu aprove a compra de DVDs piratas, ora... ;P

A senhora me fala que um fã deve comprar tudo o que esteja disponível legalmente no mercado. Tá...Mas o quê ? Cadernos ? Bonequinhos ? Não tem praticamente NENHUM produto licensiado de One Piece no Brasil, tirando os DVDs (que ainda não nem foram lançados e só contém a mencionada versão censurada) e o mangá!

Como não considero o DVD censurado como parte do One Piece "verdadeiro", e ainda não existem DVDs "oficiais" importados que contenham uma versão não-censurada de One Piece disponível legendada em um idioma que eu conheça, não posso fazer nada a respeito, senão baixar os episódios na Net e comprar o bom e velho mangá sem censura...E olhe que você mesma disse que não compraria uma versão censurada do seu anime favorito... ;P

E antes que me acuse de novo de explorar o Oda, saiba que eu gastei mais de 200 reais só comprando os mais de 60 volumes do mangá de One Piece lançados pela Conrad... ;P

sandra monte disse...

Ora Sr. Anônimo,
Se vc não apóia as lojinhas, qual o seu problema? Eu deixo claro em meu comentário que o grande problema são as lojinhas furrecas que vendem os DVDs piratas...

O que vc tem na cabeça?
Vc deve SIM comprar tudo que for licenciado (é com "c", caso não saiba...). Se o que houver licenciado for apenas os mangás e DVDs, que seja só isso então.

Em tempo: leia o que escrevo. Eu disse que não comprei o DVD de InuYasha (que caso vc não saiba, não é meu anime preferido) e não que não compraria.

Será que até tempo verbal e modos dos verbos vc não entende? Eu não posso desenhar para vc compreender, sabia?

Seu grande problema Sr. Anônimo, é que vc não entendeu até agora o que vejo como um grande problema, mesmo tendo deixado isso mais do que claro.

E em tempo: assim que os DVDs oficiais saírem no mercado, os fansubers da net também teriam que retirá-los da rede, assim como os fansubers internacionais o fazem. Mesmo que o material que tenha vindo seja o censurado...

Mas, pedir isso parece demais... Uma pena.

Helder Matos disse...

Apoio o anônimo. Se o produto não tem qualidade, pra que comprar? Quem pagou pela licença do produto (no caso de One Piece, a Playarte) tem que ter a noção que o fã de anime/mangá é exigente e não vai titubear em pegar um pirata que tem a obra sem censura ao invés de um oficial censurado. É vital apoiar o criador, mas também faz-se necessário se valorizar como consumidor.