Desejo: Boas Festas...

quinta-feira, 31 de maio de 2007

ANIMA INFO 277


LONG JUMP lança linha POKEMON

A Long Jump apresenta a linha Pokemon, com quatro kits em vários modelos do consagrado desenho da tv, que há anos encanta meninos e meninas de todo o mundo.
Os novos kits são: Pokemon Basic com sete modelos com os personagens do filme e uma bolinha. O Pokemon Basic Kit vem com quatro modelos, são três bonecos do desenho mais uma caixinha com uma surpresa para a criança. O Pokemon Deluxe com três modelos, sendo que quando se mexe com a mão de um deles, ele acende uma luz e emite um e, por fim, o Pokeball com três personagens em pelúcia e uma bola, neste kit, coloca-se o personagem dentro da bolinha, quando a criança lançar essa bolinha, a mesma se abrirá e a pelúcia saltará. Os novos kits do Pokemon produtos já estão à venda nas lojas de brinquedos de todo o país.


Três suessos animados saem em DVD

A Paramount apresenta as imperdíveis aventuras que não podem faltar na DVDteca de ninguém – Shrek e Shrek 2 em Pack Especial com dois discos e vendidos separadamente. Enquanto fãs aguardam a chegada de Shrek Terceiro nos cinemas, onde nosso Ogro terá que encarar o trono após a morte de seu sogro, reveja em “Shrek” a independente princesa Fiona, enquanto Shrek tenta recuperar o pântano e em “Shrek 2” onde o casal embarca numa viagem cheia de aventura, entre o matador de Ogros e o Gato de Botas. Três lindos porta-retratos imantados acompanham “Shrek”, “Shrek 2” e o “Pack Shrek 1 e 2”.
A Paramount entrega em maio em DVD Padrinhos Mágicos e Bob Esponja, dois grandes sucessos da TV Xuxa, em novas aventuras, “Padrinhos Mágicos em A Caçada dos Padrinhos Mágicos” e “Bob Esponja Ilha do Karatê”. Bob Esponja Calça Quadrada estreou na TV em 1999 e desde lá, não pára de fazer sucesso entre adultos e crianças. Suas aventuras no Oceano Pacífico, num lugar conhecido como Fenda do Biquíni, encantam pela simplicidade e originalidade. Neste DVD, sete novos episódios onde Bob Esponja terá que participar de uma competição na misteriosa Ilha do Karatê.
O garoto Timmy Turner, de 10 anos, sempre com muitos problemas na vida, recebe os Padrinhos Mágicos, Cosmo e Wanda que fazem sua vida melhorar bastante. Timmy tem uma babá, chamada Vicky, que é maligna, o odeia e o maltrata, porém seu pai não acredita nele. Em “A Caçada dos Padrinhos Mágicos”, Timmy deseja um controle remoto mágico para fazê-lo entrar na televisão, mas este controle vai parar nas mãos de Vicky. Será que Timmy vai conseguir impedir que Vicky domine os canais de TV e o mundo? Assista este e mais três sensacionais episódios no DVD “Padrinhos Mágicos! A Caçada dos Padrinhos Mágicos”.


Fruits Basket #22 - A última festa


Aos poucos, as coisas entre os signos estão se resolvendo. Mas Kyo ainda não conseguiu pedir perdão a Tohru, já que as amigas da garota estão fazendo o maior terror psicológico com relação ao que aconteceu entre eles. Embora inveje Kyo por estar muito próximo de resolver seus problemas, Yuki ainda não teve coragem de enfrentar a insegurança com relação a Machi. Akito, no entanto, está decidida a mudar. Ela convoca todos os signos, até mesmo o gato, para uma última festa.


quarta-feira, 30 de maio de 2007

ANIMA INFO 276


Desenhos na tela da Band

A partir do próximo domingo, 3 de junho, às 11h45 os telespectadores vão conferir episódios de Tenchi Muyo, Os Cavaleiros do Zodíaco, Monster Rancher, A Lenda do Dragão e Mr. Bean, o desenho. O programa Band Kids é a nova faixa infantil que substitui os jogos dos campeonatos inglês e italiano que terminaram no último final de semana.
Dos 5 desenhos, dois já são bastante conhecidos das crianças – Tenchi Muyo e Os Cavaleiros do Zodíaco. A novidade fica por conta dos outros 3, inéditos na grade da emissora: Monster Rancher, A Lenda do Dragão e Mr. Bean, o desenho. Todos os desenhos animados começam a ser exibidos a partir do primeiro episódio. O Band Kids será apresentado em rede nacional.

MONSTER RANCHER - Originalmente um vídeo game e já exibido na rede Globo, o "Monster Rancher" é a história de Genki Sakura, um menino de 11 anos que foi imerso no mundo do vídeo game. Um dia, depois de vencer o Grande Torneio do Monster Rancher, Genki descobre a mais nova versão em CD-ROM do "Monster Rancher 200X" esperando por ele em sua casa. Quando Genki começa a jogar o vídeo game uma coisa estranha começa acontecer…enquanto ele começa a gerar um monstro, Genki é repentinamente transportado para o mundo virtual do Monster Rancher.
Emocionado por estar neste ambiente único, Genki se junta a Holly, uma menina que vive no mundo do Monster Rancher, e seu companheiro doido Suezo, um olho gigante que por baixo de seu exterior assustador e rude é na verdade um cara legal.
A LENDA DO DRAGÃO - Baseado nos doze antigos símbolos do zodíaco chinês, "A Lenda do Dragão" conta a saga de dois gêmeos de Hong Kong. Ang treinou com o novo Mestre dos Dragões, e sua irmã Ling foi levada para o lado negro devido ao seu grande desejo de poder. Uma animação emocionante que mostra as artes marciais, belíssimos cenários naturais e brilhantes seqüências de ação.
MR. BEAN (desenho) - Mr. Bean sempre teve um talento especial para se meter em confusão. Ao longo de 26 divertidos episódios, Bean e seu fiel companheiro Teddy vivem muitas aventuras como num almoço numa casa velha ou numa incrível maratona.
Série animada ganhadora de um Emmy e um Golden Rose of Montreux. Baseada na série original - sucesso em mais de 150 países - estrelada por Rowan Atkinson no papel do atrapalhado Mr. Bean.


Canla Sony exibe especial inédito de DESPERATE HOUSEWIVES

Quarta-feira, dia 30 de maio, às 22h, o Sony Entertainment Television exibe um especial imperdível da série Desperate Housewives.
Intitulado “The Juisciest Bites” o programa faz um apanhado dos melhores momentos da série com os acontecimentos decisivos da terceira temporada. A atração relembra e desvenda em detalhes os principais fatos ocorridos na vida dos moradores de Wisteria Lane, incluindo as mortes de Monique e Alma, o triângulo amoroso entre Susan, Mike e Ian e ainda o divórcio de Gabriele e Carlos. O especial traz ainda novidades sobre os últimos episódios desta temporada.


Últimos episódios das temporadas atuais na Warner

Fortes emoções dos últimos momentos estão nas séries transmitidas pela Warner Channel. A Semana do Clímax acontece de 4 a 8 de junho e traz os desfechos das temporadas atuais de Close to Home, Without a Trace, Cold Case, The New Adventures of Old Christine, Two and a Half Men, Smallville, Supernatural, Men in Trees, Gilmore Girls, ER e The Class.

Confira abaixo algumas sinopses:

Without a Trace (Quinta Temporada)
Segunda, 4 de junho, às 21h
A equipe de investigadores procura por uma adolescente que fugiu de casa para se unir a um grupo religioso.

Cold Case (Quarta Temporada)
Segunda, 4 de junho, 22h
No último episódio da quarta temporada da série, um verdadeiro drama toma conta da telinha.Toda a equipe de investigadores é seqüestrada por um homem acusado de assassinar uma família em 2006.

The New Adventures of Old Christine (Segunda Temporada)
Terça, 5 de junho, 20h
Entre relações que terminam e outras que começam, a série promete muitas surpresa no último episódio da temporada. Um beijo poderá mudar o rumo das personagens desta comédia, que arrebatou o Emmy de Melhor Atriz por Julia Louis-Dreyfus.

Two and a Half Men (Quarta Temporada)
Terça, 5 de junho, às 20h30
Evelyn está de namorado novo. Será que Charlie e Alan aprovarão este sujeito como padrasto?

Smallville (Sexta Temporada)
Terça, 5 de junho, às 21h
A pequena cidade de Clark Kent será abalada quando um dos personagens centrais da série é brutalmente assassinado.

ER (13ª Temporada)
Quinta, 7 de junho, às 22h
A emoção tomará conta do General County Hospital quando Dr. Luka decide pedir demissão para voltar à Croácia.

terça-feira, 29 de maio de 2007

ANIMA INFO 275

World Cosplay Summit Brazil takes place in São Paulo city


World Cosplay Summit Brazil takes place in São Paulo city. Next 9th June is the final big stage of the WCS, promoted by JBC Publishing. The event will present the final couple that'll go to Japan. Just one from pairs will be selected by the juries to represent Brazil in the event that is considered the "World Cup" of cosplayers.
This year, WCS 2005 winner Francesca Dani is special guest on event. WCS also will have the participation of Ricardo Cruz: Brazilian member of the JAM Project (Japan Animationsong Makers).
JBC Publishing will release Gravitation yaoi manga during the WCS event, that it will have other attractions for otakus. The Brazil was the 2006 winner with Maurício e Mônica Somenzari brothers.

JBC lança Gravitation no WCS

O World Cosplay Summit Brasil acontece em São Paulo em 09 de junho. O evento terá a participação da campeã do WCS 2005 Francesca Dani. Além disso, a editora confirmou ao Papo de Budega o lançamento do mangá Gravitation, o primeiro yaoi a sair no país. O WCS Brasil terá ainda outras atrações como a participação de Ricardo Cruz, membro do JAM Project.

Etapa JBC Brasil do WCS
09 de junho, às 17h
Casa das Caldeiras: Av. Francisco Matarazzo, 2000 – Barra Funda – São Paulo – SP
Ingresso: R$ 14,00 (inteira), R$ 7,00 (promoção de meia ou compra antecipada

ANIMA INFO 274


TV Cultura exibe A Viagem de Chihiro

A TV Cultura exibirá na próxima sexta-feira (dia 1º) o anime A Viagem de Chihiro dentro da Mostra Internacional de Cinema, apresentada pelo crítico Leon Cakoff. O longa-metragem vai ao ar a partir das 22h40. A Viagem de Chihiro foi o primeiro e único anime a vencer o Oscar de melhor animação.

Fonte: JBox News

quinta-feira, 24 de maio de 2007

ANIMA INFO 273

Fullmetal Alchemist #08 chega às bancas


Os acontecimentos no quinto laboratório levaram a grandes conseqüências. Enquanto todos estão preocupados com Ed, que se recupera no hospital, Alphonse não está suportando a pressão causada pela dúvida.
Enquanto isso, os oficiais do exército estão preocupados com a sucessão de fatos misteriosos no laboratório. Desobedecendo à proibição do Führer, o tenente-coronel Hughes arrisca sua vida para chegar mais próximo da verdade. Lançamento previsto para 23/05.


Maratona de LOST no AXN

O AXN exibe no dia 26 de maio, das 14 às 20h, maratona do 7º ao 12º episódios da terceira temporada de LOST. Com isso, os telespectadores ganham uma nova oportunidade de ver e rever momentos decisivos da série.
Nessa temporada, os flashbacks instigam ainda mais a não desgrudar os olhos da telinha e a cada capítulo alguns mistérios parecem ser revelados, enquanto outros surgem ainda mais intrigantes.

segunda-feira, 21 de maio de 2007

ANIME INFO 272

He-Man e She-Ra esta semana nas lojas


No dia 23 de maio finalmente chegam às lojas os DVDs de He-Man – 1° Temporada – Vol 1 e O Melhor de She-Ra. Além destes dois boxes repletos de extras, o cliente tem como opção adquirir a Edição Especial de Colecionador que reúne ambos os produtos dentro de uma lata exclusiva acompanhados de uma camiseta, um pôster e dois cards.

Os Desenhos:

He-Man: ele é um super-herói que vive no planeta Etérnia, um reino repleto de seres mágicos, e aparentemente medieval, porém rico em novas tecnologias. Seus superpoderes foram adquiridos quando ganhou uma espada mágica da Feiticeira.
Comandado pelo rei Randor, pai do príncipe Adam, o reino de Etérnia é constantemente ameaçado pelo vilão Esqueleto, que tenta dominar o Castelo de Grayskull com um grupo de malfeitores, e ter poder sobre o universo – este protegido por He-Man. Para defender seu planeta He-Man, Gato Guerreiro e seus amigos lutam para vencer os vários desafios contra o vilão Esqueleto.
She-Ra: A verdadeira heroína Adora, irmã gêmea do príncipe Adam chega ao planeta Etéria para lutar ao lado de seus amigos, contra o terrível exército do vilão Hordak. Junto com seu cavalo Espírito, a bela heroína, não irá descansar enquanto seu planeta estiver sob ameaça!

O preço sugeridos dos produtos são:
He-Man - 1° Temporada – Vol 1 - R$ 99,90
O Melhor de She-Ra - R$ 39,90
Lata Edição de Colecionador - R$ 149,90


SHREK TERCEIRO arrasa nas bilheterias americanas

SHREK TERCEIRO entrou em cartaz na última sexta-feira, dia 18, no mercado Norte Americano e contabilizou uma bilheteria de US$ 122 milhões no fim-de-semana. O resultado é a maior bilheteria da história de um filme de animação, ultrapassando em 13% o recorde anterior que era de Shrek 2 (US$ 108 milhões em 3 dias). Neste mesmo mercado, esta é a terceira maior bilheteria de um lançamento cinematográfico na história.
Alguns países lançaram SHREK TERCEIRO junto com o mercado Americano e suas bilheterias foram espetaculares. Na Rússia, foi a maior abertura de todos os tempos de um filme, US$ 11 milhões em 3 dias, a frente 46% de A Era do Gelo 2, 44% acima de Homem Aranha 3 e 534% maior do que Carros. Na Ucrânia, o filme arrecadou US$ 1 milhão o que representa 442% e 658% a mais do que Carros e A Era do Gelo 2, respectivamente. Na Romenia e Filipinas, SHREK TERCEIRO se tornou a maior abertura de um filme no ano à frente de Homem Aranha 3 e é a maior bilheteria de abertura de um desenho animado ficando à frente de A Era do Gelo 2.
Nesta nova aventura, Shrek se vê diante da possibilidade de se tornar rei de Tão Tão Distante e logo procura uma saída para evitar que isto aconteça. Agora, se o relutante rei interino não encontrar o rei perfeito para o cargo, ele estará "realmente" encrencado pelo resto de sua vida. E como se isso tudo não bastasse, a Princesa Fiona ainda tem mais uma pequenina surpresa a caminho. SHREK TERCEIRO será lançado no Brasil em dia 15 de junho.

quinta-feira, 17 de maio de 2007

ANIMA INFO 271


Voice actor Toru Furuya in Brazil


Toru Furuya, original voice actor of characters Seiya – Saint Seiya, Tuxedo Mask – Sailormoon, Yamcha - Dragon Ball will come to Brazil in the Animecon in July. The event also promises to bring a Madhouse Studio representative, responsible for titles as Perfect Blue, Tokyo Goodfathers, Paprika and others. The information originally was divulged by Orkut and confirmed to Papo de Budega for Cesar T. Ikko, AnimeCon Group president. He´s informed us that this week will have photo of artist in official site. More news coming soon.

Dublador japonês do Seiya vem ao Brasil

Toru Furuya, dublador original dos personagens Seiya - Cavaleiros do Zodiaco, Tuxedo Mask - Sailormoon, Yamcha - Dragon Ball virá ao Brasil em julho no Animecon. O evento também promete trazer um representante do estúdio Madhouse, responsável por títulos como Perfect Blue, Tokyo Goodfathers e Paprika.
A informação foi originalmente divulgada no Orkut e confirmada ao Papo de Budega por Cesar T. Ikko, presidente do AnimeCon Group. Ele nos informou que esta semana haverá foto do artista no site oficial. Em breve traremos mais informações.

quarta-feira, 16 de maio de 2007

ANIMA INFO 270 Special / Especial


I N T E R V I E W


Kim Tae-Hyung is one of the manhwa authors (comics korean) more well-known currently. He´s author of Planet Blood, manhwa arrived at American market for the Tokyopop and Brazil for the Lumus Publishing company. He spoke to Papo de Budega of his well-known title and others projects.

Please, tell us a little about you. What do you like to make, to read, etc.
I should say my favorite thing is sleeping… I enjoy playing game much too and I like to read historical books.

Who are your favorite authors?
Ko, Woo Young (who already passed away) and Yukinibu Hosino, Minoru Furuya from Japan.

Which one of your projects did you most like?
‘Planet Blood’ for sure.

Do you know any young artist that you think is very good?
I love ‘A Report of Swamp Ecology’ by Choi, Ku Seok.

What is your biggest inspiration when you do a scientific fiction story?
A source of Inspiration is the interest. I watch and read many SF movies and comic books.

The theme of Red Blood is very adult and mature. Have you ever thought about making something for children?
‘The Ant Man’ that I made before ‘Planet Blood’ was for children. I want to make something more adult targeting manwha than ‘Planet Blood’.

Would you like to see your story as an animation or a film?
Of course I do. But I think it is more urgent to plan something better and popular manwha.

Do you know any Brazilian or Latin artists?
Unfortunately, I know none of Brazilian comic book writer. But I cried a lot after reading O meu pé de laranja lima, written by Vasconcelos when I was young. I also love Bossa Nova and Sepultura as well.

Would you like to come to events or lectures in Brazil ? Or you aren't a parties adictive?
Of course I would love to visit Brazil . But I give up going there because it cost too much money. If I can afford, I want to travel there not only for the event. Talking about crowded city, Seoul is not better condition than that.

Which is your (or other) current project? Any future project?
After ‘Planet Blood’ I finished short story ‘Déjà vu – the fall part’ and I am taking a break from manwha. I am working on game currently and planning to make stories about the time before ‘Planet Blood’ someday.

What advice would you give for young artists?
Different from any other jobs, many of comic book writers choose their jobs only because they like manwha. It is happy enough to live doing what you wanted to do.

My special thanks to Mr. Kim Tae-Hyung, Renato Torelli, Lumus Editora, Daiwon C.I. Inc. and Fernando Ventura

E N T R E V I S T A


Kim Tae-Hyung é um dos autores de manwhas (comics coreanos) mais conhecidos no mundo atualmente. Ele é autor de Planet Blood, manwha que chegou ao mercado americano pela Tokyopop e no Brasil pela Lumus Editora. Ele falou ao Papo de Budega de seu título mais conhecido e outros projetos.

Fale um pouco sobre você. O que gosta de fazer, de ler, etc.
Posso dizer que minha atividade favorita é dormir... Adoro games e ler livros históricos.

Quais são os seus autores favoritos?
Ko, Woo Young (já falecido) e Yukinibu Hosino, Minoru Furuya do Japão.

Qual dos seus projetos você mais gostou de fazer?
"Planet Blood" claro!

Conhece algum jovem artista que considera muito bom?
Gosto muito de "A Report of Swamp Ecology" de Ku Seok Choi.

Qual a sua maior fonte de inspiração quando você escreve uma história de ficção científica?
A maior fonte da inspiração é o interesse. Assisto a muitos filmes de ficção científica e leio muitas HQs.

O tema de Planet Blood é muito adulto e maturo. Você já pensou em produzir quadrinhos para crianças?
"The Ant Man" (O Homem Formiga) que produzi antes de "Planet Blood" foi feito para crianças. Eu gostaria de fazer mais manwhas adultos depois de "Planet Blood".

Você gostaria de ver suas histórias em animações ou filmes?
Certamente. Mas acho que agora é mais importante planejar melhor algum outro manwha popular.

Você conhece algum artista brasileiro ou latino-americano?
Infelizmente, não conheço nenhum quadrinhista brasileiro. Mas gostei e chorei bastante depois de ler O Meu Pé de Laranja Lima, escrita por José Mauro de Vasconcelos, quando era novo. Também adoro Bossa Nova e o Sepultura.

Você viria para eventos ou palestras no Brasil?
Com certeza eu adoraria visitar o Brasil. Mas custa muito dinheiro fazer uma viagem. Se eu tiver recursos, eu gostaria de viajar não apenas para ir em um evento. Falando em cidades lotadas, Seul está bem próxima disso!

Qual é o seu projeto atual?
Depois de "Planet Blood", eu acabei uma história curtinha chamada "Déjà vu - the fall part", e agora eu estou dando um tempinho nos HQs. Estou trabalhando em games e planejando fazer histórias sobre o passado de "Planet Blood".

Que conselhos você daria para os novos artistas?
Diferente de todos os tipos de trabalho, muitos autores de quadrinhos escolhem seus trabalhos por gostarem de manwha. Realmente é muito bom poder fazer o que gosta!


Meus agradecimentos especiais para o Mr. Kim Tae-Hyung, Renato Torelli, Lumus Editora, Daiwon C.I. Inc. e Fernando Ventura

ANIMA INFO 269

Lançamentos da semana da JBC


A editora JBC lança esta semana Negima 16 e Samurai Girl 2. No primeiro mangá, as alunas do professor são ameaçadas por um misterioso inimigo, que deseja desafiar o pequeno Negi. O garoto já treinou bastante, não só magia como também luta corporal.
Já em Samurai Girl é anunciado oficialmente no Colégio Daimon o início do sistema chamado K-Fight para resolver qualquer desentendimento entre os alunos. Ambos títulos chegam às bancas do Rio e São Paulo no dia 18.


Lumus Editora participa de eventos em RS e SP

A Lumus Editora participa de dois eventos que acontecem no Rio Grande do Sul e São Paulo esta semana. O primeiro é o Café Harajuku no Sul e o segundo é o Koe Anime 07, a ser realizado em 20 de maio, em Guarulhos. A editora tem se destacado por participar de vários eventos em todo o país e lançar dois títulos coreanos (Plaent Blood e Priest) no Brasil.


ANIMA INFO 268


Mauro Ramos é o dublador de Shrek


Shrek Terceiro (Shrek The Third) é um dos desenhos animados mais esperados dos últimos meses no mundo e também no Brasil. Além da história do ogro e família, um outro fato chamou a atenção do público brasileiro para o longa-metragem. O dublador que havia feito Shrek nos dois primeiros filmes foi Bussunda, falecido em 2006. A Paramount Pictures divulgou imagens do novo dublador do personagem: é Mauro Ramos. Ele é experiente e teve a difícil missão de substituir uma voz tão conhecida. Seu trabalho mais conhecido é o Pumba de Timão e Pimba. Shrek Terceiro (Shrek The Third) será lançado no Brasil em 15 de junho, com distribuição da Paramount Pictures Brasil.


ANIMA INFO 267


FANTASTIC FOUR começa no CN


Sr. Fantástico. Mulher Invisível. Tocha Humana. O Coisa. A estréia de Os 4 Fantásticos - Fantastic Four é na na sexta-feira, dia 29 de junho no Cartoon Network. A batalha do quarteto fantástico contra as forças do mal, comandadas pelo Dr. Destino, em quatro horas initerruptas de “Os 4 Fantásticos”.
Baseado na popular série de quadrinhos, Os 4 Fantásticos terá mais duas horas no sábado, dia 30 de junho, às 20h e outras quatro horas no domigo, dia 1º de julho, às 10h no Cartoon Network.


HOURS OF FANTASTIC FOUR BEGINNING on CN

Mr. Fantastic. The Invisible Woman. The Human Torch. The Thing. You know them as the ‘Fantastic Four,’ a group of superheroes, each with unique powers. Well, they are back stronger than ever in the action-packed network premiere of Fantastic Four, Friday, June 29th.
Catch four straight hours of brand new ‘Fantastic Four’ episodes as they battle evil forces like the nasty Dr. Doom. Based on the popular comic book series, ‘Fantastic Four’ will deliver action, adventure and sci-fi thrills all weekend long! Plus, catch two additional hours on Saturday, June 30th at 20:00 and four additional hours on Sunday, July 1st at 10:00, exclusively on Cartoon Network.


CUATRO HORAS DE LOS CUATRO FANTÁSTICOS

El Señor Fantástico. La mujer invisible. La antorcha humana. La cosa. Los conoces como Los cuatro fantásticos, un grupo de superhéroes con poderes únicos. Bueno, ¡ellos regresan más fuertes que nunca en un bloque de estreno y acción de “Los cuatro fantásticos” el viernes 29 de junio! Mira las cuatro horas consecutivas de los nuevos episodios de “Los cuatro fantásticos” mientras combaten a las malas fuerzas tales como el repugnante doctor muerte. Basado en la popular serie de cómics, “Los cuatro fantásticos” entregarán acción, aventura y emociones de ciencia ficción todo el fin de semana. ¡Además, tendrás dos horas adicionales el sábado 30 de junio a las 20:00 horas y cuatro más el domingo 1 de julio a las 10:00 horas, exclusivamente en Cartoon Network.

segunda-feira, 14 de maio de 2007

Palavras/ Words / Palabras 12


Olá amigos,
Neste sábado, eu e o Fernando fomos ver o filme Miss Potter. Muito bom! Acredito que a principal mensagem do filme é nunca, mas nunca desistir dos próprios sonhos! E eu estou tentando alcançar os meus...
Aqui, estou em um momento de indefinições em minha vida. Não sei como ficarão as coisas, mas espero que dê tudo certo!
Também estou esperando por dois livros. Um de poesias e outro latino sobre História dos Animes. Este último falarei no blog, depois que eu o ler! É interessante falar de livros que saem na América Latina sobre o assunto!


Hi friends,
This Saturday, I and Fernando see Miss Potter movie. Very good! I believe that main message of the film is never, but never to give up dreams! And I am trying to reach mine...
Here, I´m at an indefinite moment in my life. I don´t know, but wait that it gives all right! I´m also waiting for two books. One of poetries and other Latin about History of Anime. The first I will speak in blog, later that I read it! It´s interesting to speak of books from Latin America about subject!



Hola amigos,
En sábado, yo y Fernando fuimos al cine veer Miss Potter. Muy bueno! Creo que la principal mensaje de la película es nunca, pero nunca desistir de nuestros sueños! Y yo estoy buscando alcanzar los míos...
Acá, estoy en un momento de imprecisión en mi vida. No sé como quedarán las cosas, pero espero que dé tudo cierto!
También estoy a esperar por dos libros. Um de poemas e outro de latino Historia de Anime. Este último yo voy hablar en blog después que yo leer! Es interesante hablar de los libros que salen en Latino América acerca de este tema.

ANIMA INFO 266


Ivrea releases manhwas in Argentina


The Editorial Ivrea - biggest publishing company of japonese comics of Argentina – release comics korean (manhwas) in 2007. Details of formats, dates and prices had not been disclosed by publishing company, but some titles that Ivrea will launch are: ARCHLORD (first launched title), CAFE OCCULT, FOREST OF THE GRAY CITY, BALJAK and NABI.


Editorial Ivrea lança manhwas

A Editorial Ivrea – a maior editora de comics orientais da Argentina – começa a lançar manhwas em 2007. Detalhes de formatos, datas e preços não foram revelados pela editora, mas alguns títulos que a Ivrea lançará são: ARCHLORD (primeiro título lançado), CAFE OCCULT, FOREST OF THE GRAY CITY, BALJAK e NABI.

domingo, 13 de maio de 2007

ANIMA INFO 265


Conrad Publishing release Kajika in Brazil


The Conrad Publishing will be releasing Kajika by Akira Toriyama this month in Brazil. The format is 14 x 20,2 cm, 200 pages and unit volume. The manga is available in R$ 14,90 (approximately $ 7,35). Conrad already released the titles Nekomajin, Marusaku, Dr. Slump and Dragon Ball sagas also by Akira Toriyama.


Naruto subscriptions in Brazil

After Fullmetal Alchemist for JBC, Panini Comics also will make subscriptions of Naruto manga. Panini offers good discountings for the title acquisition for subscriptions and one box to fans.

quinta-feira, 10 de maio de 2007

ANIMA INFO 264


Akira anime arrives in Brazil in 2008

Focus Filmes will launch Akira anime in Brazilan market DVD, just in 2008. The title already left in VHS and was shown in the Brazilian theaters in 90´ years. The Focus informed that doesn´t have details of the format, extras, dubbing or others informations. Beyond Akira, Focus Filmes is negotiating other well-known TV anime title, but doesn´t have nothing closed.


Akira em DVD e mais animações

O anime Akira será lançado no Brasil em DVD pela Focus Filmes, que já lançou os animes Fullmetal Alchemist, Super Campeões entre outros. A Focus nos informou que não há detalhes do formato, se haverá extras, se a dublagem será mesma do VHS entre outros detalhes.
Além de Akira, a Focus Filmes está negociando outro título conhecido do público de animes, mas até o momento não há nada fechado. Para lembrar, este mês chega ao mercado os DVDs de He-Man e She-Ra. Mais informações cliquem em “marcadores” (labels), logo abaixo.

ANIMA INFO 263

INVENCÍVEL - VOLUME 3: PERFEITOS ESTRANHOS


O mundo encontra-se em estado de choque! Os Guardiões Globais, os maiores heróis do planeta, foram assassinados em sua base secreta por um inimigo impiedoso. Mas quem seria o ser capaz de acabar com os seres mais poderosos da Terra num confronto cara a cara? Enquanto todos tentam descobrir a resposta para esta pergunta, as coisas parecem estar indo bem para Mark Grayson, o Invencível.
Nos últimos meses, ele tornou seu nome conhecido em meio à comunidade dos super-heróis, enfrentando os mais variados vilões e provando que, um dia, pode vir a ser tão respeitado quanto o seu pai, o famoso Omni-Man. Bem-humorado, simpático e sempre confiante, Mark vai levando sua vida como sempre: preocupado com as garotas e com os estudos, mas, sempre que preciso, usando seus poderes para ajudar os necessitados. O que ninguém suspeita é que o misterioso assassino que chacinou os Guardiões Globais é ninguém menos que o adorado Omni-Man.
Com desenhos do elogiado Ryan Ottley, Invencível – Volume Três: Perfeitos Estranhos dá um novo rumo à saga do jovem Mark Grayson, numa aventura emocionante e cheia de reviravoltas surpreendentes! Como bônus, a edição traz ainda uma galeria de sketches e comentários do autor sobre a produção deste volume.

Invencível - Volume 3: Perfeitos Estranhos
136 páginas, R$ 29,90, HQM Editora

Distribuição em comic shops e livrarias ou pelo e-mail: vendas@hqmaniacs.com



Edições da JBC esta semana nas bancas


No site JBC mangás há informações dos mangás que chegam esta semana as bancas. Os títulos que estarão amanhã nas bancas de São Paulo e Rio de Janeiro são: Inu-Yasha #94, Fullmetal Alchemist #07, Yu-Gi-Oh #09 e XXX Holic #08. Outras informações podem ser vistas acessado o link. Outros estados recebem edições anteriores, pois a JBC faz lançamentos regionais.


terça-feira, 8 de maio de 2007

ANIMA INFO 262

Naruto Manga Comes to Brazil


Panini Comics Brazil revealed Naruto manga details. The title comes to Brazilian market in May. The format of manga will be 13,7 x 20 cm, with approximately 192 pages a volume.
The series by creator Masashi Kishimoto, depicts the adventures of a young boy who trains to become a ninja, and has sold more than 70 million copies in Japan since Shueisha Inc. began publishing the manga in 1999. In North America, the massive amount of fan interest in the brand continues to build. NARUTO has emerged as one of the best selling and most popular manga series throughout North America, regularly placing in both Graphic Novel and Overall General Fiction categories on noted literary sales rosters including BookScan and the USA Today Top 150. In addition to the manga series, the NARUTO anime counterpart is a ratings powerhouse on Cartoon Network. VIZ Media also recently released the first few volumes of the anime series on DVD and it continues to be a huge seller.



ANIMA INFO 261


Novos animes na Play TV

A partir desta semana a faixa OTACRAZE exibida de segunda a sábado na PLAY TV terá nova composição. Além do anime RANMA ½ passam a compor a atração: LOVE HINA, TRIGUN e SAMURAI CHAMPLOO.
23h30
Segundas, Terças e Quintas: Ranma 1/2
Quartas: Love Hina
Sextas: Trigun
23h e 23h30
Sábado: Ranma 1/2 e Samurai Champloo


segunda-feira, 7 de maio de 2007

ANIMA INFO 260 Special/ Especial

SATOSHI KON´S I N T E R V I E W


Satoshi Kon 今敏 is one of the great directors of the Japanese animation of the present time. He´s well-known by his works Tokyo Godfathers 東京ゴッドファーザーズ , Millennium Actress 千年女優, Perfect Blue パーフェクト・ブルー, Paranoia Agent 妄想代理人, and Paprika パプリカ, his last movie. Papo de Budega talked with the director. Satoshi made diverse commentaries and said his new work, an adventure/fantasy movie for children.


Tell a little about you. What you like to make, to read, etc.
I love my work more than anything else. That is because I turned what I love into a career. I’ve been doing it for at least 20 years, and the longer I do it, the more I like doing it. So, by now, I don’t have anything I can call as my hobby besides my job. But if you insist, I must say I love eating good meal and drinking good sake.
In 2006, especially, I had a great opportunity to enjoy delicious meals in every place I visited in and out of Japan, because I visited many places for the promotion of “Paprika.” You can’t miss good sake when you have great food. I like wine, especially. I like drinking, of course, but nothing is more fun than drinking and chatting with people I get along with.
I have many opportunities to drink with my co-workers, and we talk a lot about our work. A lot of ideas come into my mind when I drink and talk with people. With or without drinking, it’s better for me to talk with someone when I think about movie projects and stories. In fact, I came up with the idea for “Millennium Actress” in a pub.
I like reading books, watching movies and listening to music, as well as writing something on the Internet. But for me, all those things that can generally be called as hobbies are almost like part of my work. Whatever I do, it’s a part of learning process for me. So, it’s hard to call them as hobbies.
I watch movies mostly on DVDs. I can hardly make time to get to movie theaters, and I find it very useful for me because I can enjoy movies in a way I like and anytime I want. But there are less movies I get to see than what I used to when I was much younger. The main reason is that I am busy with my work, but I think I have less appetite for watching them.
Similarly, I used to buy many CDs every month. But I hardly buy them these days. Whether they are movies or music, I feel like I will have a chance to encounter things that are necessary for me in the future even though I don’t make efforts to find them desperately.
Instead, I try to read as much as I can. I don’t read novels really, but I read a lot of books on psychology, psychoanalysis, history, religion, culture, philosophy, modern criticism, Japanese language, film and other fields intended for general readers. I read a lot of fables these days, like folk tales and myths.

Who's yours preferred authors?
When it comes to novels, I had read books written by Yasutaka Tsutsui, Ryotaro Shiba, and Haruki Murakami in a concentrated manner for a certain periods for each of these authors. When I was around 20 years old, I read many science-fiction novels by Yasutaka Tsutsui, who wrote the original story of “Paprika.” And I read many books by Ryotaro Shiba, the master of historical novels, in my early 20s and mid-30s in such an enthusiastic manner. As for Haruki Murakami, one of Japan’s world-famous contemporary writers, I read one of his novels only about three years ago. And since then, I read most of his books in a short period of time.
Although they are not novels, I also read a lot of literary works by Hayao Kawai, a former chief of Japan’s Agency for Cultural Affairs who is also a psychotherapist. Not to mention his books on analytical psychology (Jungian psychology), which is his specialty, I read a series of his books on how to interpret folk tales and other fairy tale-kind of stories from the standpoint of analytical psychology. They were very interesting. The reason why I tend to deal with “dreams” as a theme in my movies might be from the influence of Mr. Kawai’s books.
And it was Mr. Susumu Hirasawa’s music that made me strongly interested in psychological things. He is in charge of music for “Millennium Actress,” “Paprika,” and “Paranoia Agent.” I wanted to learn much more about Mr. Hirasawa’s music, and as a result, I became interested in psychological themes behind complicated lyrics of his songs. That prompted me to read books by Mr. Kawai.
Literary works by Tatsuru Uchida, who is known as a specialist of French contemporary philosophy, film theory and martial arts theory, are very evocative. His books are crucial for me in recent years in terms of cultivating my thoughts.
There are so many film directors I admire, but Akira Kurosawa is the most respectable director for me. His movies are unquestionably wonderful. But after reading interviews with him and his staff, as well as other articles about him, I especially admire his attitude for his work, so to speak, more than anything else. I mean, he exerts a great deal of efforts and wisdom to make his movie better as much as possible. So, I usually read books related to Mr. Kurosawa while making my own movie. I guess it’s because I feel like works of Mr. Kurosawa and his wonderful film crew, known as the Kurosawa-gumi (group), are giving spurs and encouragement to me.

Which project your did you most like?
Each of my projects is a memorable one for me, and I can’t say which one is the best. Each time, I did the best I could. But still, I have a deep emotional attachment for movies I directed. I love them equally, whether they were based on someone else’s stories or my own ideas. And at the same time, I still feel frustrated about clumsy parts of those movies. I made a directorial debut with “Perfect Blue,” which gave direction to my subsequent creative activities in a major way.
“Millennium Actress” was made based on my original story for the first time and it occupies a very important place for me, because the film gave me a chance to realize the relationship between my work and myself. Besides, it gave me a sense of fulfillment and achievement because I was able to ask Mr. Susumu Hirasawa, whom I respect very much, to write music for the feature.
I think that the balance of the script and characters for “Tokyo Godfathers,” as well as the quality of key animation and background paintings, went very well. So this movie is one that I could enjoy from the bottom of my heart when it was completed, and still is.
“Paranoia Agent” was my first TV-animated series. I enjoyed making it a lot. The production schedule was very tight. But it also gave the series a touch of freshness, because I could turn ideas I conceived into images in such a short period of time. The fact that I could enjoy applying various directorial styles was the unique aspect this project could offer.
Because “Paprika” is my latest work, honestly, I can’t say I have already made up my mind what to say about it. But before anything else, this movie is sort of a sum-up of my directorial work, and I think it is an important movie for me that served as the starting point for projects I will get involved with.
Each of my previous works is indeed a memorable and meaningful one for me. But if you ask me which one I love most, I’d say my next project I am already working on is the one.

Do you know any young artist that you think is very good?
At the age 43, I’m still considered to be one of young artists, so to speak, and I don’t have any particular candidate in my mind because I don’t get to know other artists’ works. I try to keep an eye on those animations that attract attention in the animation industry, but I have to say I think I’m pretty much caught up in making my own movies.

Do you prefer to make TV series or movies?
Each of them has their own advantages, but I feel that it’s easier for me to work on movies. Story or image, I like things that are of high density, whether story or image. So, I guess there are more things I fail to incorporate into my work than I can put in when I work on TV series, in which the production schedule is tightly set.
But it was unusual when I was working on “Paranoia Agent.” I enjoyed turning ideas into images one after the other as soon as I conceived them. I had so many ideas I couldn’t use for my previous movies, so I was able to recycle them and add new ideas. Then I had many animation directors and animators to turn them into many variations for the TV series. I’m interested in TV series from the standpoint that I can do things I cannot do with movies. I want to think about projects for TV series if an idea that is good for such a project comes into my mind.

You work on diverse production stages. Which is your preferred script, drawing, direction and why?
Now, that is hard to answer, because I enjoy each of those processes from the bottom of my heart. I can’t handle things well sometimes, but I never thought I didn't want to do or I’m not good at doing those things. Actually, I find myself enjoying doing any of those processes very much. Not to mention the actual production work, I also found it very interesting and amusing to be involved with promotional work such as being interviewed about my work, drawing illustrations for posters and DVD jackets.
But if I have to answer one thing, I should say it’s got to be storyboarding. What’s so interesting about storyboarding is that nothing is more interesting than generating visual images from words, meaning, scripts. And because storyboards are the blueprint for a movie, the final form as a movie totally depends on the storyboards. Of course, each process of creating concrete images and sound based on the blueprints is also important. You can’t make a good movie no matter how interesting those storyboards might be when the quality of subsequent work is poor.
But I can say one thing: you can absolutely never make a good movie out of poorly-drawn storyboards. If the storyboards are boring, the quality of the movie can be improved if you do the best you can in the subsequent processes. But it will never be interesting. I think that drawing good storyboards is the minimum requirement to make a good movie. And I think storyboarding is a crucial element of the production on such a degree.

The themes of yours stories are very adult and mature. Have you ever thought about making something for children?
The project I have in mind right now is indeed a movie for children. However, I initially had said that “Paprika” was about “a superheroine” who can transform herself. So, when I say it is for children, I guess it won’t be as straightforward as it might sound. Of course, the contents of the project will be something that is completely different from my previous movies, and I intend to create pretty-looking characters. It will be an adventure story for children to enjoy.
But if that is all I can talk about the project, adult audience, for whom I have supposedly targeted with my previous animations, will not be satisfied very much. That’s why I’m planning not to make it so naive. Ideally, I want to make it a dual-structured movie, in which children can enjoy it as a fantasy while adults can find the other message in it.

Do you choose yourself the production team, and voice actors?
It is up to the director to make final decisions on those matters, but I think it’s like a fate, in a way, for who will turn out to be a part of the team. Sometimes the producer introduces them to me, and on other occasions, I ask someone to do the job through staff members of each production part. In fact, on many occasions, I can’t get people I want on my production team even though I want to ask them to join. So, I think I am also chosen to be a part of the production team just as the director makes his selections.
Besides, the Japanese animation industry is always short of manpower despite the large number of productions of TV series and movies. And the number of staff members who can satisfy the level required for theatrical animation movies is even less. It means that many production companies are vying with each other to secure those staff. So, we have to consider what kind of animation productions will be being made around the same time. It is already a difficult task to collect an appropriate number of staff, and it is much more difficult when it comes to collecting staff you wish to have. I feel an urgent need that in addition to attracting capable staff, we also need to consider ways to bring out more abilities from staff who are willing to take the jobs and improve their abilities.

Millennium Actress is based on a real story?
No, not at all. I had the image of Setsuko Hara, one of Japan’s great actresses who quit acting out of the blue, for Chiyoko, the protagonist of the movie. But it was merely a concept for the setting of the movie, and that’s all there is to it. The story of “Millennium Actress” is, indeed, sort of a collage based on many fragments of episodes from movies, television series, and historical events. But my creation serves as the vertical axis that holds them together.

You had dubbed Jinnai in Paprika. Why you decided to dub Jinnai? Do you intend to make more dubbing?
It just came up like a joke, with no serious meaning attached. But because the two bartenders, “the dwellers of the Internet world,” serve as the very special component of the story even in the world of “Paprika,” I thought it would be a good idea for the casting of voice actors to have a special meaning that goes along with it.
So, I thought it might be interesting to have the combination of the original writer and the director of “Paprika” to dub them, instead of having professional voice actors play the parts. Actually, I thought I could do a little bit better than it turned out. It was very difficult. Nothing was more difficult to play it by myself and then judge whether it was good or bad. I thought as if my brain was almost going out of control. Still, I’d like to give it a try if there is a chance to do it again.

Do you know any Brazilian or Latin artists?
When it comes to Brazil, I can’t help thinking about football and Formula 1 before anything else. As for football, I just keep up with the FIFA World Cup. But every year, I look forward to seeing each race of the Formula 1. I’m afraid there will not be another superstar like Ayrton Senna any more, but I’m a big fan of Felipe Massa and Rubens Barrichello.
I can’t give names of artists from Brazil or other Latin countries immediately, but I think “Pubis Angelical” by Manuel Puig might have given me some sort of inspiration for “Millennium Actress” in terms of its irregular composition of the story, although I read the book a long time ago.

Would you like to come to events or lectures in Brazil? Or you aren't a parties addictive?
I’d say I’d prefer attending events, so I’ll visit Brazil if there is an offer and if my schedule allows. But it might be a tough trip for me, because I’m a smoker and I heard that it takes a really long time to get there from Japan. My thinking becomes weakened without smoking, and I need cigarettes whatever I do. I just can’t go with the flow of the times, not on this.

Which is your current project? Any future project?
As I told you before, I’m planning to make an adventure/fantasy movie for children. For this project, I intend to create characters whose looks are not realistic, and the story will likely be something like a fairy tale, or perhaps a folk tale, which will take place in a far away future. And music will play a large part in this movie. It’s not a musical, but it can be said like a “music animation,” so to speak.

What advice would you give for young artists on script and/or drawing?
Whether you want to write a story or do drawings, I think you must learn what you don’t know and what you can’t express through creative activities like writing and drawing. You won’t get better by just making continuous efforts without specific purposes. And you can’t expand the scope of your intellectual framework by simply repeating what you can do, feeling as if you are on top of the world.
To widen your framework is what I think gives you progress and improvement. You can only learn what you can’t do by giving it a try. As you learn more about things you are incapable of doing, the way you look at outstanding movies by other artists will start to change. How others do things you can’t do? I think that coming into contact with wonderful movies, with questions only you can ask in mind, is the only chance you can learn concrete things.
It is often said that watching a lot of movies is important, and I think that is true in terms of improving your knowledge. But it is hard to turn them into your creative abilities when it comes to making your own things if you simply multiply the number of movies you watch. That is because if you can obtain various techniques by just watching many movies, film critics and movie bugs can be great filmmakers. That won’t happen. Of course, they could be experts of watching movies, but that’s a different story.
There are many ways to improve your skills, and there are many answers to it. There are as many ways as the number of willing people. There is no general advice you can follow. But if you desperately try to find or make up your own ways, you could end up with an accumulation of wasted efforts. So, I think it would be better for you to learn techniques of someone you prefer or you admire in a concentrated manner, at least once in your life. It’s about deciding your mentor.
Of course, it might not be easy for you to find an artist around you who can satisfy such a requirement. But you can come into contact with works he or she has created through movies, books and other media. And I think it is important to try to know the techniques with the intention of making them into your own as a creator, not as a fan. But it doesn’t mean you imitate them.
If I’m allowed to say it, it’s about learning how your mentor does it. It’s not about imitating the results of what the mentor produced, but it’s about learning the mentor’s attitude that brought him or her to produce those results, in other words, how the mentor made his or her way through to get to the results. You might find something you can’t really understand, or even things you’d feel unreasonable and absurd, but you will understand the meaning of such things later as you keep leaning his or her attitude.
I think it is all right to mimic your mentor’s style at the start. As you repeat what you do and accumulate experience, you’ll definitely find sort of an original method of your own. And I think that such an attitude and method you acquire while doing so will not be influenced by trends and can last for a long time.

My special thanks to Mr. Satoshi Kon, Mr. Izumi, Madhouse Studios, ANN for image and Fernando Ventura


E N T R E V I S T A COM SATOSHI KON


Satoshi Kon 今敏 é um dos mais conhecidos diretores da animação japonesa dos últimos anos. Em seu curriculum há títulos como Tokyo Godfathers 東京ゴッドファーザーズ , Millennium Actress 千年女優, Perfect Blue パーフェクト・ブルー, Paranoia Agent 妄想代理人 e Paprika パプリカ, seu último trabalho. O Papo de Budega conversou com ele acerca de vários assuntos, inclusive seu novo projeto, um filme de aventuras para crianças.

Fale um pouco de você. Do que você gosta de fazer, ler, etc.
Gosto do meu trabalho mais do que qualquer outra coisa. Tenho trabalhado por 20 anos e espero continuar por muito tempo ainda, pois amo o que faço. Por isso, eu diria que não tenho passatempos além do trabalho. Mas gosto de comer bem e beber saquê! Em 2006, especialmente, tive oportunidade de experimentar refeições maravilhosas em cada lugar que visitei dentro e fora do Japão, para promover Paprika. Não se deve perder um bom saquê quando a comida é boa. Também aprecio vinhos.
Gosto de beber, mas é ainda mais divertido junto com os amigos. Nestes momentos, converso muito sobre trabalho com meus colegas, pois são momentos em que surgem muitas idéias. Gosto de conversar sobre meus projetos de filmes e histórias. Tanto que tive a idéia de fazer Millennium Actress em um barzinho. Também gosto de livros, filmes, música e de escrever na internet. As pessoas chamam de passatempos, mas é parte do meu trabalho, do processo de aprendizagem. Gosto de assistir filmes em DVDs, pois tenho pouco tempo de ir ao cinema. Acho muito útil apreciar os filmes a qualquer hora e vê-los quando e como eu quiser. Mas, tenho visto poucos filmes hoje do que quando era mais novo. O interesse diminuiu por estar muito ocupado.
Também costumava comprar CDs todos os meses. Sempre achei necessário procurar filmes e músicas que um dia poderiam ser úteis – ainda que eu não faça buscas desesperadas por conta disso. Em compensação, procuro ler tudo o que posso. Não leio muitos romances, mas dezenas de livros sobre psicologia, psicanálise, História, religião, cultura, filosofia, críticas modernas, língua japonesa, filmes entre outros. Tenho lido muitas fábulas esses dias: mitos e folclores.

Quais são seus autores preferidos?
Quanto a romances, li muitos livros de Yasutaka Tsutsui, Ryotaro Shiba, e Haruki Murakami com muita atenção. Por volta dos 20 anos, li muitas histórias de ficção de Yasutaka Tsutsui, que escreveu a história original de Paprika. Também li muitos livros de Ryotaro Shiba, mestre de romances históricos. De Haruki Murakami, um dos escritores comtemporâneos mais conhecidos do Japão, li um dos seus romances somente há três anos. Desde então, tenho lido seus livros rapidamente.
Apesar de não serem romances, leio muitos trabalhos de Hayao Kawai, antigo chefe da Agência de Cultura do Japão. Ele é psicoterapeuta. Sem mencionar os livros de psicologia analítica, sua especialidade. Li outra série de seus livros como interpretar contos populares e contos de fadas do ponto de vista da psicologia. A razão de lidar com “sonhos” em meus filmes são por influência do senhor Kawai.
Foi a música do Sr. Susumu Hirasawa que me fez interessar-me por psicologia. Ele foi o encarregado pelas músicas de Millennium Actress, Paprika, e Paranoia Agent. Eu quis aprender muito mais sobre as músicas dele e por conseqüência, interessei-me por temas psicológicos por meio de melodias de suas canções. Isso me levou até os livros do senhor Kawai. O trabalho literário de Tatsuru Uchida – conhecido como especialista da filosofia contemporânea francesa, da teoria de filmes e artes marciais – é bem interessante. Seus livros são cruciais para mim, para clarear meus pensamentos.
Há muitos diretores de filmes que admiro, mas Akira Kurosawa é o que mais aprecio. Seus filmes são incrivelmente maravilhosos. Depois de ler entrevistas com ele e sua equipe, assim como outros artigos, eu realmente tenho admiração especial pelo trabalho de Kurosawa, mais do que qualquer outro. Eu acredito que ele não media esforços para fazer o melhor possível em seus filmes. Por isso, releio livros que falam do Senhor Kurosawa ao produzir os meus filmes. É como se o próprio Kurosawa e sua equipe me dessem força e incentivo!

Qual projeto você mais gostou de fazer?
Todos os projetos são memoráveis para mim, por isso não posso citar um só. Fiz o melhor que pude em cada um. Tenho um profundo carinho pelos filmes que dirigi. Gosto de todos igualmente, sejam histórias de outras pessoas ou as minhas próprias. Mas ao mesmo tempo, fico frustrado com detalhes não muito bons dos filmes. Fiz minha estréia como diretor em Perfect Blue, que abriu o leque para minhas futuras atividades criativas.
Millennium Actress foi baseado em minha história original, o que faz ocupar um lugar especial para mim, pois o filme me deu a possibilidade de perceber melhor o meu trabalho e a mim mesmo. Para fazer este filme, eu pude contar com o senhor Susumu Hirasawa, a quem respeito muitíssimo, para escrever a música do filme.
Acredito que o balanço entre roteiro e personagens de Tokyo Godfathers, assim como a qualidade da animação principal e cenários, que ficaram ótimos. Posso dizer que senti um profundo carinho por este filme quando o vi encerrado.
Paranoia Agent foi minha primeira série animada, da qual também gostei muito de produzir. Os prazos estavam muito apertados. Mas isso deu a série um toque de frescor e espontaneidade, ao rabiscar as idéias rapidamente. Também pude aplicar vários estilos, pois o projeto dava margem para isso.
Paprika é o meu trabalho mais recente e talvez por isso, eu não teria uma posição formada ainda sobre este título. Mas acima de tudo, este filme é uma soma de meu trabalho como diretor, o que também o torna importante, por ser o trampolim para meus futuros projetos. Enfim, todos os meus trabalhos são importantes e têm um significado especial. Mas, se você me perguntar qual é mais, mais especial, eu diria que é meu projeto atual, aquele em qual estou trabalhando.

Você conhece algum jovem artista muito bom?
Com 43 anos ainda me considero um jovem artista... Não saberia citar uma pessoa, até porque não conheço a fundo o trabalho de outros profissionais. Procuro prestar atenção nas animações que chamam a atenção da indústria, mas devo confessar que tenho me concentrado na produção dos meus próprios filmes.

Você prefere produzir filmes ou séries animadas?
Cada um tem suas próprias características, mas acredito ser mais fácil fazer filmes. Sejam histórias ou imagens, gosto de assuntos com densidade, mais difíceis de explorar em séries animadas. Em Paranoia Agent, pude trabalhar rapidamente. Aproveitei muitas idéias que não pude encaixar em meus filmes, então as reciclei e transformei em novos conceitos. Aproveitei muitos diretores e animadores ao questionar as melhores alternativas para a série. Gosto dos seriados de televisão porque posso fazer o que não é possível nos filmes. Interesso-me por projetos televisivos, desde que a idéia seja boa.

Você trabalha em diversos estágios em uma produção. O que você prefere: escrever, desenhar dirigir e por quê?
Puxa, isso é duro de responder, porque adoro de cada uma das fases do processo. Realmente gosto de todas estas atividades, e nunca parei para pensar muito nisso. Também acho interessante estar envolvido nas atividades promocionais de um título, como entrevistas sobre meu trabalho, ilustrações para pôsteres e capas de DVD.
Mas se eu tiver que responder só uma coisa, eu diria que é o storyboard. O mais interessante sobre os boards é o fato de eles transformarem palavras em imagens. Também porque os boards são como a planta estrutural do filme. Claro que você não pode fazer um bom filme com um storyboard soberbo e um trabalho subseqüente ruim. Mas afirmo ser impossível fazer um bom filme sem um storyboard bem planejado. Na verdade, acredito que é o elemento fundamental para a qualidade de uma produção.

Os temas de suas histórias são normalmente adultos. Você teria interesse em fazer algo para crianças um dia?
O meu projeto atual é justamente um filme para crianças. Eu tinha dito que Paprika era um filme sobre uma “super-heroína” que pode se auto-transformar. Por isso, quando falo que é para crianças, pode não ser em sua totalidade. Este é um projeto bem diferente dos que eu fiz anteriormente, e pretendo criar um clima diferente, com personagens atrativos. Será uma história de aventuras que as crianças vão gostar. Mas é tudo o que eu posso falar do projeto. Pretendo fazer um filme no qual as crianças possam curtir a fantasia, e uma história em que os adultos possam encontrar uma mensagem.

É você próprio quem escolhe toda a sua equipe de produção?
É o diretor que tem as decisões finais acerca de tudo, mas eu acredito este faço parte de um todo, parte da equipe. Às vezes, o produtor apresenta as pessoas para mim, e em outras ocasiões, peço que alguém realize o trabalho. Em muitas ocasiões, não posso contar com algumas pessoas que quero no meu time de produção. Portanto, em contrapartida, eu também sou escolhido para ser o diretor de uma equipe.
As decisões da indústria japonesa estão sempre nas mãos de homens importantes devido ao enorme número de produções de filmes e séries de TV. E o número de artistas com qualidade para a produção de filmes cinematográficos é ainda menor, o que leva muitas empresas a disputarem para manter consigo estes funcionários nas equipes. Por isso, temos que considerar as várias possibilidades de produção. É muito difícil ter um número adequado de pessoas e ainda mais complicado manter os que você já tem. Sinto que é urgente não apenas atrair um staff de qualidade, mas também dar espaço aos mais novos, interessados em desenvolver suas próprias habilidades.

Millennium Actress é baseado em uma história real?
Não, de modo algum. Eu me baseei em Setsuko Hara, uma das grandes atrizes do Japão, para Chiyoko, a protagonista do filme. Mas foi apenas uma das idéias na concepção do filme. Millennium Actress é uma espécie de colagem baseada em vários trechos de episódios de filmes, séries de televisão e fatos históricos. Minha idéia serve como um eixo para ligar tudo à história principal.

Você dublou o Jinnai em Paprika. Por que você decidiu fazer este personagem? Você pretende fazer mais trabalhos de dublagem?
Foi apenas uma brincadeira. Os dois garçons, “moradores do mundo da internet” são figuras interessantes mesmo no mundo de Paprika. Eu achei que seria legal ter a combinação do autor e do diretor para dublá-los, ao invés de um profissional de dublagem. Acho que poderia ter ficado um pouco melhor. Foi muito complicado colocar minha voz no personagem. Achei que minha cabeça ia sair do meu controle. Mas eu gostaria de tentar (dublar) novamente se eu tiver a oportunidade.

Você conhece algum artista brasileiro ou latino americano?
Quando se fala em Brasil, é impossível não pensar em futebol e Fórmula 1. Sobre futebol, eu fico sabendo mais da Copa do Mundo. Eu presto mais atenção na Fórmula 1. Acho que não haverá outro piloto como o Ayrton Sena, mas sou um grande fã de Felipe Massa e Rubens Barrichello.
Não saberia nomear artistas brasileiros ou latino americanos sem consultar, mas acho que Pubis Angelical de Manuel Puig me deu uma certa inspiração para Millennium Actress na composição irregular da história, apesar de eu ter lido o livro há muito tempo.

Você viria em eventos no Brasil? Ou não gosta de convenções?
Certamente eu visitaria o Brasil e iria a eventos se fosse convidado (e tivesse tempo disponível). Mas seria uma viagem difícil para mim, porque sou fumante e eu ouvi dizer que leva muito tempo para chegar ai.

Qual seu projeto atual? Ou projeto futuro?
Como disse antes, estou planejando um filme de aventura/ fantasia para crianças. Para este projeto, pretendo criar personagens não tão realistas e a história será uma espécie de contos de fadas ou um conto popular que aconteça em um futuro distante. As músicas serão muito importantes neste filme. Não será um musical, mas pode-se dizer que é uma “animação com muita música”, por assim dizer...

Que conselhos você daria aos novos escritores e artistas?
Queira você escrever ou desenhar, penso que deve se focar em aprender o que for mais difícil e o que você não consegue expressar com atividades criativas. Você não melhorará apenas fazendo esforços contínuos sem finalidades específicas. E você não pode expandir sua estrutura intelectual simplesmente repetindo fórmulas, se sentindo no topo do mundo. Alargar seus horizontes é o que lhe dará progresso e melhorias.
Você só aprende o que não sabe tentando. Quanto mais você aprende sobre coisas das quais você é incapaz, o modo como você olha para os filmes de outros artistas irá mudar. Como os outros podem fazer o que você não pode? É com essa atitude que você pode aprender coisas concretas assistindo alguns desses filmes maravilhosos.
Diz-se frequentemente que assistir muitos filmes é importante, o que considero verdadeiro em termos de desenvolver seu conhecimento. Mas é difícil tornar essa experiência uma habilidade criativa se você apenas multiplicar o número de filmes assistidos (senão todos os críticos de cinema seriam grandes cineastas).
Se você se desesperar procurando suas próprias maneiras de fazer as coisas, pode perder seu tempo. Assim acho muito válido aprender as técnicas que você prefere ou admira com esforço e dedicação. Naturalmente não é fácil encontrar um artista que possa lhe ajudar, mas você pode ter contato com trabalhos dos seus mestres por meio de filmes, livros e outros meios. As técnicas devem ser aprendidas para que você as reproduza como um criador.
Não imitando o seu resultado, mas procurando compreender a atitude que o ou a levou a criar a obra que você aprecia. Você encontrará coisas que talvez não compreenda, ou coisas que parecem irresponsáveis ou absurdas, mas você compreenderá o significado de tais coisas se tiver uma postura modesta. Acho que é de todo direito imitar o estilo do seu mestre no início. Enquanto você copia, acumula experiência até encontrar definitivamente seu próprio estilo original - a melhor forma de não perder tempo influenciado por tendências pouco criativas.

Meus agradecimentos especiais ao senhor Satoshi Kon, senhor Izumi, estúdio Madhouse, ANN pela imagem e Fernando Ventura

quarta-feira, 2 de maio de 2007

ANIMA INFO 259

Priest 11 e Planet Blood 11 chegam em maio

A Lumus Editora lança para todo o país os volumes 11 de Priest e Planet Blood. Além deles, os volumes "três" dos respectivos quadrinhos chegam a várias regiões de forma setorizada. Confira as sinopses das edições 11.

Priest 11 (revista mensal, 19x13cm, 192 páginas, R$ 10,00)

Durante séculos, a Ordem de Saint Vertinez permaneceu secreta protegendo sem pudor os interesses da Igreja Católica. Um dia, a organização abusou de sua autonomia e provocou a libertação do anjo caído Temozarela. Agora os seus membros estão de volta para arrumar a bagunça que fizeram. Nem que para isso precisem derramar ainda mais sangue. Distribuição: Nacional.


Planet Blood 11 (revista mensal, 19x13cm, 192 páginas, R$ 10,00)

Inimigos numa época distante, os pilotos Sinan e Scott encontraram em Horai a possibilidade de viver em harmonia. Só que a trégua entre os dois durou pouco. A disputa pelo amor da princesa Mayi recolocou os jovens em lados opostos. O continente está em guerra. Sinan e Scott também. O futuro da humanidade mais uma vez corre perigo. Distribuição: Nacional.


Fruits Basket 21 chega às bancas


A editora JBC lança esta semana o volume 21 de Fruits Basket. Nesta edição, Kyo finalmente tomou coragem para contar a Tohru o que aconteceu no dia do acidente que matou a mãe da moça. Os sentimentos dos dois estão finalmente abertos, revelados. Mas as coisas não são tão fáceis. Akito também está no limite, já que tudo a sua volta está ruindo aos poucos. Ela e Tohru terão um encontro que será marcado por confissões, ressentimentos e mudança.
←  Anterior Proxima  → Inicio